Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Hoje é assim... amanhã logo se vê…

por R.Cheiros, em 07.10.09

Confesso que já estava com saudades do nevoeiro pela manhã do cheiro da terra molhada.. Enfim de renascer de novo…
Este tempo inspira, é quase artístico…
Não é que isso possa interessar alguma coisa a quem passa por aqui, mas estou apaixonada!
Não, também não é a canção dos onda choc aquele grupinho infanto-juvenil que dizia:
«Estou apaixonada
e só penso em ti em cada instante
Eu quero ser o ar que tu respiras,
eu quero ser o pão que te alimenta
blá blá blá »
Também não exageremos… nem tanto ao mar nem tanto à terra… um meio termo já está de bom tamanho..
Até porque me parece que é paixão a mais… e a paixão é uma emoção que muito empolada é a patologia mais grave do amor…
Diz o povo e com razão, a  paixão é algo muito mais passageiro que o amor. Logo isto deve ser amor…! É quase como as pilhas duracel, e dura dura ….
E o que é que o tempo frio tem a ver com o amor?  Ou  com o facto de se estar apaixonado…? Ó se tem…
Existe clima melhor para se trocar mimos? Para namorar na verdadeira acepção da palavra…?
Apetece estar em casa..
Calçar aquelas meias velha que todos guardamos e temos pena de por fora..
Enroscar-se no sofá (bem acompanhado) com uma mantinha
Acender a lareira conversar com um som de fundo fixe , que tal Norah Jones ou Diana Krall..hum?
Até ler um livro ou ver um filme sabe melhor no inverno com uma caneca de café quente.
Um banho com agua quase a escaldar  (acompanhado ou não, fica ou critério de cada um)
E fazer amor, sexo, ou como lhe quiserem chamar...é muito mais saboroso,  com a vantagem de saber que toda a transpiração é do investimento físico...;)
E o acordar… existe melhor coisa que ficar a aproveitar o quentinho dos corpos na ronha com manha, de manhã…???
O tempo frio é infinitamente mais romântico, mais sensual mais apetecível, mais… apaixonante!
Estou a entrar na minha “era” a renascer, com vontade de amar e dizer amo-te,  ("salvo seja" não é que de verão não ame...) mas o tempo frio....é infinitamente mais "quente"...  ou não fosse eu do mês dos gatos…
Hoje estou mais feliz que ontem, amanhã logo se vê…

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:29


«A Vida É Bela»

por R.Cheiros, em 21.12.08

Independentemente de todas as considerações que se possam fazer

«A Vida É Bela»,

1º-Crianças nós somos a vida toda....O que muda são os preços dos brinquedos.

2º-Nunca deixem de ter em mente que o simples facto de existirem já é divertido.


"E como a vida sem m música seria um erro..  cantem…"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:32


Cor! E a tua qual é?

por R.Cheiros, em 03.09.08

 Há uns dias passei os olhos pela seguinte frase:
"A vida tem a cor que a gente a pinta."
Desconheço o autor, embora tenha pesquisado na net (rapidamente, confesso!).
 Independentemente de quem seja, considero uma constatação feliz uma óptima afirmação.
Sempre gostei de cores...E, elas, fez-me lembrar :Querer, escolhas e caminhos...
O que é que todos sem excepção querem? “Ser feliz.”
Uns dizem que a felicidade não existe. Outros que são momentos. E outros ainda têm conceitos de felicidade muito próprios.
No nosso dicionário particular, o termo felicidade pode receber uma infinidade de significados. Ou melhor, o 'ser feliz' está condicionado às expectativas de cada um de nós. Como somos todos complexos, E diferentes  para alguns "ser feliz" não são conceitos facilmente definidos...
Mas penso que a maioria de nós quer é ser feliz. 
'A vida tem a cor que a gente a pinta’.
Esta  frase, vá se lá saber porque, sugere-me que de alguma maneira, somos responsáveis pela 'pintura' de nossa vida. A cor que escolhemos pode ter a ver e de que maneira com a nossa felicidade, alegria, ou tristeza.
A vida é feita de escolhas. Umas certas outras nem tanto. Mas é como uma paleta de cores ... Com grande variedade de opções. Podemos escolher e mudar a cor mais ao nosso agrado.
Eu gosto de uma parafernália de cores. Vários tons...E,acho que tenho aprendido a pintar minha vida com as cores que mais  gosto.

Nem sempre com tons claros ... Mas rapidamente pinto por cima um tom mais agradável...

Eu pessoalmente não sou muito original. Gosto de preto e branco. Mas , segundo Leonardo da Vinci: O branco e o preto não são cores mas extremos da luz. Pois não sei... só sei que gosto.
 (Dizem que Picasso gostava de azul  Van Gogh gostava de amarelo já Monet preferia o vermelho).
Deve ser muito triste, no final desta vida (porque existem outras), apercebermo-nos de que a vida sempre nos permitiu fazer escolhas e inclusive tivemos todas as cores à nossa disposição; todos os pincéis; tintas; guaches; lápis de cor; todo tipo de cores e texturas. Mas que, por um lamentável descuido, deixamos passar a vida sem colorido....
Reparem que até mesmo o arco-íris se permitiu ter cores, enquanto muitos nós, passamos a vida sem o colorido que poderíamos ter...

Na cultura ocidental, as cores podem ter alguns significados, alguns estudiosos afirmam que podem provocar lembranças e sensações às pessoas.

Podia por aqui o significado das cores, mas seria monótono:)

E tu, qual é a cor da tua vida?
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:54


Barbie..

por R.Cheiros, em 07.05.08

Estava eu a ver um desses canais por cabo(Biography)e....

A Barbie está prestes a fazer  50 anos, parece que é a 9 de Março.

Temos que reconhecer que não os aparenta.

Eu, que apesar de quarentona não sou propriamente amiga íntima da "menina"e que não estava portanto, a par da data do seu aniversário natalício, soube da celebração graças à televisão que, empenhados em fazer publicidade à empresa Mattel, não pararam de gabar os predicados da loiraça em que pude ver a Barbie vestida de enfermeira, vestida de exploradora, vestida de vampira ou vestida de Dior.

Como toda a gente sabe, a Barbie dispõe de um guarda-roupa completíssimo que se renova a cada temporada e com os modelos mais pirosos e imagináveis.

A Barbi ostenta umas medidas de top modelo em miniatura, irreproduzíveis na vida real. A empresa Mattel, prevenida por inúmeros estudos da influência que um semelhante modelo de conduta poderia ter no futuro da mentalidade feminina. Alguns psicólogos identificam uma relação estreita entre a cultura Barbie e a anorexia. O fabricante já anunciou que em breve iria proceder-se a uma remodelação da boneca e que na sua nova versão teria medidas mais humanas.

De facto, quando recentemente se tentou construir uma Barbie de tamanho natural destinada a uma das inúmeras exposições que iriam celebrar o aniversário da quarentona, deparou-se aos organizadores um contratempo inesperado: a impossibilidade de a menina se manter de pé.O peso dos seus hiperdesenvolvidos peitorais forçava-a a cair de bruços no chão.

Não é casualidade que a Barbie se tenha convertido num dos ícones mais representativos da sociedade moderna. Inúmeros artistas plásticos de todo o mundo e costureiros brincaram com ela e renderam-se aos seus pés.

 Existem inúmeras exposições que tem como protagonistas o Ken e a Barbie, piscadelas de olho que apresentam outra face da do fenómeno Barbie… Nestas, a vida do casal está longe de se assemelhar à ternurenta e assexuada existência de conto de fadas que a Mattel propõe… Enfim vocês imaginam..:))) São um casal..

A última edição de uma reviste feminina muito conhecida,apresentava várias peças que tinham como protagonista a bonequinha, vestida com uns trajes de poli vinil e couro, maquilhada como uma porta e coberta de correntes. Revelara-se por fim a verdadeira personalidade da Barbie, a sua realidade. Torturadora, matadora e sexy. Eu pessoalmente, gosto mais da sexy Barbie loira pirosa do que da versão(ingénua Barbie).

(Isto tudo para dizer que vou ter outro bébé:))) Adoro ser tia!!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:14


Essa tal felicidade.

por R.Cheiros, em 05.05.08
A FELICIDADE !SABEM O QUE É A FELICIDADE?
   Felicidade é um estado mental, portanto a verdadeira fonte de felicidade reside na mente, não em circunstâncias externas.


Às vezes a Felicidade está onde menos se espera, no lugar onde raramente a procuramos: no nosso dia a dia.

"É claro que vamos chorar e rir nesta vida. Algumas vezes nem vamos  poder ter o que desejamos. Outras, vamos conseguir o que queremos. Mas na verdade, isso é a Felicidade?
Porque a Felicidade pura, integral, ainda não está ao alcance de todos, por mais rico ou poderoso que seja.
Sim, claro que existem os conhecidos momentos de Felicidade: o carro novo, o nascimento do filho, a promoção no trabalho, etc. Todas estas coisas que nos dão aquela sensação inebriante de que tudo está perfeito e que naquele instante até podemos tocar a tão ansiada Felicidade com as mãos. Todas estas coisas também fazem parte da Felicidade, mas apenas são um fragmento dela.
Mas se pararmos para olhar e voltarmos no tempo, veremos que antes desta Felicidade acontecer, passaram se dias e mais dias em que para nós, aparentemente "não aconteceu nada".
Na verdade passaram se dezenas e mais dezenas de momentos que poderiam ter sido felizes, mas que nem prestamos atenção neles para que germinassem e florescessem.
Na realidade, aquilo a que chamamos Felicidade é simplesmente a soma de todos aqueles momentos que pudemos tornar felizes no decorrer da vida, por mais simples que sejam. Óbvio não? Mas não deixa de ser uma verdade.
Mas no dia a dia o que fazemos é ficar à espera do "Momento feliz". Porque ao invés disso não nos acostumamos a fazer o nosso momento feliz? Melhor: fazer momentos felizes, vários deles, todo os dias.
No nosso processo mental, o que normalmente acontece é que sempre  esperamos pela cereja do bolo: engolimos o bolo rapidamente já a pensar na cereja. Ou seja: na verdade não comemos o bolo, não desfrutamos o sabor do bolo, estamos mesmo concentrados na cereja. E quando chega a vez de prová la, ela acaba tão rapidamente quanto apareceu.
E este tipo de comportamento surge no decorrer de toda uma vida: não estudamos no liceu e sim queremos ir para a Universidade. Quando chegamos na Universidade, queremos sair o mais rápido possível e trabalhar. Quando chegamos ao trabalho, queremos a promoção imediata .Nada de anormal nisso: todos queremos ser felizes. Mas no caminho ficaram dias e mais dias que não foram aproveitados para sermos felizes.
Nesta caminhada, não podemos  dar-nos ao luxo de nos esquecer de todos os minutos, horas e dias que simplesmente "jogamos fora". Momentos que não voltarão e que nos lembraremos deles quando formos velhos. E aí sim, pagaremos todo o ouro do mundo para termos este precioso tempo de volta.
Mas não se sinta culpado: isso é apenas questão de preparação, de educar se para detectar estes momentos do quotidiano .Ou seja: o importante não é marcar 10 pontos em um jogo e a seguir perder os demais. Na realidade, quem ganha o campeonato é a equipa que consegue marcar um ponto aqui, outro ali, e na soma final ter a média vencedora.
Permita-se  em  todos os dias de sua vida. Ou pelo menos, tente que a maioria deles sejam vividos plenamente."

(retirei alguns trechos do livro "A Felicidade é Para Poucos" de Danyel Sak)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:07


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds