Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


(Não resisto a partilhar)

 

Este texto foi escrito única e exclusivamente para as mulheres portuguesas, para ser lido e apreciado por elas apenas. Caros leitores, prossigam somente se estiverem de bom humor ou sentirem necessidade de uma auto-avaliação. E se for esse o caso, não levem a mal...

 

Chama-se Manel, é funcionário público e casado com uma Maria Qualquercoisa ou Qualquercoisa Maria. Tem um belo bigode preto, mede geralmente entre 1m60 e 1m70 e pesa mais de 80kg, 50% dos quais acumulados na barriga, portanto é incapaz de usar o cinto na cintura e calçar sapatos com atacadores (a menos que a Maria concorde em apertá-los todas as manhãs).


Pratica desporto aos fins-de-semana, graças à Bola e ao Record, para além das transmissões da SportTV. E não importa que a Maria e os filhos (a Cátia Vanessa e o Bruno Vanderley) estejam mortinhos por vestir os fatos de treino verdes e roxos para irem passear para o Centro Comercial. Enquanto estiver a dar os oitavos de final do campeonato da 3ª liga da Checoslováquia ninguém vai a lado nenhum, "vão mas é à cozinha buscar-me uma bejeca, isto é que é vida!" (desaperta as calças e põe os pés em cima da mesinha de café coberta com um naperon).
 

Todos os dias, assim que chega da repartição encontra as camisas engomadas e o jantarzinho na mesa. Aos domingos almoça em casa da sogra, que "nunca devia sair da cozinha, só lá é que presta para alguma coisa", e janta naquela tasca onde servem uns pezinhos de coentrada e um pudim Flan que não há em mais lado nenhum.


O roteiro cultural do homem português está limitado às exposições itinerantes que de vez em quando passam pelo OlivaisShopping e são de borla. Vai às vezes ao cinema, ao domingo à tarde. "O Estalóne pá... aquilo é que é um artista!"


Detém um considerável grau de informação acerca dos temas da actualidade, mas apenas detém. Não a processa, não a interpreta nem a sabe comentar muito além de "aquele bin laden pá, monhé do caraças, nunca mais lhe rebentam c'a fronha."


Quem ele mais admira no nosso país é o grande Vale e Azevedo, "qual vigarista qual quê, cambada de invejosos!" e a Catarina Furtado (o melhor será não reproduzir aqui os comentário típicos a seu respeito). A nível pessoal, o seu grande orgulho é nunca ter precisado de Viagra, "a minha Maria que o diga, não só cá homem para essas coisas."


Comprou recentemente uma roulote que está no parque de campismo na Costa, cabem lá 5 pessoas e o depósito dá para 5 banhos portanto durante uma semana chega para todos. "Este ano é que vão ser umas férias! Umas belas sardinhadas e um passeiozinho até Espanha. Dizem que Badajoz é muito bonito..."

 

(Mulher .P)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:51


Barbie..

por R.Cheiros, em 07.05.08

Estava eu a ver um desses canais por cabo(Biography)e....

A Barbie está prestes a fazer  50 anos, parece que é a 9 de Março.

Temos que reconhecer que não os aparenta.

Eu, que apesar de quarentona não sou propriamente amiga íntima da "menina"e que não estava portanto, a par da data do seu aniversário natalício, soube da celebração graças à televisão que, empenhados em fazer publicidade à empresa Mattel, não pararam de gabar os predicados da loiraça em que pude ver a Barbie vestida de enfermeira, vestida de exploradora, vestida de vampira ou vestida de Dior.

Como toda a gente sabe, a Barbie dispõe de um guarda-roupa completíssimo que se renova a cada temporada e com os modelos mais pirosos e imagináveis.

A Barbi ostenta umas medidas de top modelo em miniatura, irreproduzíveis na vida real. A empresa Mattel, prevenida por inúmeros estudos da influência que um semelhante modelo de conduta poderia ter no futuro da mentalidade feminina. Alguns psicólogos identificam uma relação estreita entre a cultura Barbie e a anorexia. O fabricante já anunciou que em breve iria proceder-se a uma remodelação da boneca e que na sua nova versão teria medidas mais humanas.

De facto, quando recentemente se tentou construir uma Barbie de tamanho natural destinada a uma das inúmeras exposições que iriam celebrar o aniversário da quarentona, deparou-se aos organizadores um contratempo inesperado: a impossibilidade de a menina se manter de pé.O peso dos seus hiperdesenvolvidos peitorais forçava-a a cair de bruços no chão.

Não é casualidade que a Barbie se tenha convertido num dos ícones mais representativos da sociedade moderna. Inúmeros artistas plásticos de todo o mundo e costureiros brincaram com ela e renderam-se aos seus pés.

 Existem inúmeras exposições que tem como protagonistas o Ken e a Barbie, piscadelas de olho que apresentam outra face da do fenómeno Barbie… Nestas, a vida do casal está longe de se assemelhar à ternurenta e assexuada existência de conto de fadas que a Mattel propõe… Enfim vocês imaginam..:))) São um casal..

A última edição de uma reviste feminina muito conhecida,apresentava várias peças que tinham como protagonista a bonequinha, vestida com uns trajes de poli vinil e couro, maquilhada como uma porta e coberta de correntes. Revelara-se por fim a verdadeira personalidade da Barbie, a sua realidade. Torturadora, matadora e sexy. Eu pessoalmente, gosto mais da sexy Barbie loira pirosa do que da versão(ingénua Barbie).

(Isto tudo para dizer que vou ter outro bébé:))) Adoro ser tia!!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:14


Parábola

por R.Cheiros, em 25.02.08

Novos hábitos

Pc telemovel,tv ,Ocupam os nossos dias e sem eles já nem respiramos. pois é!!!

Novas formas de estar na vida actual que de vez em quando alguém se lembra de criticar....

E antigamente?? era melhor?

Era ver os pequenos obedientes calados com medo das reacções zangadas dos mais velhos ao mais pequeno deslize.

Entre marido e mulher ninguém metia a colher e o "galo" era dono da casa.

A mulher ou andava na "linha "ou fome e porrada não lhe faltavam.

Dela esperava-se que cumpri-se os deveres conjugais sexualmente há disposição do marido e tratasse das crianças e do lar.

Das crianças esperava-se que crescessem rápido ,sem barulho ou muitas ondas para não envergonhar a família .

Ora minhas amigas! já nada é como era antes e ainda bem!!!!

Só o macho se pode queixar, coitado .Parou confuso no tempo ,não sabe qual é seu lugar...enfim!

Para sustentar a família já não precisamos dele

Para educar os filhos ele continua a não dar conta do recado!

Mas então se só ele està mal ,ele que se mude, que se adapte!!!

E mais nada!

Vamos propor o dia internacional do homem! um dia em que ele não pode chegar a casa e sentar-se no sofá ,telecomando na mão à espera do jantar e a mandar calar os miúdos que querem jogar na playstation .

Neste dia ele também não pode fazer telefonemas secretos para a mãezinha , muito menos convidá- la cá para casa!

Não pode sair com os amigos para chegar e chegar a altas horas da noite.

Não pode falar de trabalho.

Vá lá !! É só uma vez no ano!

M.D

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:04


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds