Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fome de amor

por R.Cheiros, em 19.10.09

O tempo…Não á nada que possamos fazer para detê-lo ou fazê-lo andar mais devagar.
A nossa “preciosa” comodidade está a esgotar-se… a minha, a tua, a de “quase” todos!
Estou eu aqui a perguntar-me, se estaria a escrever estas mesmas palavras, se ontem não estivesse à conversa, ilustrada com fotos, com alguém que regressou do terreno?
Estava hoje a pensar nisto..?
É vergonhosa a situação a que chegou o homem pela sua ganância em nome da civilização, a fome mata todos os dias milhões de pessoas em todo o mundo.
Á crianças que não chegam à idade adulta por falta de alimentos, enquanto outras, comem demais e ficam obesas pelos erros e excessos alimentares.
Profundas desigualdades na distribuição da riqueza, atingiram proporções verdadeiramente chocantes e o mundo assiste de “camarote”.
(1974) Durante a "conferência mundial sobre alimentação", as Nações Unidas estabeleceram que “todo homem, mulher, criança, tem o direito inalienável de ser livre da fome e da desnutrição.”
E esse direito não é cumprido porque?
A terra tem recursos suficientes para alimentar a humanidade inteira.
As desigualdades em todo o mundo, são cada vez maiores, o esbanjamento de recursos nos países mais ricos está a conduzir a humanidade para a sua própria extinção.
Não depende dos “outros” fazer alguma coisa, todos podemos fazer a diferença.
Mas alegadamente não podemos fazer nada, e os argumentos são sempre os mesmos… para não ajudar!
Á e tal, também todos têm os seus problemas domésticos, “afinal farto-me de trabalhar.” Para ter a casa ou o automóvel dos seus sonhos, as férias que há muito desejo, e o que é que eu sozinho posso fazer…?
Hoje está na moda a solidariedade com contrapartidas.. uma chamada de valor acrescentado, que parte reverte a favor da instituição (X) mas sempre a pensar no apartamento ou no automóvel que dai pode vir.
Para mim, solidariedade reduz-se em dar ao outro..
Mas será que a solidariedade é entendível por todos?
Para muitos é: ( Toma lá, e quando tiveres condições para isso retribui com juros) ou ainda (toma lá mas diz aos outros que fui eu que te dei )
É uma pena que cada vez existam menos utópicos neste mundo, pessoas que acreditem que não é preciso esperar pelos “outros”… se não pensasse assim, Aristides de Sousa Mendes não tinha salvo 30.000 vida.

Cada um de nós pode fazer a diferença…sobretudo quando conseguirmos ver, se existem pessoas  que estão mal , então estamos todos mal..
Na sociedade actual, o individuo    só existe enquanto for útil, servir para alguma coisa. Não lhes é reconhecida a dignidade de pessoas.
Entre os povos, as relações são vistas em termos de exploração, saque, lucro,   solidariedade… é uma palavra que não consta no dicionário.
Nós, vamos no bom caminho para engrossar as listas de desigualdade, miséria e fome!
Tanta ganância para que… afinal a vida é feita de trocas, dar e receber!
Imaginem (1 euro) menos do que custa um gelado. Se cada um de nós doasse um euro não ia doer nada, mas faria a diferença.. diminuiria de certeza a dor de muitos..
Eis o que nos dizem as estatísticas:
- Há 800 milhões de pessoas desnutridas no mundo.
- 11 Mil crianças morrem de fome a cada dia.
- Um terço das crianças dos países em desenvolvimento apresenta atraso no crescimento físico e intelectual.
- 1,3 Bilhão de pessoas no mundo não dispõe de água
potável.
- 40% Das mulheres dos países em desenvolvimento são
anémicas e encontram-se abaixo do peso.
- Uma pessoa a cada sete padece de fome no mundo.

Dá que pensar...
No mundo, não há só fome de pão, á sobretudo fome de amor!!! ilustrado pela ausência estrutural de valores e ética..
O vírus que mais contagia é a ganância dos homens
E nós insistimos na nossa "feira das vaidades"

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:28


Efectivamente

por R.Cheiros, em 26.01.09

Sabem aqueles momentos em que nos sentamos e olhamos o  horizonte? Respiramos   profundamente... De repente  fazemos  contacto com nós mesmos . Sim, contacto! Nunca vós aconteceu?
Já pararam para pensar no significado da palavra contacto? Esses momentos não são tão comuns como se poderia imaginar. Na verdade arrisco-me a dizer que estes momentos estão em vias de extinção.
 
Ouve-se muito por ai essa conversa de que o ser humano moderno anda  distanciando do próximo, perdeu valores e princípios básicos, que as novas gerações tendem a desenvolver um tipo de  resistência a laços e afectos a desvalorizar o seu semelham-te, que se recusa a uma  reflexão da vida globalizada e capitalista. Talvez sim, mas não será esse um discurso de quem não se "vê" não se olha verdadeiramente a si próprio  mais há muito tempo?


De quem não sabe qual foi a última vez em que se deixou” ser” a si mesmo?

 

Depois de uma semana interessante e inesperada aconteceu um facto que me fez parar.. Um momento de contacto comigo mesmo, assim tipo quando cair a ficha, sabem como é?
Analisamos ponto por ponto, e descobrimos que tudo estive ali o tempo inteiro, dentro de nós, mas não conseguíssemos ver? Pois é. ..
 
Há um “quê “em cada um de nós.“De onde viemos e para onde vamos”

“Quem sou eu”...?

Sou a leal a honesta a desinteressada? Não.... Se me olhar com olhos de ver, se for sincera... Não!

Temos tendência a olharmo-nos superficialmente, só a capa.... E por isso não somos tão honestos quanto imaginamos ser. Não somos tão leais como pensamos e somos mais egoístas do que podemos assumir.

Por quê? Pois não sei...!!
A sociedade parece que faz questão de nós transformar em “clones” cópias uns dos outros... E eu detesto cópias.

Eu abomino pessoas boazinhas, perfeitinhas, honestíssimas... Parem lá para pensar...Não existem súper heróis, todos temos defeitos! A modéstia fica-nos muito bem, mas cuidado é muito ténue a linha ...! Modéstia de mais é vaidade.


E como um dia disse Miguel Torga:
Levem a vida a serio sem se levarem a vocês mesmos muito a serio.

 


Vá se lá saber porque, associei esta letra dos GNR ao post:)

 

Adoro o campo as arvores e as flores
Jarros e perpétuos amores
Que fiquem perto da esplanada de um bar
Pássaros estúpidos a esvoaçar
Adoro as pulgas dos cães
Todos os bichos do mato
O riso das crianças dos outros
Cágados de pernas para o ar

 

Efectivamente escuto as conversas
Importantes ou ambíguas
Aparentemente sem moralizar

 

Adoro as pêgas e os padrastos que passam
Finjo nem reparar
Na atitude tão clara e tão óbvia
De quem anda a engan(t)ar
Adoro esses ratos de esgoto
Que disfarçam ao pilar
Como se fossem mafiosos convictos
Habituados a controlar

 

Efectivamente gosto de aparência
Imponente ou inequívoca
Aparentemente sem moralizar

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:48


Desafio:O pecado mora aqui.

por R.Cheiros, em 23.01.09

 A minha amiga "princesa" aminhadortemoteuno... : lançou-me um desafio!
As regras são mais ou menos estas: Fazer uma análise sobre a nossa relação com os sete "pecados"
E escolher oito "pecadores" ou não para se confessarem.

Para ser sincera ando um bocado assoberbada de trabalho, e como já tinha escrito sobre isto..

(O pecado mora aqui) vou repetir-me.


 Eu pecadora me confesso!
Podia começar assim o post: Mas ainda ninguém me conseguir definir ao certo o que é o pecado. Dizem que um dos sete “pecados” é a Inveja.
Sei que a inveja é um sentimento muito feio. Mas não consigo deixar de sentir inveja, e não é uma inveja qualquer, é uma inveja do tamanho do mundo.
Daquelas pessoas que acordam de manhã com um ar fresco, com um sorriso, ar de quem já está acordado há horas.
Falam pelos cotovelos o que para mim é impensável quando acordo, e isso leva-me a outro “pecado” a Ira.
Fico “irada” com aquelas pessoas que de manhã têm sempre assunto. e dizem “Bom dia” como que  a cantar com um ar radiante, quando o que me apetece é dormir...ou pelo menos ficar em silêncio.
A preguiça é outro dos tais “pecados” sou preguiçosa daquelas que custa a acordar. Ou seja tenho sempre a sensação que me passou um camião por cima.

É sempre difícil quando tenho reuniões de manhã (daquelas bem chatas) é uma Avareza desmedida todos querem ter a ultima palavra.
A Vaidade e a Preguiça comigo normalmente andam juntas, ter que aparecer nas primeiras horas da manhã impecavelmente maquilhada e penteada e com um ar completamente leve... No fundo com bom ar!
As vezes nem uma boa base conseguem disfarçar os olhos inchados...
(Já para não falar "deles" ...que estão sempre bem!)
Com o seu fatinho e gravata e sem cara de sono. Como é que fazem? Acordam bastantes horas mais cedo? Fazem ginástica? cantam pelo caminho para chegar completamente despertos? Tem alguma técnica de maquilhagem que as mulheres desconhecem? Ai a Luxúria.... é um regalo há vista, o sexo oposto é realmente uma visão agradável!
É certo que tenho mau acordar, faço caretas para o espelho, tenho algumas rugas, o cabelo dá-me que fazer, mas nunca tenho olheiras:))).
E que depois de um bom café, dois,” Gula” e de um bocado em silêncio e em paz...estou pronta para um longo dia e que há noite tenho sempre um ar “normal” mas gostava tanto de acordar com melhor feitio!!!!

A "soberba" é um dos sete "pecados" associado ao orgulho excessivo, arrogância e vaidade.
Confesso que tenho um bocadinho de cada. Quando coloco alguma coisa na cabeça tenho a soberba de a conseguir logo. Sou muito orgulhosa. Por vezes sou arrogante (e não somos todos?). Sou vaidosa, confesso. Mas tudo isto em quantidade QB.

 

No fundo sou uma pecadora cheia de virtudes... não podemos levar tudo há letra... mas tenho algumas! 

Também existem sete  Virtudes ou mais...

Vou passar apenas a três blogues porque me parece que o desafio já correr por ai.
Ninguém se sinta obrigado a responder.(Existem poucos pecadores)

Paula C.

novinha em folha

intuição

 

Bom fim de semana

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:29


A modéstia fica-nos tão bem..

por R.Cheiros, em 21.11.08

(Acho que me estou a repetir no título)

 

Há muito muito tempo (até podia dizer: num reino bué bué longe) tive um professor de historia que sempre e que dava uma aula começava assim: Meus amigos hoje vamos falar de (...)
Pois eu não sei bem porque hoje lembrei-me dele para começar este post e vou começar como ele.
Portante, meus amigos hoje vou falar de: Modéstia..falsos modestos ou arrogantes.


Digam-me cá o que é pior passar por falso modesto ou por arrogante?
Eu muito sinceramente prefiro o segundo. Nunca gostei de gente “modestinha”falsos modestos porque aqui entre nós modéstia de mais é vaidade.

Modéstia à parte sou mil vezes mais por aqueles que "os tem no sítio" para se assumirem naquilo que acreditam. Eu sou mesmo bom em determinada coisa eu quando faço, faço mesmo bem.
Existem coisas que as vezes me deixam completamente abismada, pessoas que criticam, olham de lado dizem mal só porque alguém se assume sem falsas modéstias.


O falso modesto é o pior dos arrogantes, inferioriza-se com uma única finalidade: ser elogiado e ter o ego massageado.

O pior de tudo é que esse tipo de pessoa modestazinha  a maioria das vezes utiliza o seu ar de coitadinho modesto  para inferiorizar os outros .
Eu “condeno “ sim aqueles que de alguma forma praticam actos louváveis tipo solidariedade e não contam mas sempre vão deixando uma dica aqui e ali... Condeno quem corre atrás de elogios gratuitos porque se acha a ultima "coco cola no deserto"...

Bom....  Fui acusada de arrogante. Só porque não consigo ser modestazinha (que convínhamos, aqui entre nós  é diferente de ser modesto).

 Possivelmente vocês que estão a ler esta patacoada neste momento estão a pensar a mesmíssima coisa: Esta tipa é mesmo arrogante e tem a mania..


Aprendemos desde cedo que não nos devemos esquecer dos nossos erros, para não voltar a errar e fazem questão de nos lembrarem disso com a famosa e odiosa frase: Eu não te disse..!
Eu lembro-me dos meu erros , aprendi muito com eles  mas também lembro dos meu acertos, e sei que que já acertei muito... Modéstia para que? E sei que vou acertar muitas vezes mais. Há... e errar também.

 

Entendo eu, e isto é apenas o meu ponto de vista, que ninguém é tão bom ao ponto de andar por ai a apregoar aos sete ventos que é o máximo.. Ou a oitava maravilha do mundo...isso já é egocentrismo.Mas também fazer-se de coitadinho e não se valorizar..Alto lá que também não concordo.

 Quem é bom na sua área “que dá o litro “que se esforça tem mais é que se orgulhar disso e não ter falsas modéstias. , Mas quem é que não gosta de ser reconhecido  valorizado é um incentivo, não vos parece?


É muito mais fácil julgar uma pessoa que se mostra que admite o valor que tem do que quem se   escondem atrás de uma mascara de falso modesto. Lobos com pele de cordeiro...


Pois que me chamem arrogante ..Isso para mim não é ser arrogante, é ter confiança em nós..


Mas as opiniões são sempre muito divergentes....

Cada cabeça cada sentença ou como diria a minha mãe: Temos cinco dedos em cada mão e nenhum dele igual:)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:34


O pecado mora aqui.

por R.Cheiros, em 16.04.08

 

 

 

Eu pecadora me confesso!
Podia começar assim o post: Mas ainda ninguém me conseguir definir ao certo o que é o pecado. Dizem que um dos sete “pecados” é a Inveja.
Sei que a inveja é um sentimento muito feio. Mas não consigo deixar de sentir inveja, e não é uma inveja qualquer, é uma inveja do tamanho do mundo.
Daquelas pessoas que acordam de manhã com um ar fresco, com um sorriso, ar de quem já está acordado há horas.
Falam pelos cotovelos o que para mim é impensável quando acordo, e isso leva-me a outro “pecado” a Ira.
Fico “irada” com aquelas pessoas que de manha têm sempre assunto. e dizem “Bom dia” como que  a cantar com um ar radiante, quando o que me apetece é dormir...ou pelo menos ficar em silêncio.
A preguiça é outro dos tais “pecados” sou preguiçosa daquelas que custa a acordar. Ou seja tenho sempre a sensação que me passou um camião por cima.

É sempre difícil quando tenho reuniões de manhã (daquelas bem chatas) é uma Avareza desmedida todos querem ter a ultima palavra.
A Vaidade e a Preguiça comigo normalmente andam juntas, ter que aparecer nas primeiras horas da manhã impecavelmente maquilhada e penteada e com um ar completamente leve... No fundo com bom ar!
As vezes nem uma boa base conseguem disfarçar os olhos inchados...
Já para não falar deles que estão sempre bem!
Com o seu fatinho e gravata e sem cara de sono. Como é que fazem? Acordam bastantes horas mais cedo? Fazem ginástica? cantam pelo caminho para chegar completamente despertos? Tem alguma técnica de maquilhagem que as mulheres desconhecem? Ai a Luxúria.... é um regalo há vista, o sexo oposto é realmente uma visão agradável!
É certo que tenho mau acordar, faço caretas para o espelho, tenho algumas rugas, o cabelo dá-me que fazer, mas nunca tenho olheiras:))).
E que depois de um bom café, dois,” Gula” e de um bocado em silêncio e em paz...estou pronta para um longo dia e que há noite tenho sempre um ar “normal” mas gostava tanto de acordar com melhor feitio!!!!

 

No fundo sou uma pecadora cheia de virtudes... não podemos levar tudo há letra... mas tenho algumas

Aqui Sete Virtudes estão elas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:50


Perfeita

por R.Cheiros, em 27.03.08

Algumas mulheres vivem com o estigma psicológico de que tem que ser perfeitas.

Dos pés a cabeça...

Não são permitidos deslizes.

..

Cabelo bem penteados, unhas tratadas, nos lábios sempre com um brilho ou batom, e bem depiladas, sim, nem que para isso se gastem horas em salões de beleza, gestos estilizados, a roupa tem que ser a ultima moda, silicone, nas mamas, nos lábios, inventamos o corpo perfeito nem que para isso se sofra horrores.

..

Rugas e celulite são coisas que não existem, ou se existem acabamos com elas!!!

Estrias? Não eu não tenho..!!

A lei da gravidade. o que é isso???

São cremes de dia, cremes de noite, tonificantes, e suplementos!!

Fecha-se a boca e matamo-nos no   ginásio !!!

E para que..? sim para que???

Mulheres perfeitas não existem, só nas capas das revistas!

..

Faz-se o diabo para se conseguir e para que...???

Para ostentar uma falsa tesão devoradora, ou para provocar orgasmos mentais a quem olha...sim porque depois desta ginástica toda estamos mais para sopas e descanso!!!

..

 E isto tudo porque somos reprimidas por uma sociedade machista de burros acéfalos

(não todos claro)

...
Alguns homens que não tem nada a acrescentar, banais...já para não dizer que se acham   "the best "

Marmanjos (perfeitos) que tem a pretensão que são o máximo...

Falam da mulher como se por obrigação tenhamos que ser a oitava maravilha do mundo ou acordar como quem sai de um salão de beleza.

...

Homens que quando se fala em fio dental só lhes passa pela cabeça que podem ser cuecas!!!

Acordem... Existe uma coisa que se chama higiene oral!

...

Nunca pensam que a mesma perfeição vos pode ser exigida....?? 

Nós também construímos fantasias de como seria o homem da nossa vida o nosso grande amor e, depois, vem a crua existência diária, em que acabamos por pactuar com a realidade

De certeza que que a grande maioria das mulheres já converteu algum galã no seu modelo da coroa e no imaginário dos seus sonhos mais lúbricos, mas, deita-se todas as noites ao lado de tipos vulgaríssimos (desses com pneus, os glúteos flácidos, e devotos de futebol e cerveja) mas acessíveis.

Porque basta lançar um olhar a nossa volta para verificarmos que, se as exigências das portuguesas tivesse de ater-se às que se impõe na publicidade, os corpos danone e os anúncios de roupa, as heterossexuais estavam tramadas.

Todas solteiras ou lésbicas e olhem lá…

Gosto de "pessoas" gente que tem história de vida, que tem algo a acrescentar...

Porque somos assim, temos rugas, celulite estrias, e a idade não perdoa..mais ou menos peso, mas temos historia, já vivemos...

E nem todas as que são mais ou menos engraçadas ou "bonitinhas" são burras!

Servidos?

 

(detesto que me subestimem....e que me "comam" por parva.. )


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:17


A Rapariguinha do Shopping

por R.Cheiros, em 29.02.08

Realmente,  a vida pode ser  muito interessante... 

Isto de estar de" baixa" por culpa de um vírus estonteante é que tem dado comigo em doida! Uma semana já lá vai... 

Hoje acordei com a pica toda e pensei que isto não é vida e que estou a ajudar o vírus.

Sim ,porque se estou quieta e parada o "gajo" pensa que isto é só vida mansa e nada de se ir embora. pensei compras, porque não... E se bem pensei melhor o fiz Colombo com ela.  

Não sem antes ver o shrek III que se diga de passagem derrete qualquer coração. 

Banho tomado olho para o espelho e não consigo reprimir um grito de terror, estou horrível.  

Ok mas toda a mulher que se preza tem uma "caixinha da saúde"As unhas estão bem, coisa que nunca descuido, um pouco de base nos olhos rímel e passar um lápis, nos lábios um bom baton penteada e está feito. 

E lá fui eu...bater perna pelos corredores (sozinha não tem piada) ver  montras não faz muito o meu género ,e não quero comprar nada..mas lá me perdi com umas calças de (Lois )marca que raramente encontro e sempre fica bem com o blazer que comprei na  (Lanidor) eu não quero comprar nada... Entro na (Sacoor) e não resisto a um (tailleur ) muito masculino em linho e lindo de morrer...ou seja, gastei uma nota mas estou de alma lavada.
Lê vem "ela" de sacos na mão corredor fora a seguir o rasto a um cheiro fenomenal que vinha do piso de cima...(waffer) . 

Quem é que não gosta de ser admirada. Principalmente quando se sente adoentada e uma bruxa!!!
Os homens são uma "invenção "maravilhosa... e aquele tinha um olhar de fazer qualquer uma "subir pelas paredes.

E viva o sexo masculino ,lol.
Uma troca de olhares, (muitos) esbocei um sorriso escondido...

Juízo miúda que é que te julgas... 

Existem dias que parecem um filme de terror ao acordar e que vira a Alice nos pais das maravilhas sem mais nem menos.
Senti-me a verdadeira "rapariguinha do shopping"bamboleante porta fora...

 

.A rapariguinha do shopping
Bem vestida e petulante
Desce pela escada rolante
Com uma revista de bordados
Com um olhar rutilante
E os sovacos perfumados
Quando esta ao balcão
muito distante e reservada
Nos lábios um bom baton
Sempre muito bem penteada
Cheia de rímel e crayon
E nas unhas um bom verniz
Vai abanando a anca distraída
Ao ritmo disco dos bee gees

Rui Veloso


E o que eu gostava dos Bee Gees , Velhos tempos...


Stressante   é parar..

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:14


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds