Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Coincidências.

por R.Cheiros, em 08.10.10

A vida é um rol de coincidências. Umas mais felizes que outras. Mas não deixam de ser coincidências.

 Só pode ter sido coincidência, ontem, quando finalmente programei um final de dia para fazer uma série de coisas, extra trabalho...

Fazer um jantarinho supimpa ao meu mais que tudo (ele merece por me aturar)

Bisbilhotar as roupas de inverno (sim, com este tempinho um casaco dá sempre jeito)

Passar umas coisinhas a ferro (que, para mal dos meus pecados a roupa ainda não é descartável)

 Por a conversa em dia com uma amiga (há amigas que são como os tabaco, viciam...)

Exactamente na altura em que ia cumprir parte da primeira “tarefa”, pumba falta a luz.

Só pode ser coincidência... e trocou-me as voltas....

A roupa de inverno lá ficou guardada no mesmo sítio, também não se deve chatear por ficar mais um dia

Detesto passar a ferro! Já o disse e repito-o, portanto esta parte não foi grave.

O jantarinho, acabou por ser mais romântico do que era suposto... à luz de velas, com muita conversa à mistura... afinal nem havia TV...

A minha amiga... Pois , essa ficou pendurada...!! mas acho que ela vai entender que naquele momento não me dava jeito nenhum enviar uma MMS...

A vida é um rol de coincidências... Umas mais felizes que outras.... Mas não deixam de existir  coincidências muitooo felizes;)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:08


Sinto falta de mulheres...

por R.Cheiros, em 20.10.08

  Ou melhor dizendo, sinto falta de conversar com mulheres. Das minhas amigas que há uns tempos para cá tenho desleixado com as minhas amizades e deixado de comparecer a um determinado jantar..

Pois nem só de casamento vive uma mulher!

Para esquecer o cheiro a lixívia e detergente que fica entranhado nas mãos de estar a tarde toda a fazer limpezas. Nada melhor para espairecer dos fins de semana conjugais que um jantar só de mulheres num sábado há noite. Quase tão rotineiro como o casamento são estes nossos jantares. No total somos dez todas amigas de infância. Do tempo da bata branca na escola primária.


Podem não ser muito originais, mas, não pecam por falta de animação. É onde se fala de tudo e até da vida dos outros. Este chegou ao ponto de se recordar os nossos primeiros amores e rimos muito. O pior que estes jantares tem é que no final ficamos no eterno dilema e agora onde vamos? Há esqueci-me de dizer que damos sempre uma esticadinha a um lado qualquer para continuar a conversa. Discutimos que nos fartamos até decidirmos onde ir porque há sempre este problema nas saídas só de mulheres acabamos sempre a noite umas um bocado chateadas com as outras porque todas querem levar a sua avante e depois nenhuma fica satisfeita com o sítio para onde vamos.


A Maria está sempre por tudo... Tem ar de guarda fiscal é a única divorciada e diz que os homens são os melhores amigos das mulheres a seguir aos cães. A joão é tudo menos comum... Uma pintora excêntrica e má língua até quinta casa... A Glória é das mais velhas e diz que a idade lhe dá estatuto..:) Cristina a loira, a Helena a intelectual do grupo, Fátima é a mais “ajuizada “e a que perde o juízo com mais facilidade, São a tímida, Manuela  inconfessável... Advogada nunca se sabe muito o que ela pensa:)  alérgica a qualquer tipo de compromisso... A vida é para ser vivida. Carmo... dona de uma agencia de viagens a super chique:)E euzinha...

 

Fomos para um sítio onde se podia dançar e ouvir música ao vivo e beber um copo, ai perdão.. Bebericar qualquer coisa. Porque a Carmo desde que virou socialite e se passou a chamar “Carminho” já não vai beber um copo mas bebericar qualquer coisa.. A rapariga deve andar a precisar de terapia da fala é que de uns tempos para cá parece que passou a falar com a boca cheia de papas. Não sei se é alguma espécie de urticária ou se o sítio não estava altura da dita... Mas isto já lhe passa.. Porque é como diz a Lena que é uma mulher prática assim como eu, vamos mas é aproveitar a noite que não é todos os dias que os nossos homens se dispõe a tomar conta das crianças… Mas quais crianças? Pois da minha parte foi chão que já deus uvas… se me descuido um bocado ainda me cruzo com as minhas crianças na noite lisboeta....

 

E assim estivemos um bocado à conversa ao som da um tipa esganiçada e já entradota mas com um corpinho de fazer inveja a muitas menininhas novas e eu bem vi a São com o olhar clínico de sempre a criticar-lhe as rugas a volta dos olhos mas de olhar arregalado para as pernas musculadas. Sim,que a São pode ter um corpinho janota mas aquilo treme por todo o lado. Deve ser por isso que a mulher nem dançar...A acompanhar a  "esganiçada" entraram 3 meninos que benzos deus… bons com o milho ou como diria a “Carminho” eram estupendaços e umas meninas, e foi nessa altura que a noite começou a animar ou talvez não….
A conversa passou para segundo plano porque a vista era de veras mais tentadora … e a música latina convida sempre a um pezinho de dança. Logo eu que raramente saio à noite…. Não resisti e lá fui..


A São continuava alapada com o dito na cadeira reencontada não mexia nem um milímetro ! A Cristina que é uma loira sem idade, ou melhor, tem mas não diz... Até porque nunca fui muito boa com contas (ou não fosse ela professora de matemática) mas isso da idade também não interessa nada o que interessa é a alegria de viver e com ela ninguém consegue estar triste.
Confesso que me estava a divertir, além de estar com um sorriso de orelha a orelha sempre gostei muito de abanar o esqueleto. Eu ando muito desactualizada … como é que podia imaginar que os meninos e as meninas da salsa desciam cá a baixo para dançar com publico. Até aqui nada de especial... Até porque dançar com um profissional é logo outra coisa. O pior é que mulheres sozinhas atraem sempre ( .....) E assim  os básicos dos básicos.

 

Mas isto da idade não perdoa e reconheço que já não tenho pedalada para certas coisas…e acabei a fazer companhia à São, a Lena e a Manuela fizeram o mesmo.
As outras lá continuaram e a “Carminho “com todo aquele bom ar a esta altura já lhe tinha passado o mau humor e rapidamente se transformou na rainha da noite… o que também não é difícil… aquela rapariga dá nas vistas em qualquer lado, vestida com logótipos da cabeça aos pés. Ela é só roupa de griffée. Imaginem, e logo eu eu que tenho um pezinho na feira… E a pena que tenho que a feira de Carcavelos seja há 5º feira… é que se encontra lá cada pechincha que nem imaginam e eu quero lá bem saber que ela acha que ir à feira é possidónio.

 

Já estava um tipo de olhos arregalados para cima da “carminho” e destilava todos os elogios que tinha conjecturado e que a sua fraca inteligência lhe permitia.. E nesta altura já o meu estômago se revirava porque claramente o rapaz se fartou de procurar as palavras escolhidas de qualquer  dicionário e toca de inventar que nestas coisas a gente já sabe que é bem pior remediar!
Mas pelo andar das coisas eu estava a ver que o verniz estalava em menos de nada. Também casada com o energúmeno do Nuno não é de admirar… pergunto-me eu o que leva alguém a estar casado com um tipo que tem uma amante? Ou que anda com uma pindérica como diz a “Carminho” só pode ser por conveniência ou então a “Carminho” é assexuada…coisa que eu duvido pelo menos nunca conheci nenhuma.

Ou talvez conheça… com aquele ar a Manuela Ferreira Leite e talvez a Hillay Clinton..

Porque todos sabemos  que a Hillay Clinton ganhou pontos no ranking da popularidade porque, em vez de fazer o que qualquer mulher sensata teria feito quanto descobriu que o marido tinha uma amante, desempenhou o papel tradicional. Ou seja o mesmo da Carminho... Faz de contas que não vê... Que isto o pior cego é aquele que não quer ver....
É que à Hillary nem se lhe conhecem amantes, nem sequer, imaginamos que tenha desejos sexuais.  A pobre da Chelsea deve ser resultado de uma experiencia de laboratório ou de uma segunda aparição do espírito santo. O mesmo não posso dizer da minha amiga:)))

 

Mas por esta hora já a Carminho estava bem animadinha com o ilustre desconhecido que lhe animava a noite ou talvez os sonhos..

E eu àquela hora a pensar em que andanças andaria eu metida ...e só o ou oiço dizer que está apaixonado por ela… E ela a rir que nem uma perdida e o homem, que era um homem do norte ainda por cima ,foi por ali fora com aquele sotaque fascinante a desfazer-se em elogios.


Agora chega.. e resolvemos acabar com a festa... Mas estava a sair pior a emenda que o soneto...O tipo contra ataca, que eu era muito querida, um amor, uma mulher muito sensual! Ó homem olhe que você está enganado! Olhe que eu de sensual não tenho nada!” ele continuou e eu lá resolvi ficar calada que nem um rato a fazer de conta que não percebia.. Mas lá a tiramos dali para o ar puro da rua.
Ai… e com tudo isto aumenta a minha desconfiança na raça humana em geral e na espécie dos homens em particular! Quanto mais evoluímos mais eles embrutecem! É… cheira-me que esta missão na terra  ainda vai ser abortada por falta de  inteligencia no sexo masculino!

Afinal nós as mulheres não são assim tão mazinhas nem umas cabras umas com as outras…Formou-se um espírito de grupo para retirar a Carminho de maus lençóis... Mas sinceramente não é que não ache que o Nuno não mereça um bom par de cornos mas sei que a Carmo amanhã se ia arrepender do que estava a fazer…

Cá fora ainda nos rimos um bocado à conta destas histórias, mas eram 3 da manhã e o meu mais que tudo não ia gostar da brincadeira, ai aposto que não. Lá se meteu cada uma em seu carro e ala que se faz tarde. Dez para as quatro estava eu a chegar a casa, de sapatos na mão para não fazer barulho... Ai meu deus ao que uma mulher chega... Depois de velha parece que voltei aos meus 18 anos.

(No domingo tive sermão e missa cantada..)

 

Afinal as mulheres são mais unidas do que se diz por ai..


 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:32


Homem na cozinha criativo, ou sexy?

por R.Cheiros, em 02.09.08

Eu ando um bocado ocupada com estes pensamentos que são tão inócuos e desprovidos de qualquer relevância como outros quaisquer mas neste momento é isto que me anda a incomodar.
Porque..?

Talvez porque começo a ficar um bocadinho irritada quando dois "tipos" chegam a casa as 11 da noite depois de um jogo de futebol com amigos e esperaram que deixemos tudo o que estamos a fazer para lhe preparar algo para comer. Uma vez tem graça ...
 Parece-me que há pessoas, nomeadamente homens, que gostam de se fazer de vítimas. A desculpa que não sabem fazer ou que não tem jeito já está a sair de moda.

E eu até acho bem em certas circunstâncias que eles apelem para a mãezinha que há dentro de cada uma de nós, mas fazerem-no de forma continuada a coisa já perde um bocado a piada.

E um homem na cozinha pode ser sexy,não acham?

Entendo quem não gosta de cozinhar, aceito que muitos não o saibam fazer, mas acho incrível que ainda exista quem ache que cozinha é lugar de mulher. Que tal arregaçarem as manguinhas e por mãos há obra?

E para vossa informação: Aprender a cozinhar não é nada difícil, é bem fácil acreditem, basta saber ler e ter vontade de... Juntas, estas duas coisinhas fazem milagres… 
Sabiam,que  actualmente os homem tem o domínio o mundo da “cozinha” ?Basta ver na tv e a maioria de revistas do género são da autoria de homens.
Com o domínio de chefs homens no mundo da culinária, não é nenhum sacrilégio dizer que o lugar dos homem é sim na cozinha, pois vocês, quer queiram ou não, quando querem até se safam...e  têm talento prá coisa.

E ,meu amigos, vê-los em acção com facas, tomates e panelas na mão is extremely hot. Ó, se é....

Mas chega de desculpas, não sabem ou não querem aprender?

Vamos lá ao que importa: 

Homens que já sabem uamas coisas de cozinha ou aqueles que  começam agora a engatinhar, ou ainda  aqueles meramente curiosos para saber que diacho é uma cozinha… Vale a pena dar uma olhadela em alguns sites de culinária, que são feitos por homens como vocês. 
Aqui podem  encontram receitas, dicas e alguns truquezinhos que até eu não sabia que existiam. Tudo fácil, directo, instrutivo, descomplicado - bem na base do homem para homem. Bem como vocês gostam.

( juro que recomendei estes sites aos dois homens cá de casa,embora o mais novo se safe Qb.)
Então, aqui vai:
 

Culinária masculina - Homem na Cozinha - receitas  que vão desde simples  aperitivos, a molhos, peixes e sopas e cremes Tudo, acredito, bem ao paladar masculino.

Existe alguma mulher que não goste de ver um homem na cozinha? Eu acho que não...
As mulheres também se agarram pelo estômago? Pois não sei! Mas o acto de servir uma refeição ou de a preparar em conjunto, em casal, tem muito mais que se lhe diga do que apenas saciar a fome. Pode ser um gesto extremamente sensual. E nem é preciso ir a extremos como a célebre cena do filme 9 Semanas e 1/2, em que Kim Basinger e Mickey Rourke se lambuzavam com tudo o que havia no frigorífico numa tórrida cena de sexo.
Aproveitem e convidem a a “vossa mais que tudo” para um jantarinho a dois feito por vocês.

Ofereçam  uma taça de vinho. E não deixem que ela  ajude em nada. Nada mesmo. Nem antes, nem durante e muito menos depois. Vocês não faz ideia de como ela vai adorar esta gentileza.

Pensando bem, aposto que logo, logo vocês vam descobrir  o quanto elas adoram tanto o tratamento"vip"quanto vos  observar a cozinhar.
Comida e sensualidade andam de braços dados. E sobre isto não restam dúvidas. No amor e à mesa, os sentidos estão em estado de alerta, aguçados, prontos para a descoberta e para o prazer. “Tem tudo a ver estarem juntos. A sensualidade está ligada à parte emocional, à sensibilidade, aos cinco sentidos

Curiosamente ao ler a "máxima" encontrei um artigo que diz: cozinhar é sexy.
Ingredientes frescos, uma pitada de criatividade e um toque de ousadia. Tudo regado com um bom vinho, num ambiente especial. Cozinhar pode ser uma forma de dizer ‘Amo-te’ ou ‘Desejo-te’. É o prazer de dar prazer. Oh,yeah!

E garanto que as mulheres agradecem.

Um aparte :Eu adoro cozinhar!

Não sei se é criativo ou sexy. Mas a mim dava-me um jeito do caraças;)
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00


Pura maldade

por R.Cheiros, em 04.06.08

 Antonella Cinelli segreti2.jpg

Não me apetece trabalhar... Não me apetece e pronto.

Não prejudico ninguém muito menos o erário público. Como ninguém me paga ordenado logo não tenho que dar satisfações a ninguém. O meu trabalho também ninguém o faz o que quer dizer que mais cedo ou mais tarde me volta a tocar à mesma que é o mesmo que dizer : a mim. Assim como assim hoje implantei o meu dia de descanso.

Ainda há poucos minutos confidenciava a um amigo que hoje me apetecia fazer uma asneira!
-Que asneira? O sorriso dele não deixava prever boa coisa :) mas não é nada de transcendental.

Hoje deixo tudo como está... Não mexo nem mais um papel. Pego na minha mala fecho a porta do gabinete e vou escada a baixo saltando dois degraus de cada vez...

Cruzo-me com o (.........) olha para mim com ar apalermado. -aconteceu alguma coisa? -Já vais?. -Problemas meu caro, só problemas.. e viro costas.

Minutos antes uma conversa ao telefone, onde por vezes a coragem é maior, esta frase (um de nós está no sítio errado) deu origem a um convite – pega no carro e vem ter comigo.

Chego a casa e vou preparar um banho não sem antes escolher o meu melhor vestido... Que coloco cuidadosamente em cima da cama depois de também escolher os sapatos a condizer.

Já de roupão vestido resolvo que me vou maquilhar a preceito hoje quero e sinto-me particularmente bonita. Já vestida chegou a hora de me pentear hoje vou fazer uma coisa diferente...

Apetece-me mudar. Prendo o cabelo e deixou uns quantos fios fora do lugar para não parecer muito certinho, brincos pequenos porque vou com o cabelo preso umas gotas de perfume e vualá...

Depois de 30 minutos de viagem chego à fortaleza foi o destino escolhido este restaurante do chincho.

Pelo modo como me olhou senti-me linda. (para não dizer a ultima coca loca do deserto).

Cumprimentamo-nos com um olá e um beijo suave no rosto.

Depois de umas quantas palavras trocadas fizemos o pedido para mim peixe: Salmonete salteado com funcho, boa de milho e fígado de salmonete e azeitonas. Para ele: Perdiz assada com uvas e cogumelos selvagens tudo acompanhado de um bom vinho. 

A música já envolvia o ambiente. Convidou-me para dançar...

Esta noite senti-me no céu com tanta gentileza.Voltamos à mesa e peço desculpa porque me esqueci do telemóvel no carro... -Dois minutos e já volto.

Cá fora respiro fundo e penso em tudo isto... Sorrio sozinha e penso: Sua maluca..

Voltar para dentro...questionei ir ou não!

No entanto, a dúvida já estava instalada e como também não gosto de dar parte fraca, penso fazer a única coisa possível, envio uma mensagem, sob a forma de brincadeira, a pedir a confirmação do que já sabia...”

- Estás à minha espera, ou posso partir?”

Claro que não o fiz.!!

Muito menos ia e assumir até ao fim o que eu sei que começou como uma provocação e brincadeira Não sei se ele esteve à espera muito ou pouco tempo ou se me procurou lá fora...Pensou de certeza que acabei por me acobardar.
A verdade é que se ele soubesse a minha vontade de ir, esta historia tinha sido pura maldade.
Vou mas é trabalhar que a minha imaginação hoje está solta.

 

(Oferta para o (J ...)
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:05


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds