Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sensação de sonho

por R.Cheiros, em 02.12.08

Esta noite sonhei contigo.

Não me lembro do sonho, mas a sensação garante-me que sonhei e muito.

Acordei com uma moleza gostosa… uma preguiça de me levantar da cama… um arrepio nas costas como quando passas a tua mão ou quando segura o meu cabelo para me beijar…

Não me lembro do sonho, mas estas sensações garantem que sonhei contigo, só sinto isso contigo.
No meio desta preguiça olho para o lado e vejo-te deitado, beijo-te as  costas e sinto-te a espreguiçar, viras-te dás-me um beijo de bom dia.
Sorriste! E lá vem a pergunta parva: o que foi??

Podia aproveitar para te dizer. Mas não me lembro... só esta sensação..!!!  Mas se lembrasse era o dilema de te contar ou não..

Não me lembro do sonho, mas se me lembrasse era bem capaz de te contar e possivelmente nenhum dos dois hoje ia trabalhar..
Ainda bem que não me lembro do sonho, até porque precisamos de trabalhar, não é ?
 

A vida não é plenamente feliz, claro que não. Mas é nestes momentos que sinto que afinal são coisas tão pequeninas que me fazem tão feliz!

Aproveitem.. Hoje o dia está fantástico, não está?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:23


Voltava a dizer : Sim!

por R.Cheiros, em 06.11.08

Eu tive um sonho!!! E não foi só meu.
Uma história que sonhamos em conjunto e que  me contaste tantas vezes
Tento recordá-la quando surgem os porquês...
Houve alturas que tantas coisas ficaram por dizer. .
Outras ouve que algumas lágrimas chorei...
 Dobramos algumas esquinas..
Escalamos montanhas
E hoje, pergunto-me;
O que sinto por ti...


Estou farta de pensar e não consigo explicar..
Não é um simples desejo que se mate com um beijo... mas também é.
Não é uma simples paixão que me tira a razão... mas também é..
Não é uma simples vontade que me invade ... mas também é
Não uma simples loucura que me faz ser tua... mas também é
Não é uma simples magia que me aquece e arrepia... mas também é
Não é uma simples ternura já madura... mas também é
É o amor....?não sei se é só amor, mas também é
Passa, o tempo passa e eu continuo a sonhar!!!
Tenho tudo e não sou nada se não fizeres parte dos meus sonhos.

 

Martin Luther King disse:

Eu prefiro caminhar na chuva , em dias tristes,  esconder-me em casa. Prefiro ser feliz, embora louco, a viver em conformidade.
E eu acrescento,não viver em conformidade é dar seguimento ao nosso sonho, teu e meu!
Amo-te.

"Não sei se às rosas não falam...ou se nós, que não as entendemos."
Hoje que estas falem por mim!!

 

 A ti que nem sonhas que este blogue existe

( obrigado)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:10


Idade da inocência.

por R.Cheiros, em 13.08.08

Dizem que com os anos vamos perdendo a inocência

Será....?

Ainda é bom guardar com carinho as coisas que  acontecerem, coisas que já vivemos na adolescência.
Era a chamada a idade da inocência.
A idade dos amores e dos desamores. A idade em que ouvimos uma música e o nosso coração palpita só de pensar no nosso colega de escola. Aquele mesmo.... Com quem perdemos horas a conversar ou só a vê-lo jogar futebol. Que era  bonito de qualquer forma.
Chamam-lhe a idade da inocência.

A idade em que acreditamos que os nossos pais se juntaram para viverem juntos até serem muito velhinhos. Como os nossos avós.

Chamam-lhe a idade da inocência.
A idade em que brincamos às casinhas com as bonecas e assim começamos a imaginar o nosso futuro. E sonhamos com muita força. Com muita vontade de realizar 1001 sonhos onde nunca vemos tristezas.

Chamam-lhe a idade da inocência.

Quando pensamos no  casamento com a noiva com um grande véu. É a idade em que vemos os filmes de amor  e acreditamos piamente que podemos ser assim.

E hoje….
 Quando a idade da inocência já vai lá bem longe eu continuo a acreditar

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30


Paixões

por R.Cheiros, em 26.06.08

Não sou uma mulher de me apaixonar facilmente, mas sou uma mulher de paixões!

São elas, as paixões que me dão vida e são elas que me atormentam!

Às vezes queria ser tão diferente...

Queria viver o dia-a-dia e não esperar sempre mais da vida.

Queria poder desfrutar cada minuto com calma.

Queria ser mais conformada…

Queria não ter tantos sonhos e não tentar sempre correr atrás deles.

Eu estou farta de dizer que sou a contradição em pessoa. E sou. Mas para mim a vida não é a preto e branco.Tem varias nuances.

E por mais "durona" que eu seja, ou que possa parecer ser, a quem não me conhece, a verdade é que sou uma “ romantica idealista "cheia de sonhos.

Existem pessoas que nascem para viver com tranquilidade e outras que nascem com bichinhos carpinteiros, daquelas que nunca conseguem estar quietas e que têm que estar sempre a magicar algo.(Eu estou no segundo grupo)

Também há pessoas que nascem para ter relações calmas e tranquilas vivem a vida a planear e futuro que nunca alcançam... É sempre no futuro. E vivem bem assim e até conseguem andar com um sorriso estúpido na cara.

E outras que nascem para para viver momentos. Eternas insatisfeitas que passam a vida a questionar-se a querer sentimentos arrebatadoras, a saltitar atrás dos sonhos.

Pessoas que caem, choram, magoam-se mas limpam as lágrimas lambem as feridas e seguem em frente para cair de novo e se preciso for voltar a chorar..

Outras ainda sem cair ficam com o pé em péssimo estado..:)

Estas pessoas são menos felizes??

Não sei...mas tenho as minhas dúvidas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:37


O tal!!

por R.Cheiros, em 09.06.08

 


 

Dizer que ele não existe é asneira, ele existe sim, mas para cada uma de nós ele é diferente, se fosse perfeito para todas nós, seria muito complicado, o que eu costumo dizer, é que alguns são “belezas universais” ou seja, são tão bonitos, que não tem quem não goste , e mesmo assim, pode ser que quando tu  o conheças, nem o aches tão interessante assim.

Mas voltando ao assunto, homem perfeito existe? Eu espero que sim, não acredite que o homem perfeito não tenha defeitos, mas sabe que os tem e tenta melhorar, ele entende de tudo um pouco, e aquilo que não entende, tenta aprender, ele não é maravilhoso, mas é bem bonito e muito charmoso. Ele troca as lâmpadas, abre os frascos complicados , faz pequenas coisas que nem sempre conseguimos fazer.

Ele é másculo, mas não é machista, é um cavalheiro, mas não é piegas, ele olha de um jeito que é só dele e é só para ti , e tem um sorriso que te derrete na hora.
Ele também sabe Dizer  não, mas sabe dizer com jeito, ao mesmo tempo que diz sim quando realmente quer alguma coisa, ele não faz “tipo” ... Ele é safado, mas só tu sabes disso, ele faz sexo mas também sabe fazer amor,mata-te de desejo mas também te acalma com amor e ternura,ele é romântico sem ser meloso, ele é determinado sem ser um louco ambicioso.

Ele nunca vai esquecer o teu aniversário, ele adora a família, ele é divertido, mas não faz questão de ser o centro das atenções nas  festas, ele é gentil, presta atenção nas pequenas coisas, e também nos assuntos importantes. Ele veste-se muito bem, mas adora um palpite teu , e tu também adoras saber o que ele acha sobre ti.

Os defeitos? Claro, vários deles, mas eu também tenho, provavelmente os que eu mais odeio nele,  tenho-os em mim, e porque não, juntos tentar melhorar cada vez mais? Através de conversa, compreensão e é claro, amor. Saber falar o que sente, é muito bom, para os dois lados, tanto ouvir quanto falar é imprescindível.

Para cada uma de nós existe o homem perfeito, ele é apenas alguém que tem sintonia contigo , que tem objectivos em comum, ideias , e principalmente valores, e tendo tudo isso, fará com que tu  o vejas de maneira diferente, um compreenderá o outro de maneira tão intensa, e tão harmoniosa, que quando tu perceberes, já terás sido fisgada, ou seja, o conjunto de acções e não acções que são exactamente o que tu esperavas de alguém.
 

PS -1-Só me falta saber onde é que ele está)

PS -2-Existem mentes brilhantes com uma imaginação... Não é?
 Convêm acordar porque ninguém é perfeito 
 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:37


Sonho. Não sei quem sou.

por R.Cheiros, em 31.05.08

Sonho. Não sei quem sou neste momento.
Durmo sentindo-me. Na hora calma
Meu pensamento esquece o pensamento,
     Minha alma não tem alma.

Se existo é um erro eu o saber. Se acordo
Parece que erro. Sinto que não sei.
Nada quero nem tenho nem recordo.
     Não tenho ser nem lei.

Lapso da consciência entre ilusões,
Fantasmas me limitam e me contêm.
Dorme insciente de alheios corações,
     Coração de ninguém.

Fernando Pessoa

Cancioneiro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:39


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds