Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


E como a crise chegou a todo o lado, até na procura de parceiros.... Há que se imaginativo e procurar soluções, uma delas são os anúncios de jornal.

"Anuncio publicado em um jornal"

Homem "DESCASADO" procura...

 

Homem de 40 anos, que só gosta de mulheres, após um casamento de sete anos, mal sucedido afectivamente, vem através deste anúncio procurar mulher, que só goste de homens, para compromisso duradouro, desde que esta preencha certos requisitos.

 

O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE tenha idade entre 28 e 40 anos, não descartando, evidentemente aquelas de idade abaixo do limite inferior, descartando as acima do limite superior.

 

Devem ter um grau razoável de escolaridade, para que não diga, na frente de estranhos: "gosto de alpessegos", "  problemas de á-tensão", "problemas no uter", "eu já fui operada ao  apênis", "é de grátis", "falta de oxogenio", "adoro tar contigo" e outras pérolas gramaticais.

 

Os olhos podem ter qualquer cor, desde que sejam da mesma e olhem para uma mesma direcção. Os dentes, além de extremamente brancos, todos os 32, devem permanecer na boca ao deitar e nunca dormirem mergulhados num copo d’água.

 

Os seios devem ser firmes, do tamanho de uma meloa, cujos mamilos olhem sempre para o céu, quando muito para o purgatório, nunca para o inferno. Devem ter consistência tal que não escapem pelos dedos, como massa de pão.

 

Por motivos óbvios, a boca e os lábios, devem ter consistência macia, não confundir com beiço. A barriga, se existir, muito pequena e discreta, e não um ponto de referência.

 

O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE seja sexualmente normal, isto é, tenha orgasmos, se múltiplos melhor, mas mesmos os eventuais, quando acontecerem, que ela gema um pouco ou pisque os olhos, para que ele ( eu)se sinta sexualmente interessante. Independentemente da experiência sexual do PRETENDIDO, este exige que durante o ato sexual a PRETENDENTE não boceje, não ria, não fique a olhar para as  horas no rádio relógio, durma ou cochile.

 

O PRETENDIDO exige que a PRETENDENTE não tenha feito nenhuma sessão de análise em psicólogo , o que poderia camuflar, por algum tempo, uma eventual esquizofrenia. A PRETENDENTE deverá ter um carro que ande, nem que seja um carocha , que tenha dinheiro para o táxi, uma vez que pela própria idade do PRETENDIDO, ele não tem mais paciência para levar namorada de madrugada para casa.


Enviar cartas, com foto recente, de corpo inteiro, frente e costas, para a redacção deste jornal, para o contacto : "Cachorro mordido por cobra  tem medo de ser picado"
---------------------------------------------------------
Pretendente responde

 

Resposta da PRETENDENTE, publicada alguns dias depois , no mesmo periódico

 

Prezado HOMEM DESCASADO, li o seu anúncio no jornal e manifesto o meu interesse em manter um compromisso duradouro com o senhor, desde que (é claro) o senhor também preencha outros "certos" requisitos que considero básicos!

 

Vale lembrar que tais exigências se baseiam em conclusões tiradas acerca do comportamento masculino em diversas relações frustradas, que só não deixaram marcas profundas na minha personalidade, porque "graças a Deus" , fiz anos de terapia, o que infelizmente contraria uma de suas exigências!

 

Quanto à idade convém ressaltar que espero que o senhor tenha a maturidade dos 40 anos e o vigor dos 28, e que seu grau de escolaridade supere a cultura que porventura tenha adquirido assistindo aos programa do "jogo duplo"...!

 

Os seus olhos podem ser de qualquer cor desde que vejam algo além de jogos de futebol e revistas de mulheres nuas. E seus dentes devem sorrir mesmo quando lhe for solicitado que lave a louça ou arrume a cama. Não é necessário que seus músculos tenham sido esculpidos pelo halterofilismo, mas que seus braços sejam fortes o suficiente para carregar as compras.

 

Quanto à boca, por motivos também óbvios, além de cumprir com eficiência as funções a que se destinam as bocas no relacionamento de um casal, deve servir inclusive para pronunciar palavras doces e gentis e não somente: "Dá ai mais uma cerveja  mulher !"

 

A barriga, que é quase certo que o senhor a tenha, é tolerável desde que não atrapalhe para abaixar ao pegar as cuecas e meias que jamais deverão ficar no chão.

 

Quanto ao desempenho sexual espera-se que corresponda ao menos palidamente à "performance" daquilo que o senhor "diz que faz" aos seus amigos!. E que durante o ato sexual, não precise levar para a  cama os livros: "Manual do corpo humano", ou "Mulher, esse ser estranho"!

 

No que diz respeito ao item alimentação, cumpre estar actualizado com a lista dos melhores restaurantes, ser um bom conhecedor de vinhos e toda espécie de iguarias, além de pagar  as contas, evidentemente. Em relação ao carro, tornam-se desnecessários os trajectos durante a madrugada, uma vez que, havendo correspondência nas exigências que por ora faço, pretendo mudar-me de mala e cuia para a sua casa...meu amor!

Assina: A cobra

 

Um aparte: Aos homens "do" Paulo Bento...Haja vergonha, senhores! Aprendam a jogar a bola!! Isto é muita falta de competência e muito pouca vergonha na cara.

Sinto-me descorçoada ..

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:40


E toma lá mais um..desafio

por R.Cheiros, em 25.11.08

 
Já  aqui disse várias vezes que não gosto de desafios e que não lhes vejo grande interesse, são repetitivos e um nadita chatos.
Mas fui novamente desafiada pela "coisasdocoracao"a falar  de sete vícios meus....

Falar dos meus vícios era repetir-me porque já os enumerei aqui mais do que uma vez.

Bom, livros musica e cinema não considero vício mas um complemento da minha vida do meu modo de estar sempre vivi com eles. Falar do tabaco e café já era “bater no ceguinho..”

Então, já que tenho que responder, porque nunca recuso um desafio da Isabel, resolvi alterar as regras e falar de sete coisas de que eu gosto vício ou não gosto e ponto final.

 

Portanto é assim:
1º- Pastei de nata é o meu doce preferido
2º- Conduzir sem destino ou obrigação
3º- Dormir de meias (inverno / verão e até posso não vestir mais nada)
4º- Praia no inverno (as manhãs de sábado bem cedo na praia grande)
5º- Andar descalça (talvez seja um vicio)
6º- Do Sporting forever (Ver um jogo em Alvalade é uma sensação fantástica)
7º- De namorar e beijar e  amar...cada vez gosto mais (Há tantos anos já deve ser vicio)
A lista podia seguir por aqui fora mas acho que chega...

E como amor com amor se paga e o desafio está um nadinha diferente eu devia passa-lo ou devolve-lo à precedência...mas  não o vou passar a ninguém.

Quem se sentir tentado a leva-lo, força.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


Bora à bola

por R.Cheiros, em 03.11.08

 O futebol está conotado como um desporto tipicamente masculino. Algumas mulheres, (não todas, graças aos santos) acreditam que o pior que lhes pode acontecer é ter que dividir os namorados ou maridos com a (bola) consideram à partida um espectáculo violente e masculino, nada feminino...
Curiosamente em alturas específicas como o europeu ou o mundial (talvez por moda) todas elas tinham uma palavra a dizer desde um palpite sobre os resultados até tácticas com um boas  treinadoras de bancada ou sofá.
Elas acham que o futebol é coisa para eles está a associado ao macho que cospe no chão coça os tomates ,bejecas e tremoços e pouco inteligentes.
Eles, que elas percebem é de telenovelas, e oferecem um sorrisinho irónico quando elas se mostram conhecedoras do assunto. Serão "machonas" lésbicas??

 

 E eu pergunto, um desporto masculino porque?
A mulher não tem capacidade para entender as regras ou para jogar?

 

Pois meus caros, segundo vários estudos psicológicos demonstram que as mulheres de qualquer idade possuem uma coordenação motora superior à dos homens e manipulam com maior facilidade objectos pequenos, portanto não é por aqui..
As raparigas começam a falar mais cedo que os rapazes, com maior fluidez e correcção. Há quatro vezes menos mulheres do que homens disléxicos.(isto era só uma aparte)
Os homens, em média são mais hábeis nas aptidões motoras que requerem velocidade e força. Em contrapartida nós destacamo-nos na solução de labirintos em quebra-cabeças também somos mais hábeis em delinear rotas.

 

 Ao fim e ao cabo, o que é um jogo de futebol senão uma rota, um labirinto, um quebra-cabeças, uma competição...
Sejam homens ou mulher, quem é que não gosta de um desafio, uma boa competição? Eu gosto, e detesto perder nem que seja a feijões.

Claro que isto, (competição/desafio) são coisas espicaçam mais entusiasticamente as mentes masculinas que propriamente as femininas. Neles, desperta um eco nas suas psiques evolutivas. Na verdade, quando vêem um desafio acende-se uma luzinha na sua programação genética: o que contemplam no ecrã não é mais do que uma versão sofisticada de duas tribos rivais a competirem por um território é como voltar as origens ... 
 
No campo de futebol, os espectadores esperam que os jogadores suportem a  dor, o controlo do corpo, a força perante as pancadas a vontade de derrotar o inimigo. Os jogadores, hoje são os artistas de um espectáculo sem amor à camisola onde os €€€€ pagos ditam a que cube pertence desde pequeninos.

 
Mas vejam bem,  a ideia institualizada  que se tem de masculinidades competitiva, hierárquica e agressiva não se compadece de amizades íntimas entre homens, não é verdade?

Ai daquele que, no escritório, se atreva a dar a mão a a um amigo ou, pior ainda, vá há casa de banho com ele, gestos que nós mulheres, nos permitimos diariamente sem o menor pudor ou vergonha.
 Os desportos de equipe são uma boa desculpa que proporciona aos jogadores a oportunidade de tocar abraçar outros homens sem que haja suspeita de intenções homossexuais envolvidas. Aqui entre nós, para alguns é um alívio, convínhamos... Não é?

 

Se falarmos sobre hábitos culturais revela-se que o futebol é, de longe, a primeira actividade de ócio preferida pelos adolescentes (eles não elas) Não é por acaso que a maioria dos miúdos gostaria quando crescer de ser um Cristiano Ronaldo. O futebol ainda continua a ser o mais apodero sinonimo De de virilidade e de êxito. Esta é a razão porque o futebol continua a ser um desporto masculino, mas já conta com algumas adeptas ferrenhas femininas e não é porque os jogadores têm umas pernas lindíssimas. 

 

Fala-se muito de jogos de alto risco de que o futebol é um espectáculo violento. Por si só, o futebol não é mau não é bom, é um espectáculo, são gostos… o que é triste é toda a cultura de violência gratuita e competição agressiva que se instituiu em redor do jogo.
Adeptos grosseiros insultam os jogadores adversários como se fossem gado, o árbitro é sempre filho de uma mulher “seria” claques de gente mal formada, as quantias astronómicas que se movimentam para pagar o passe de alguns jogadores, os presidentes de alguns clubes são… sem comentários!

 

O futebol é uma arte como outra qualquer e se for bem jogado e “limpo” é magnífico.
É uma sensação extraordinária assistir a um jogo num estádio cheio com as claques a puxar pelas suas equipes.
Eu gosto de futebol e não acho que seja um desporto masculino, é um desporto e ponto final. Aqui entre nos até tem muito mais lógica que sejamos nós a apreciar aqueles 22 agradáveis senhores a exibirem as suas magnificas barrigas das pernas enquanto perseguem uma bola.

Considero-me bem feminina e não é por isso que deixo de assistir ao meu Sporting sempre que posso. Também grito também me saem algumas pérolas de quando em vez... Não dispenso a minha camisola verde e branca e tenho as cotas em dia.


Mas permitam-me uma pergunta, será que o reinado dos azuis e brancos chegou ao fim??
AI… deus existe.
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:51


Quadro comparativo: Jogo da vida.

por R.Cheiros, em 27.09.08

Saudade é das palavras mais bonitas da língua portuguesa e acredito que também das mais utilizadas.. É um sentimento tão próprio e embora tenha o mesmo significado cada um de nós o encara à sua maneira.Eu gosto de sentir saudades….Só se sentem saudades de alguma “coisa” ou pessoas que nos foi ou é importante. 


 Hoje por acaso encontrei uma colega da época da escola. Ela estava com um homem  que deveria  ser o marido ou o  “namorado”.

Continua muito bonita, trazia um relógio  que me chamou  atenção( eu sou fanática por relógios) Não tem  rugas ou tem muito poucas , mas já se percebe um certo  ar de  maturidade próprio da idade . O cabelo com um corte moderno, de ténis e calças de ganga bem justinhas e uma t-shirt  bem janota, achei que lhe ficava muito bem num corpinho muito em forma  e que ninguém diria que já vai a caminho dos c…..  entas!

 

Não perdeu o habito de andar com a caixa das chicletes atrás (tal como eu ) e lá estava ela a morder a pastilha sem dó nem piedade.
Na mão tinha um pacote de ração para gatos. Certamente tem "bichanos" . Algumas coisas que temos em comum.


Estavam na mesma loja em que estava o "meu mais que tudo" e eu, uma loja de informática com uma secção de jogos de computador  e coisas do género.
Saudades… foi a primeira palavra que me lembrei quando olhei para ela.


Existem alturas que gostava e tenho vontade de reencontrar várias pessoas que fizeram parte do meu passado.

Era engraçado fazer um quadro comparativo, pode saber o que restou daquelas “meninas” que tinham a cabeça cheia de sonhos…Que se juntavam para falar de tudo e de nada contar segredos, fazer algumas "asneiras"e que esperavam tanto da vida.


O que sonhava-mos na época em que estávamos na escola?
O que pretendíamos?
Os nossos ideais de certo ou errado ?
Quais foram os acontecimentos mais importantes?
Nesse mesmo quadro, existiria um espaço designado ao presente, registar o que fazemos hoje.
 Continuamos os estudos? Que profissão seguimos? Casamos? Tivemos filhos? Moramos onde? Que ideias mantivemos ? Que sonhos perderam o sentido? Ainda mantemos os mesmos ideais de certo e errado?
E ainda nesse quadro, reservava um espaço para o futuro.
O que pretendemos? O que esperamos dos próximos anos? Teremos netos? O casamento será eterno? Teremos sucesso na profissão escolhida? Mudaremos o rumo?


E por último, o meu quadro teria um espaço para observações a respeito das relações de causa e consequência existente entre os fatos. Que acontecimento importante desencadeou outro que se faz presente agora? Como cada situação nos trouxe até o ponto actual?

A partir disso, o que esperar do futuro?

E, afinal, o que nos colocou frente a frente hoje, nessa loja de jogos? O Jogo da Vida.

 

E já agora por falar em jogo… o meu sonho de ver o Sporting ganhar ao Benfica no primeiro jogo importante da época foi por agua a baixo..
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:31


Esta é nossa!!! Sportingggg

por R.Cheiros, em 18.05.08

Esta já cá canta!!!

Sporting I love you

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:33


FORÇA SPORTING!

por R.Cheiros, em 17.05.08

 Que seja um jogo limpo e que ganhe o melhor!!

sporting.jpg

A felicidade está

nas pequenas coisas da

vida

basta que consigamos

percebelas

para lhe poder dar o

devido valor

é tão simples ser

feliz

a gente é que complica tudo

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:47


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D