Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A vida segue lá fora.

por R.Cheiros, em 29.05.08

Sinto que ando a trabalhar de mais, hoje já levo sete  horas de trabalho, e para que...

Sou sempre a última a sair e a primeira a chegar, não sei se é uma forma de fugir dos pensamentos e ideias loucas.

Hoje sinto-me estranha, café e cigarros atrás de cigarros.(aqui ainda se pode fumar)

À minha secretária, parece a de um gabinete de conselho de guerra onde se vai decidir o futuro da humanidade.

A confusão é total sinto-me prestes a desmaiar sem saber para onde me virar, que mariquice é esta.....?)

 A minha visão está nítida, vejo isto tudo mas recuso-me a mexer nesta papelada a vontade está ausente, o meu pensamento anda sabe deus onde.

Encosto-me para trás, fecho os olhos, concentro-me nos meus pensamentos (penso em começar a trabalhar) decido que não prefiro ficar quieta).

Nunca perco a consciência do que me rodeia, mas estou intensamente centrada sobre mim própria com pensamentos bizarros (nunca deixo de saber onde estou ou de me aperceber do som que sai do radio).

Sinto-me tonta, faço perguntas a mim própria, será do fumo  do gabinete? queres ver que o cigarro era um charro ..lol

Agora cinco minutos depois não sei o que foi isto... Agora sinto-me bem, mas não consigo concentrar-me no que estou a fazer. 

Olho para o meu trabalho, não reconheço as páginas do catalogo  que estou a editar! Viro páginas para a frente e para trás, mas não consigo perceber o que estou exactamente a fazer, o objectivo principal. É claro que tenho que parar um bocado. 

Pela janela vejo o sol lá fora, o dia está bonito e eu aqui fechada. Sinto vontade de sair, ir para a rua, pegar no carro e sair em destino. 

Tenho-me perguntado várias vezes, porque? Porque é que ando nesta lufa-lufa, nesta correria desenfreada? 

Será que me falta  imaginação para a vida. ...? 

Sinto-me a começar a falhar em todas as frentes, não sei o que se passa comigo nunca fui assim, de baixar os braços! Algum interesse haverá nisto "tudo" se estou aqui... 

Nesta altura é hora de parar e pergunto-me porque estou com divagações sobre o...... trabalho:)

A vida esta lá fora a sorrir para mim... E eu tenho a maior das dádivas estou viva. 

Que se lixe o resto. Vou sair e apanhar um bocado de ar e sol, quem sabe o que esta tarde ainda me  reserva... 

(Para começar vou almoçar, depois seja o que deus quiser....)

Apetece-me rir, conversar, namorar, fazer amor... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:30


solidão

por R.Cheiros, em 20.05.08

Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo...
Isto é carência!
Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar...
Isto é saudade!
Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes para realinhar os pensamentos...
Isto é equilíbrio!
Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente...
Isto é um princípio da natureza!
Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado...
Isto é circunstância!
Solidão é muito mais do que isto...
SOLIDÃO é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma

a:...


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:20


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D