Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Banalidades

por R.Cheiros, em 06.10.10

Bom, isto não há nada como o tempo fresquinho e umas pingas de chuva para aclarear as ideias. Sinto-me bem e completamente desperta depois de um feriado que era para ser e não foi...

Sim, porque isto da crise não é para todos, ou seja até é, mas mais para uns do que para outros.

Com os pezinhos aconchegados numas meias quentes, enroscada no sofá,  (já vos disse como gosto do meu sofá??) e rodeada de muitos papéis e máquina de calcular em punho.
O céu está cinzentão o sol as vezes lá dava um ar da sua graça...  E lá se passou o feriado ( viva a república) se minha avó fosse viva, faria ontem 105 anos, mas fez bem a sua parte, morreu com 101.

E por falar em avó... Ontem também foi dia de Almoço familiar.
Não vou dizer que fiquei engasgada, mas que a cabidela me provocou uma certa azia, lá isso provocou...

Uma das coisas em que a natureza não foi perfeita, foi nas questões familiares... É que para mal dos meus pecados, (para o bem e para o mal) a família não se escolhe, já nascemos com esta “cruz”...
Sem falsas hipocrisias, até porque me irrita esse blá blá blá  que a maioria adopta, a minha família é the best, são  todos muito queridinhos, fofinhos, etc, etc.
Pois eu tenho dias, que acho que deviam viver em outro hemisfério, aposto que cada reencontro era fantástico e as saudades muitas...

Nunca fui Maria vai com as outras... há dias que gosto de tudo preto no branco..
Se existem incompatibilidades há que assumi-lo, e não tenho dúvidas que as vezes apertavam uns pescocitos aqui e ali... em vez de andar a limar arestas, porque no final, acabo por ser sempre eu a apanhar as “limalhas”... 
Se mudava esta família? Mudar até mudava, mas não era a mesma coisa...;)

Bem, vou mas é deixar-me de banalidades que por aqui o trabalho abunda, e se eu não o fizer, minguem se oferece para o fazer por mim.

 

Já tinha saudades disto... mas as vezes, valores mais altos se levantam

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:24


Isto é saudades;)

por R.Cheiros, em 01.09.10

 

Em algum momento da vida, todo e qualquer ser humano já sentiu saudade de alguma coisa: de um momento, uma pessoa, de uma época, paisagem, cheiro, e até de um regresso…
Dizem que a saudade é um sentimento tipicamente português, que só pessoas com sangue lusitano conseguem sentir.
As férias já terminaram, para alguns...

Guardam-se em outro compartimento as farras os dias sem horários os momentos bem passados as gargalhadas despreocupadas.

Regressa-se ao zoo, à aldeia dos macacos, ao fosso dos leões ao reptilário, o despertador volta novamente a funcionar, o trabalho espera por mim.
E não é que já tinha saudades…:))

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:37

O amor (a paixão) são como um” interruptor ligam-se num picar de olhos” pode surgir do nada  e em qualquer lugar ou circunstancia. Não acredito nada naquela “ladainha “ apaixonei-me porque temos tantas coisas em comum.. Somos iguais!


Ok, não digo que não existam alguns casos, mas parece-me estranho… primeiro porque não existem duas pessoas iguais e também porque a perfeição não existe não adianta comparar as fichinas  de “pré incisão” ao namoro.  A vida quer se queira quer não não é perfeita. Muito menos as mulheres e os homens.


Há muitos muitos  anos atrás, também eu sonhava com um homem alto ,moreno ( aqui depende dos gostos) loiro musculado  que haveria de aparecer montado num cavalo branco ( naquele tempo podia ser de mota que eu não me importava nada) e a vida era só maravilhas… e viveríamos felizes para sempre.
Pois, lamento informar, mas a verdade é que isso é só um mito.
Primeiro o príncipe encantado não existe , ou seja, o único que existia casou com a Cinderela, e até dizem as más línguas, que entretanto se envolveu também com a Banca de Neve , só não se "safou" com a Fiona porque ela, vá-se lá saber porque preferiu o Sherek.
Segundo na hora dos vamos ver… alto, baixo, loiro ou moreno ,mais ou menos musculado isso é o que menos importa, e o amor acontece..


Mas eu acho que a ideia ainda persiste no imaginário de muitas adolescentes e não só.. Não queiram saber a quantidade de mulheres adultas a sonhar com o príncipe encantado em cima de um cavalo branco. Ok aqui a coisa já muda um bocadito de figura, , troquem lá o cavalo branco por um topo de gama com muitos cavalos. Muitas ainda não  têm consciência que mulheres e homens têm qualidades e defeitos e que o príncipe perfeito é pura ilusão.


É bom sonhar, então não é…?
Mas a história do príncipe encantado montado no seu alazão era apenas mais uma história como tantas outras que ouvíamos na infância, apelava ao nosso lado romântico de pureza e inocência como uma promessa de felicidade eterna. Mas bem vistas as coisas, a gente cresce, é ou não é? Então para que continuar a viver num mundo imaginário ?


Um dia, vamos encontra o homem “perfeito” ( para nós) e nós vai fazer feliz.  Mas desiludam-se, homens e mulheres erram e cometem graves erros, porque as pessoas têm formas de ver as coisas diferentes e os objectivos de um nem sempre são os objectivos do outro. E existem  as discussões, claro que existem, as divergências, a ideia de que “não temos nada a ver um com o outro”


Nunca conhecemos ninguém nem nos conhecemos verdadeiramente, não acreditam? Pois eu posso garantir que é verdade! As vezes temos que testar os nossos próprios limites… e ai as vezes a coisa nem sempre sai como imaginamos, ou seja nem tudo são rosas…


Suponhamos ( “isto é um suponhamos”..)  que estamos   envolvidos com  alguém do nosso  trabalho…A relação ( amorosa) deve ficar no mínimo fora das quatro paredes do escritório , ou do local de trabalho. Ora o lema é trabalhar e mais nada, certo? Afinal serviço é serviço e conhaque é conhaque. Mas aqui entre nós, todos  sabemos que do dizer ao fazer vai uma grande distancia…ou  se vai!


Assim a explicara a  "coisa" de  grosso  modo , se o (relacionamento ) for entre colegas no mesmo nível hierárquico, a “coisa” até vai seguindo sem sobressaltos de maior, penso eu de que… Agora se o (relacionamento) for com o chefe, ai ai… ai é que a “porca torce o rabo” acreditem.
Existem “pessoas tão mal mandadas… faz-me lembrar uma historia que se ouvia na minha terra:

“o meu filho é muito bem-mandado, mas quando diz que não é não e não mesmo”.

Há pessoas teimosas como uma “mula”.Depois como todos somos humanos erramos e dificilmente se conseguem separar as aguas.


Ora se por uma lado o tipo trabalha ao nosso lado ( ou por  cima) e até sabe qual é ao papel dele por outro também dorme connosco e sente-se no direito de dar palpites em tudo( até criticar se preciso for) olha que não há pachorra…


E as  mulheres, quer se queira quer não por muito racionais que sejam  a nossa cabeça por estar ocupada com trabalho, contas ,contratos seja o que for, mas sempre sobra um espacinho onde somos guerreiras e não gostamos de perder nem a feijões.. Quanto mais para o tal! Recusa-se a ver os defeitos dela mas os dele aparecem na ponta da língua. E também temos uma capacidade só nossa.. De os vencer, nem que seja pelo cansaço .


E ai, o pseudo- príncipe passa rapidamente a sapo sem direito a beijo.
Não, o amor não acaba, qual que....Até porque as pessoas não são iguais  e têm visões  da vida diferentes.
Mas definitivamente o “príncipe encantado” é um tipo cheio de defeitos que nos pode irritar ,tirar do sério, dar-nos s sensação de que poderemos cometer um crime assim… de um momento para o outro.

O amor, háaa é a melhor coisa do mundo!! Mas há que acordar para a realidade e perceber que o ser humano tem qualidades e defeitos, e que essa história do "príncipe encantado" é apenas possível em livros e filmes. Isto porque, a vida real não é um sonho cor de rosa, como em tempos chegou a pensar!

E a parte boa, sabem qual é? É que é infinitamente saboroso fazer as pazes.
Mas querem um conselho? Nunca misturarem o trabalho com o amor, as tantas é dormir com o "inimigo".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19

Tenho uma amiga que tem dois “putos” gémeos que são uma  delícia. Um deles é completamente obcecado por bolas. Então, o Dinis quando sai de casa despede-se sempre da bola com: Adeus bolinha até logo e no regresso o procedimento é o mesmo: Olá bolinha tá boa,tá..??
Tenho dias que me sinto assim, uma verdadeira criança, acordo e sinto-me uma miúda pequena, mas à medida que me aproximo do espelho é que começo a perceber a diferença, pequena continuo a ser mas miúda foi chão que já deu uvas.
É a minha parte de criança que hoje lhe apetece dizer : Olá blogue ..:)
 
E é assim... Hoje é segunda feira e cá estou eu de volta à minha vidinha., estouradinha, mas com a mente desocupada…e com um “belo” de um sorriso na cara…
Adoro o que faço
Às vezes apetece-me chutar tudo para o alto e mudar o rumo da minha vida. Mas depois quando estou, como hoje, de regresso ao meu “mundo” sinto que é isto que quero fazer que sei fazer e que gosto de fazer. As partes chatas vem depois..eu aguardo.
 
Não vale a pena negá-lo. Sou uma apaixonada por este  país Estão cá todas as pessoas que gosto, todas as sensações, cheiros e até os paladares...
Mas não é só isso. Gosto de Portugal e quanto mais vejo mais farta fico dos discursos miserabilista e imbecis que temos e que fazemos e, em que algumas vezes, também eu alinho. As pessoas tendem a não querer ver o óbvio. E arranjam desculpas para o que lhes vai acontecendo sem se questionarem se a culpa não é também em parte delas próprias. Nós somos fantásticos só nos falta um bocadinho ................assim de atitude.
Continuo a achar que os “outros”tem o dom de se gostarem, ( somos bons, somos mesmo do melhor..) mesmo com todas as falha, que lá isso todos tem ... mas a atitude é diferente.
 
Cowboys, petróleo, gado, desertos praias de mar, pequenas e   grandes cidades. Houston, Dallas, Austin, S.Antonio é uma cidade tipicamente virada para o turismo mas eu gosto S. Marcos onde ainda se fazem nas ruas reproduções dos tempos do faroeste  até  simular  assaltos a bancos.
 
Quem diria que esta terra de cowboys esta cada vez mais moderna:)
Em cinco anos upa upa...embora existam coisa que se mantêm. O melhor sitio para tomar uma cervejinha ainda é o “Celis Brewery” em Forbes Drive
No  Cedar Park uma aventura bem gira é  andar de  locomotiva a lembrar o velho oeste uma boleia na historia..  atravessar  a famosa ponte de madeira do filme "O Newton Boys." com aquele bonitinho ,o Matthew McConaughey, não sei se alguém se lembra ...De lá, o percurso segue , através  cidade de Liberty Hill e sobe para o Hill Country.

 

Também a  40km do centro de Houston, toda a gente se pode sentir astronauta por um dia, pagando claro..e  passear pelo espaço por algumas horas . "Space City".
 É onde todos os homens sem excepção se sentem umas "crianças" realizadas. No Johnson Space Center, unidade da Nasa (agência espacial norte-americana).  é aberto ao publico se não estou em erro desde 1992. O centro espacial é hoje a maior atracão de Houston. É uma espécie de Disneylândia  das viagens espaciais.   Tem  um parque temático "científico" com jogos e simuladores de voos projectado pela Walt Disney Imagineering. É um mundo de 18 mil metros quadrados que vale muito a pena visitar.
A entrada  inclui um museu a visita ao centro de controle dos voos do projecto Apollo, que levou o homem à Lua pela primeira vez, e aulas sobre o treino  dos astronautas e pesquisas espaciais.

 

A duas horas de carro mais coisa menos coisa S.Antonio tem o  Stock Show & Rodeio. Ai sim é que se faz o gostinho ao pé...Para quem gosta de música country. Além das apresentações de rodeio que é bem divertido , há... até teve uma espécie de  "Willie Nelson", mas para melhor  diga-se de passagem.
Outra coisa que adoro é dançar! E aquilo convida mesmo a um pezinho de dança.
Muitos hispânicos, muitos mesmo.

Polaca..? Mas que raio, porque logo polaca? Ainda estou para descobrir:) E quieres bailar?então não quero... Claro que quero...

 

Carne muita carne...bacon,tudo com nome de "big"... cachorros quentes com fartura  coca cola ... muito pouco originais.  ...existe à venda quase em cada esquina. Engorda que se farta mas são  óptimos. E também acabei de descobrir que já dificilmente aparecerei nas capas da playboy , portanto... 
Acho que estou com dois os três quilitos a mais, e parece que não, mas já cá cantam mais de 40...ou seja quarenta e uns trocos.
 E tem os melhores espargos que já comi em toda a minha vida.

 

Dallas uma cidade moderna e muito bonita e extremamente limpa. As pessoas são do mais simpático que já vi faz-me sempre lembrar uma serie  que dava na Tv. há muitos anos atrás..."Dallas"

Dallas, Houston e muitos arredores mas nada de ver o ranger do Texas o tal do Chuck Norris o herói dos heróis:)

 

 Decididamente sou um desastre é a “fazer” malas para viajar. A dificuldade que eu tenho para organizar a meia dúzia de trapos que devo por na mala para 4 ou 5 dias não lembra a ninguém, quando acabo o quarto parece uma bancada da feira de Carcavelos ao final do dia.
Que raio, mas também como é que eu vou saber o que me apetece vestir no domingo à noite ou na segunda ou na quarta-feira, se estou a fazer a mala na sexta-feira? Sei lá se quero estar poderosa, ou se assim-assim…bem assim-assim ninguém quer estar e eu muito menos. Mas como é que sei se me apetece vestir umas calças de ganga e uma bela de uma t-shirt com uma camisa xadrez, ou um vestido simpático? E como é que sei se está fresco ou se pelo contrario a noite até está amena…Pelo sim, pelo não…o melhor é fazer como de costume e levar algumas (muitas) peças a mais….
Não há nada a fazer, acho que qualquer mulher tem dificuldade em fazer as malas. Mas como também costumo dizer mais vale sobrar do que faltar..
 
Sou inconstante. Admito. Só estou bem onde não estou parece a letra do António variações...
 
Mas sem duvida que o melhorzinho que isto tem é rever os amigos e a família,  por a conversa em dia , matar saudades.

Depois, não vejo a hora de me vir embora.. as ultimas horas para dizer adeus parece que não tem fim... (eu que  morro de medo de aviões) .


As partes repetitivas..  as discussões do início: Não queres levar também a casa?

E as do regresso, é matemático: Quero ver onde é que vai meter tanta tralha... É sempre briga de criar bicho.

Ok, admito sou uma consumista assumida e gosto deste  jogo  da procura desenfreada por algo.. diferente, souvenirs:) botas chapéu e cintos desta vez.
Sou inconstante , consumista e brigo, mas sou” feliz” assim. 
Ou como costumo dizer que vivo os meus momentos felizes.

E é aí que encontro o meu equilíbrio, aquele que os ditos certinhos nunca hão-de perceber. Digo eu...:)
Back...
Balanço da semana...
Ai, ai...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:35


Tão lindinha não é??

por R.Cheiros, em 29.01.09

Por uns momentos de prazer duas semanas a sofrer há.. Pois é!
Lá diz a minha mãe que não desfazendo é uma mulher sábia: Minha filha primeiro a obrigação depois a devoção!

Eu sei, eu sei… mas tenho destas coisas, e sou teimosa como uma ( ……… ) ora essa, mas também não é só porque um burro dá um coice, não se lhe há-de cortar a perna, é ou não é?
Que diabo, foram só uns diazitos a fazer serão e estou quase, quase nuns merecidos dias de descanso.
Afinal nem foi sacrifício e não é a toa que se diz que não é por um deslize que o monge perde a batina..:) nem eu deixo nada para trás!

A pingodemele a aminhadortemoteuno... simpaticamente :) ofereceram-me uma “taça”.

Esquecida...? Qué lá isso.. Apenas aguardava a melhor oportunidade e aqui está ela.


Tão lindinha não é??

Tal qual na entrega de qualquer prémio também agradeço, e agora (puxava da cabula) e começava o "parlapié"  um longo reportório de agradecimentos:)
Pai e mãe: Fora  de questão não mexem no computador
"Mais que tudo": É que nem pensar, ainda bem que não cusca a net, o pc serve para trabalhar e eu acho muito bem, é bonito, não é?
Filho: Não sei não... sabe mais do que me diz, acho que já me descobriu.. isto é tipo gato escondido com o rabo de fora.

Mel e a “princesa”: Gracias
A todos que aqui passam para cuscar
A todos os que comentam ou não
E aqueles que me deixam comentários (idiotas) ok, obrigadinho por me terem arranjado mais trabalho agora tenho que aprovar os comentários, seus desgraçados.

Pois pouco me importa se já receberam ou não, e é para o lado que eu durmo melhor se a querem  para o vosso blogue...mas a "taça" é vossa!

Paula C.

novinha em folha

O Gato

estreladosul

 

E agora vou para casa e por hoje chega!

A esta hora o meu "mais que tudo" já deve ter o arroz de tomate e os  joaquinzinhos fritos

Isto é viciante, não é??
Boa noite

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:21


Desafio:O pecado mora aqui.

por R.Cheiros, em 23.01.09

 A minha amiga "princesa" aminhadortemoteuno... : lançou-me um desafio!
As regras são mais ou menos estas: Fazer uma análise sobre a nossa relação com os sete "pecados"
E escolher oito "pecadores" ou não para se confessarem.

Para ser sincera ando um bocado assoberbada de trabalho, e como já tinha escrito sobre isto..

(O pecado mora aqui) vou repetir-me.


 Eu pecadora me confesso!
Podia começar assim o post: Mas ainda ninguém me conseguir definir ao certo o que é o pecado. Dizem que um dos sete “pecados” é a Inveja.
Sei que a inveja é um sentimento muito feio. Mas não consigo deixar de sentir inveja, e não é uma inveja qualquer, é uma inveja do tamanho do mundo.
Daquelas pessoas que acordam de manhã com um ar fresco, com um sorriso, ar de quem já está acordado há horas.
Falam pelos cotovelos o que para mim é impensável quando acordo, e isso leva-me a outro “pecado” a Ira.
Fico “irada” com aquelas pessoas que de manhã têm sempre assunto. e dizem “Bom dia” como que  a cantar com um ar radiante, quando o que me apetece é dormir...ou pelo menos ficar em silêncio.
A preguiça é outro dos tais “pecados” sou preguiçosa daquelas que custa a acordar. Ou seja tenho sempre a sensação que me passou um camião por cima.

É sempre difícil quando tenho reuniões de manhã (daquelas bem chatas) é uma Avareza desmedida todos querem ter a ultima palavra.
A Vaidade e a Preguiça comigo normalmente andam juntas, ter que aparecer nas primeiras horas da manhã impecavelmente maquilhada e penteada e com um ar completamente leve... No fundo com bom ar!
As vezes nem uma boa base conseguem disfarçar os olhos inchados...
(Já para não falar "deles" ...que estão sempre bem!)
Com o seu fatinho e gravata e sem cara de sono. Como é que fazem? Acordam bastantes horas mais cedo? Fazem ginástica? cantam pelo caminho para chegar completamente despertos? Tem alguma técnica de maquilhagem que as mulheres desconhecem? Ai a Luxúria.... é um regalo há vista, o sexo oposto é realmente uma visão agradável!
É certo que tenho mau acordar, faço caretas para o espelho, tenho algumas rugas, o cabelo dá-me que fazer, mas nunca tenho olheiras:))).
E que depois de um bom café, dois,” Gula” e de um bocado em silêncio e em paz...estou pronta para um longo dia e que há noite tenho sempre um ar “normal” mas gostava tanto de acordar com melhor feitio!!!!

A "soberba" é um dos sete "pecados" associado ao orgulho excessivo, arrogância e vaidade.
Confesso que tenho um bocadinho de cada. Quando coloco alguma coisa na cabeça tenho a soberba de a conseguir logo. Sou muito orgulhosa. Por vezes sou arrogante (e não somos todos?). Sou vaidosa, confesso. Mas tudo isto em quantidade QB.

 

No fundo sou uma pecadora cheia de virtudes... não podemos levar tudo há letra... mas tenho algumas! 

Também existem sete  Virtudes ou mais...

Vou passar apenas a três blogues porque me parece que o desafio já correr por ai.
Ninguém se sinta obrigado a responder.(Existem poucos pecadores)

Paula C.

novinha em folha

intuição

 

Bom fim de semana

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:29


Há dias fantásticos !!

por R.Cheiros, em 11.12.08

Um dia normal, uma sala com três tipos que mais pareciam ter engolido um garfo ... e um conceituado gestor da alta roda financeira, bem colocado na vida, daqueles que “cheiram a direita” por tudo o que é poro e nunca mostram os dentes
Comprimentos da praxe cada um se dirige à respectiva cadeira e alguém diz uma das frases mais iluminadas que já alguma vez alguém disse...: «O país está a atravessar uma crise!»
Verdade? Foi a pergunta que bailava nos meus lábios mas que a tempo segurei. Mais iluminada do que está só mesmo a da Lili Caneças que diz do alto da sua sabedoria: «Estar morto é o contrário de estar vivo.»
Mas a diante...
Eu tenho mau feitio. Reconheço. Sou teimosa, refilona e não deixo nada por dizer, por isso meto-me muitas vezes em confusões.
Ainda me falta saber porquê, mas de vez em quando faço figuras tristes, que considero tremendamente injustas. Daquelas figuras que me fazem corar pois é ainda consigo corar...mas nunca desistir. São circunstâncias que depois se tornam no mínimo caricatas.
Tudo na vida precisa de um pouco de "pimenta " ou perde a graça...e nunca penso que tudo está perdido.

Como tudo pode estar perdido se ainda posso sorrir?
As alegrias grandes ainda não as perdi e ainda consigo dar uma boa gargalhada até de mim própria e  ainda tenho brilho no olhar.
A vida é clara. Clarinha como água. E quando assim não é, é porque estamos a viver de forma errada.
Há pessoas que nascem para viver com tranquilidade e quando surge um problema perdem o tempo a decidir se tomam um calmante, se se "enfrascam" violentamente ou se hibernam e outras que nascem com bichinhos carpinteiros, daquelas que nunca conseguem estar quietas e que têm que estar sempre a magicar algo e que não tem medo de errar ou até fazer figuras “tristes” se acreditam que estão certas e fazem valer os seus direitos.
 Medo de arriscar..?poupem-me!
A vida é um “jogo” e temos de jogar sem mostrar medo de adversário ou estamos arrumados no primeiro rand.
 Sei que posso vencer pelo cansaço sou persistente...Tanto que as vezes nem pachorra tenho para me aturar a mim própria, irra..

Hoje até me apetece dizer:
"Sabes porque gosto de ti? Porque entre outras tantas coisas me dás uma tranquilidade e uma paz..."

A vida é uma coisa fantástica, não é?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:25


Há lá piorzinho!!

por R.Cheiros, em 22.11.08

 

Existe lá piorzinho que depois de uma semana duríssima todos os dias a trabalhar sabe deus até que horas... Passar um sábado de sol fechada no escritório entre quatro paredes a olhar para os papeis??

Há alturas em que aquilo que digo, por mais fortes que sejam as palavras, é tão pequenino para descrever aquilo que realmente sinto.
Hoje é uma dessas alturas!!!
 

Help..

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:01


Ai...Isto tá mau!

por R.Cheiros, em 28.10.08

O que me custa lidar com certas pessoas!

Se ontem o dia correu mal hoje talvez tenha começado ligeiramente melhor. Mas acho que esta minha missão começava a cheirar a impossível. Não me apetece trabalhar! Descobrisse eu uma fórmula de ganhar dinheiro sem trabalhar...não que queira ser rica, longe disso, duvido que alguém fique rico a trabalhar.
Até porque só existem três maneiras de ser rica : Nascer rica, não nasci. Casar com um tipo cheio de papel.., já perdi essa oportunidade. Esperar o euromilhões mas o diabo é que não jogo.Resta-me trabalhar e não está fácil..

Constipada com uma tosse horrorosa que não me deixa pregar olho a noite inteira nem só um bocadinho! Umas olheiras que parecem que levei um murro em cada olho
Há 3 dias seguido que me anda a doer a cabeça. Começo a ficar desnorteada! Aneurisma, Cefaleia ou  tumor  não deve ser. Alguma coisa a crescer na testa também duvido... Até porque o meu mais que tudo tem amor há vida,há pois é.. Se não ando por ai a bater com ela nas paredes .O que raio será?!
Gripe na certa, foi a brincadeira que fui arranjar a Viseu este fim de semana passado.


 E por falar em Viseu...Era bom que a vida às vezes desse mais voltas às vezes a gente até queria que as coisas mudassem e elas continuam todas na mesma.
Um amigo meu, que por acaso é presidente de uma câmara desses conhecidos que até parecem na TV, bem colocado na vida, daqueles que “cheiram a direita” por tudo o que é poro as tantas no meio de uma acesa conversa  virou-se para mim e disse-me: As mulheres hoje em dia perderam os valores da fé, estão a esquecer-se do seu lugar na sociedade. O objectivo é competir com os homens.

- What???
- Meu caro as gajas hoje em dia tem é mais consciência do seu papel na sociedade e já não vivem de baixo das asas dos homens.
- Gajas ? tu tratas-te a ti mesma por gaja ?”.

(Ai meus deus que lá se foi o verniz...)


O que eu detesto pessoas certinhas e boazinhas... Dá-me nos nervos, juro que dá. Nunca dizem uma asneira, politicamente correctos longos discursos sobre boas maneiras e formas correctas de estar na vida.. E gabarolas, ai o que isso me irrita. Por isso não tenho fé. Eu não tenho fé, e dai??? Alguém tem alguma coisa com isso?

Mas numa terra de beatice é um crime sem fiança.


Eu acho que nesta vida as coisas boas também acontecem. Mas  não acontecem por uma mera questão de sorte beatice ou fé. Muito menos por milagre... Não é que a gente mereça mais do que qualquer outra pessoa. Mas também lá por isso não merecemos menos do que qualquer outra pessoa. Mas é porque lutamos por o que queremos a menos que nos caia no colo de mão beijada...

Merecemos gostar da vida que temos e quantos de nós se podem gabar disso? Sou uma eterna insatisfeita! Da pior espécie que existe e custa-me ver pessoas paradas no tempo a pensar que devemos limitarmos a ser "conformadas"e bem comportadas.


Gaja para mim não é um termo nada depreciativo. E pensando no assunto chego a conclusão que gaja é um termo bem apropriado.
é que bem vistas as coisas não há um termo que me melhor me defina…
Pois não sou menina, porque ninguém chega aos 46 anos a ser menina, mas não sou mulher, naquela acepção da palavra que se costuma ter e que este "repressor" lhe queria dar.
Sou uma mistura de menina e mulher... Sonhadora, irreverente, infantil, refilona, criança, receosa, mimada, lutadora, chorona, risonha, e sedutora quando menos se espera:)


Nos meus tempos de criança  achava que quando se chegava aos trinta se “é gente”. Que a vida está resolvida. Hoje percebo quanto enganada estava…Nos “quarentas” a vida, a minha, é um livro com muitas, muitas  páginas em branco e cada vez vou notando mais isso. Tantas, quiçá, quanto as que preenchi até hoje e cheias de amanhã..
Mas o amanhã pode ser tarde..
Porque será que certas pessoas deixam para manha o que podem fazer hoje?
Eu por exemplo: Ontem pensei em telefonar à minha mãe e fui deixando passar o tempo e só o fiz hoje de manhã, porque..?

Amanhã pode ser tarde de mais...
Amanhã pode ser tarde de mais para dizer amo-te
Amanhã pode ser tarde de mais para te dizer o quanto gosto de ti.
Amanhã... Quem sabe o dia de amanhã?
Amanhã logo se vê...


Hoje apetece-me mandar tudo à (m......) fava.

Quem é que não tem dias assim?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:11


Fumo

por R.Cheiros, em 05.08.08

 

 

 

Dou comigo uma vez mais a fumar e a  a pensar: afinal para que é que eu fumo? 

 Nem me lembro bem, mas comecei a fumar muito cedo. Tinha por volta dos treze ou catorze anos. Comecei a fumar na escola. Escondida atrás  do pavilhão de educação física.

Não me recordo de todos os meus companheiros de “fumo” mas de outros sim, e ainda hoje mantemos contacto. Uns de certeza largaram o vício,mas outros, tal como eu, tem um caso de amor e cumplicidade com este vício sacana.
Agora pergunto-me frequentemente porque fumo...?

Era a idade da descoberta... E não sei bem porque, mas nessas idades tudo o que é proibido é o que nos seduz (ainda hoje).

Eu era uma rebelde sem causa uma “sabe” tudo estupidamente arrogante.
Na piscina municipal onde naquele tempo nos juntava-mos existiam placares de publicidade apetecível...

"SG Gigante km de prazer" E sempre mulheres bonitas acompanhadas de belos homens.

O  tão famoso cartaz da "Marlboro" onde o protagonista ao mesmo tempo que deitava o fumo fora nos olhava nos olhos.. Lindo de morrer...:)

No cinema.Antes de cada secção lá estava a publicidade ao tabaco e nos intervalos.

Durante muitos anos fumei "SG Filtro"
Hoje olhando para trás consigo perceber o quanto somos vulneráveis, influenciáveis e tremendamente arrogantes na adolescência.

Recordo-me da técnica da pastilha elástica e da pasta de dentes. Cada um de nos tinha uma caixinha com pasta de dentes, que dava jeito para disfarçar o hálito do tabaco quando chegássemos a casa e evitar ser descobertos pelos nossos pais.

Esperava que todos fossem dormir e abria a janela do meu quarto para poder dar umas passas no cigarro.

Hoje penso em como arriscava a levar uns tabefes do meu pai.Nunca fui apanhada e ainda hoje me pergunto como!

O meu pai só descobriu que eu fumava no dia que me casei. Porque a minha mãe já sabia há muito tempo..
A verdade é que nunca mais me livrei deste vício. Em casa, no trabalho, e casei com um fumador.

O que é certo é que a nicotina tem-me acompanhado como uma sombra ao longo da minha vida.
Fiz um intervalo de 9 meses que foi o tempo da gravidez. E pouco tempo depois voltei aos braços (do meu amante) o cigarro.

Não consigo dispensar um cigarro! Principalmente depois de um café, se estou a trabalhar até mais tarde, quando me sinto nervosa, mas também nos os evito nos momentos calmos...

E agora porque é que fumo..?

Faz-me gastar dinheiro, provoca mau cheiro, não me acalma, isso é ilusório, fumar, está completamente fora de moda.

Debilita a saúde com largos passos para a morte. Ou seja, é comprar a morte em "suaves prestações". Agora já não tão suaves, que o tabaco está pela hora da “morte”...
Maldita hora em  que tive a infeliz ideia de fumar o primeiro cigarro. Então não merecia um par de estalos bem dados...?

Hoje sou uma viciada assumida! Continuo a perguntar-me porque é que fumo..?

Mas o facto é que já fiz varias tentativas e volto sempre.

Continuo a fumar, e o mais grave é que tenho pouca vontade de com convicção deixar de fumar.
Estou consciente de todos os malefícios do tabaco.

Inclusive concordo com todas a medidas adoptadas recentemente. Mas continuo a fumar no meu gabinete e a matar-me diariamente....
A burrice é crónica?

Afinal porque é que eu fumo??

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:55


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D