Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Nada a assinalar o amor é lindo.

por R.Cheiros, em 26.11.08

 

As vezes desejamos que a vida desse mais voltas do que realmente dá as vezes até queríamos que as coisas  mudassem mas continua tudo na mesma. E às vezes não queríamos e depois é nessas alturas que as coisas acontecem e normalmente a uma velocidade espantosa que nos surpreende.

Existem  assuntos daqueles que normalmente nem se falam mas que é tanto mais notório quanto mais se aproxima a altura do natal. Família reunida conversa... E à coisas por de mais evidentes.

Cada um fechado na sua vidinha...O pessoal anda todo um bocado cansado e mal disposto e sempre que se lhes pergunta o que se passa, saltam sempre as lamentações sobre a falta de dinheiro, a falta de tempo e a falta de motivação e falta sempre qualquer coisa e essa coisa que falta justifica o olhar de carneiro mal morto que se fixa em nós à espera que a gente tenha assim a solução para todos os seus problemas na ponta da língua.

 

Fomos jantar ao japonês o que logo à partida me deixou logo assim descorçoada porque o raio é que esta gente tem tendência a embicar para estes sítios que na minha opinião de exótico não tem nada e de suspeito tem tudo...

Peixe cru ... Mas onde é que já se viu? Mas quando se é derrotado por unanimidade não à nada a fazer.

Também não me perguntem que ainda não encontrei uma resposta plausível. Mas a realidade é que quando vamos à casa de banho nós mulheres vamos sempre aos pares. E como não podia deixar de ser foi o que aconteceu, lá fomos as duas.

(Eu)-  Mas foi grave?
(Ela)-  O custume,  auto stop e ..

(Eu) - E como soubeste?
(Ela)-  Estava com ele, agora não tem documentos
(Eu)-  É bem feita, quem sabe com isso abre a pestana
(Ela)-  E pensas que ficou preocupado? nada , minimamente
(Eu) - E agora como é que fazes, quem é que te vai buscar há faculdade? Aquela hora não vens sozinha, ou vens..?
(Ela)-  Isto foi na quarta feira e na quinta apanhei boleia com uma aluna
(Eu)-  Isso não é sistema, como é que vais fazer, já pensas-te nisso?
(Ela)- Não... Nem falo com ele.

(Eu)- Não? mas ainda À pouco vocês...

(Ela)- O indispensavel quanto estamos com outras pessoas

As coisas que se passam e que a gente nem sonha nem desconfia!

Ou até desconfia e faz de contas que não vê..


Gostamos de sonhar com coisas grandiosas grandes paixões, amores românticos. Sonhar com o amor..

Todos nós sem excepção e por muito que se nega um dia sonhamos com o casamento. Ok podem dizer o contrário mas todos nós já o desejamos. Não sei se é importante ou não mas ainda hoje o casamento é sinónimo do culminar de um grande amor. Um dia sonhamos com o amor e acordamos casados..
E o amor é lindo...

Começamos por querer agradar ao outro, trocamos gargalhadas, pensamos na pessoa amada 24 horas por dia, suspiramos.. Queremos que o tempo passe rápido para estarmos juntos, trocamos ideias, planeamos o futuro.... E que futuro!

Os anos vão passando e manter uma relação a dois nem sempre é fácil... Porque como todos nós sabemos a paixão é passageira, não é? Tão passageira e fugas que o dia acaba...  E depois o que é que resta... As vezes uma grande mão cheia de nada...

E é aqui que  a "porca torce o rabo" que é o mesmo que dizer que é aqui que a coisa "toca mais fino"... Ou que existem a "separação das aguas.."

A vida é tramada e não é só facilidades, tá bem tá, era bom que assim fosse mas vão surgindo sempre obstáculos e para manter o casamento seguir em frente tem que ter uma grande dose de companheirismo, um pedaço de cumplicidade, uma grande amizade e amor muito amor e principalmente inteligência para ceder quando é preciso para saber ouvir ou para saber dizer não. Não quando chega a hora de perceber  que  não há volta a dar.

O tempo passa a relação fica monótona e desgasta-se e nenhum dos dois tem coragem ou vontade de para tentar melhorar ou seguir cada um o seu rumo.

Porque..? Pois eu não sei explicar ... Vergonha? preconceito ? Está provado que não resta mais nada..
Na vida tudo acaba, é ou não é? Então como é que se consegue manter um casamento de aparências e se vive nesta inércia quase indiferente?

 

 O jantar lá decorria estranhamente com conversas cheias de metáforas...

Eu definitivamente não gosto de (sushi) não sabe a nada... É desenxabido.

Ora o problema destas belas metáforas é que ninguém provavelmente entenderá o que querem dizer só mesmo dois dos intervenientes que estão há mesa.

A única coisa que lhe consigo dizer é que a maior parte das vezes as pessoas sofrem por haver uma enorme falta de comunicação. Não culpo nenhum dos dois. As vezes acho que os homens não entendem as mulheres, nem elas a eles, e às tantas preferem nem tentar não fazem o mínimo esforço.
 A gente preocupa-se com o trabalho e chateia que chegue, com os ordenados que parece que encolhem, com os filhos que nos ocupam o tempo e que nos carregam de angústias e de receios pelo seu futuro  e depois sobra pouco tempo para pensarmos que nós também somos importantes e temos sentimentos e desejos e vontades!


(Eu)-  Credo parece que estamos num velório... Eu sei que o comer não é lá aquelas coisas.. Mas foi escolha vossa e não leva ninguém as lágrimas, certo? Cruzes que desconsolo..
Mau...deixa-me estar calada porque existem trocas de olhares fulminantes.. matam mais que uma caçadeira de canos serrados..
Mas não resisto...

(Eu)- ai ai o amor é lindo, vocês não acham?
(Ele dela)- Minha cara quando um homem sente que só é bom porque paga as contas, e que a mulher "participa" no sexo apenas para cumprir calendário, então começa, também, a sentir que está ali a mais.

(Ela) -para dançar o tango são precisos dois, no sexo é igual. E tu ainda sabes o que isso é?

Eu sei que as vezes sou de uma sensibilidade... Uma subtileza arrepiante e não resisti...

(Eu )- Mas vocês já não...?
Ainda me dói a canela do chute que levei por baixo da mesa. Mas o "meu mais que tudo" esta vai pagar com juros... Ou lá se vai... !


E agora eu pergunto o que é que leva alguém a manter um casamento assim?
Existem casamentos de conveniência porque fica bem aos olhos dos outros?
Ora o que me espanta mais a mim é que o pessoal continua a arrastar-se como se amanhã não existisse mas, como se fosse um ritual.
E o amor? Por onde para o amor?

 

Já cá fora..

(Eu )- porque...? Tens o apoio de todos porque insistes nisto?

(Ela)- É o meu marido o pai da minha filha...

 

 Se fosse assim tão simples dizer o que se passa pela cabeça das mulheres e quais são as suas mais secretas e íntimas vontades então éramos todos muito mais felizes e os casamentos duravam para sempre… Infelizmente cada caso é um caso e as mulheres são todas tão diferentes que cada uma é como se fosse um puzzle daqueles bem complicados que nunca se conseguem terminar.
Só me apetece dizer: Ai se fosse comigo..

 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:11


Carta ao pai natal

por R.Cheiros, em 13.11.08

 
Não sei se o velhote lá da Lapónia aquele das barbas brancas, já está receptivo a encomendas cartas e afins.
Mas pelo sim pelo não e também com a crise que por ai vai não vá o diabo tece-las e resulte em negas para os últimos a pedir... Por isso deixo-lhe desde já a minha humilde e despretensiosa listinha do que quero para este natal. É que gosto de ser despachadinha. Portanto aqui vai.
 
Querido Pai Natal,
Este ano fui uma menina muito boazinha ou talvez não, mas isso agora também não interessa nada., afinal todos temos as nossas falhas.
Eu sei que não nos conhecemos de lado nenhum...portanto,  vou-me deixar de  lenga lenga  conversa fiada  e facilitar a coisa...  
Deixo aqui a minha listinha organizada e bem arrumadinha. Espero não estar a pedir de mais, mas caso surja qualquer dúvida na identificação dos bens só tens que me contactar....
Possivelmente o que me ficava bem dizer é que não sou materialista não ligo a bens materiais etc etc etc. Que só desejo paz no mundo acabar com a fome acabar com a guerra e viver em amor blá blá blá. (Parece o refrão do Duo Ouro Negro)
Mas como sei que é isso que toda a gente sem excepção te vai pedir, porque são todos muito solidários e bonzinhos e também não te quero sobrecarregar com essa mesma ladainha optei então por ser "materialista"

Estas coisitas que te vou pedir é só mesmo porque tenho que receber alguma coisa pelo natal..


Sem ordem de importância…
- Resistir a pastéis de nata... (Não me empanturrar)
- Que venham mais 27 (daquilo)e podem ser iguais aos últimos
- Que a minha vida se não melhorar também não pior .. (Tem sido generosa comigo)
- Que o meu filho desista do sonho africano
- Que consiga fazer arroz doce no ponto (Nunca acerto)
- Que o meu "mais que tudo"deixe de ser tão perfeccionista (Dá-me cabo dos nervos)
- Que não volte a ter um ataque de nervos sempre que a minha mãe me liga a fazer queixinhas...
- Que os meus gatos deixem de perder pelo... (Já não sei o que fazer)
- Controlar a minha impaciência com os outros

- Que me torne menos consumista ou pelo menos que as botas custem abaixo de 100€
- Que consiga deixar de fumar
- Descobrir quem é o filho da mãe do vizinho que despeja a publicidade da caixa dele para a minha.
- Aprender a pedir desculpa quando for caso disso
- Descobrir uma formula de não perder as chaves do carro constantemente 
- Que o estado me deixe cumprir os meus compromissos (Pagando o que deve as empresas)
- Controlar a minha teimosia e orgulho muitas vezes despropositado

- Acordar de bom humor que se consiga falar comigo nos primeiros 60 minutos depois de acordar
- Um milagre para que a roupa se passa a ferro sozinha
- Deixar de ser tão impulsiva, pensar mais antes de falar...
- Não falar demais, ser menos prepotente e não me irritar com facilidade com os  outros...

- Que o bem que os meus amigos me desejam recebam em dobro
- Que todo o mal que me desejam se triplique nas vidas deles (Esta é a minha parte generosa a falar)


O restante pode ser distribuído por Cd De filmes Dvd de música e livros. E já agora se não for pedir muito que o Sporting seja campeão.

 

E como em toda a carta que se preze existe um (PS) aqui fica o meu

 

PS: Mais três coisitas sem importância nenhuma, o euromilhões porque o dinheiro ajuda um bocado, a minha viagem ao Tibete que está prometida há que tempos... E já agora saúde e amor que dá sempre jeito... 

E faz lá a vontade aos outros todos com a paz no mundo!!!!

 

Saudações natalícias
E até breve.

R.Cheiros

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:44


Cor! E a tua qual é?

por R.Cheiros, em 03.09.08

 Há uns dias passei os olhos pela seguinte frase:
"A vida tem a cor que a gente a pinta."
Desconheço o autor, embora tenha pesquisado na net (rapidamente, confesso!).
 Independentemente de quem seja, considero uma constatação feliz uma óptima afirmação.
Sempre gostei de cores...E, elas, fez-me lembrar :Querer, escolhas e caminhos...
O que é que todos sem excepção querem? “Ser feliz.”
Uns dizem que a felicidade não existe. Outros que são momentos. E outros ainda têm conceitos de felicidade muito próprios.
No nosso dicionário particular, o termo felicidade pode receber uma infinidade de significados. Ou melhor, o 'ser feliz' está condicionado às expectativas de cada um de nós. Como somos todos complexos, E diferentes  para alguns "ser feliz" não são conceitos facilmente definidos...
Mas penso que a maioria de nós quer é ser feliz. 
'A vida tem a cor que a gente a pinta’.
Esta  frase, vá se lá saber porque, sugere-me que de alguma maneira, somos responsáveis pela 'pintura' de nossa vida. A cor que escolhemos pode ter a ver e de que maneira com a nossa felicidade, alegria, ou tristeza.
A vida é feita de escolhas. Umas certas outras nem tanto. Mas é como uma paleta de cores ... Com grande variedade de opções. Podemos escolher e mudar a cor mais ao nosso agrado.
Eu gosto de uma parafernália de cores. Vários tons...E,acho que tenho aprendido a pintar minha vida com as cores que mais  gosto.

Nem sempre com tons claros ... Mas rapidamente pinto por cima um tom mais agradável...

Eu pessoalmente não sou muito original. Gosto de preto e branco. Mas , segundo Leonardo da Vinci: O branco e o preto não são cores mas extremos da luz. Pois não sei... só sei que gosto.
 (Dizem que Picasso gostava de azul  Van Gogh gostava de amarelo já Monet preferia o vermelho).
Deve ser muito triste, no final desta vida (porque existem outras), apercebermo-nos de que a vida sempre nos permitiu fazer escolhas e inclusive tivemos todas as cores à nossa disposição; todos os pincéis; tintas; guaches; lápis de cor; todo tipo de cores e texturas. Mas que, por um lamentável descuido, deixamos passar a vida sem colorido....
Reparem que até mesmo o arco-íris se permitiu ter cores, enquanto muitos nós, passamos a vida sem o colorido que poderíamos ter...

Na cultura ocidental, as cores podem ter alguns significados, alguns estudiosos afirmam que podem provocar lembranças e sensações às pessoas.

Podia por aqui o significado das cores, mas seria monótono:)

E tu, qual é a cor da tua vida?
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:54


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds