Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Era uma vez um blogue...

por R.Cheiros, em 07.03.09

Isto dos blogues tem muito que se lhe diga… ou se têm!
Quando comecei o ” ramo de cheiros “ nunca pensei que durasse tanto tempo. Mas entretanto tomei-lhe o gosto, diverte-me aquilo que vou escrevendo .

Aqui entre nós isto  pode ser  um óptimo  antídoto contra o stress e fica sem duvida mais barato que antidepressivos ou consultas em psicólogos.  

 

O lema desde o inicio, foi e é escrever sobre o que me passa pela cabeça sem me preocupar se alguém vem ler ou não. Também não faço “estudos de mercado “para saber que temas se querem ler…

Blogues ,vou lendo muitos alguns. Uns muito bons, outros assim assim e também muita porcaria. Isto na minha opinião claro. 

 Comentário faço muito poucos ( o tempo também não é muito e é gasto a escrever estas patacoadas) mas os poucos que faço, concordando ou não, com o que está escrito, posso dar a minha opinião nem sempre de encontro ao que pensa quem escreve mas nunca ofendi ninguém. (ou se o fiz, que o digam..)

 

Eu começo a achar que o "ramos de cheiros" é um grande blogue ou quiçá o melhor dos melhores..

Não, modesta nunca fui, e agora muito menos… A ver pelos numero de fãs que estou a arranja só  pode ser pela qualidade do blogue… Claro que também pode ser por mim. Afinal sou muito interessante....

Não é à toa que o meu nome próprio é bonita o do meio linda e o sobrenome fantástica..

 

Todo este blá blá blá já me começa a dar vontade de rir..

Tenho uma amiga minha que fez uma pesquisa em psicologia, mas eu juro, por todos os santinhos, que não estou a defender nenhuma tese para educadora de infância muito menos em psiquiatria.

Também não gosto de vermelho é uma cor que nunca uso fica-me mal ao tom de pele. Então porque raio vêem marrar comigo?????

Se o que escrevo incomoda vêm porquê…?

 

Começo a ficar um bocadinho farta deste tipo de anormalidades, por isso ...

 

 

"Á fulaninha dos comentários"
Excelentíssima senhora dona anónima ;
Sugiro que fale com alguém que conheça dessas coisas da psiquiatria, frustrações e afins  que não eu. É claro que a minha paciência em relação a si já se esgotou, e arranje um local próprio para escrever essas balelas e teorias da tanga que tanto gosta de despejar aqui  para o meu sítio! E olhe que isto não é nenhum caixote de lixo virtual! Sim, porque se fosse o nome do espaço seria “Caixote de Lixo Virtual” e não “ramo de cheiros” está a compreender?!

 

Aqui há dias fiz um post: Viver e deixar viver ( Cada qual sabe as linhas com que se cose)

E a minha fã, que julgo não seja a numero 1, porque são varias … deixou-me o seguinte comentário:

(Isto é apenas uma pequena amostra dos mimos que recebo)

 

Desconhecido (IP: 85.244.150.246) disse sobre Viver e deixar viver ( Cada qual sabe as linhas com que se cose) na Sexta-feira, 6 de Março de 2009 às 00:26:  

hum menina.. axo q o titulo q deste ao post se deve aplicar a ti propria: "vive e deixa viver". cada um tem o direito de fazer o q lhe dá na real gana desde q n intrefira na liberdade de outrem...e sim...tu tambem tens o direito de dar opiniao pois es livre tal como todos nos...embora sempre pudesses dar opinioes sobre temas mais enriquecedores, e falar sobre algo mais construtivo do que os gostos alheios.
ah! e eu tenho 22 anos nao sou nenhuma quarentona com tesao, apaixonada ou a amar ng de 20...mas e se fosse??? deveria ser optimo, é sempre taooo bommm :) va descarrega as tuas frustraçoes em cima de mim que eu posso bem com elas e deixa os outros em paz
sei perfeitamente q nao vais aceitar este comment...mas enfim...espero ao menos q o leias, para nao continuares a fazer figura de frustrada (oops axo q exagerei agora :)
Caty.””

 

Claro que lhe respondi , sou educada!

 

"Ramo de Cheiros"
Olá e muito bom dia.

Aqui não se respondem a comentário anónimos, mas para ti que és uma simpatia vou abrir uma excepção;)

Existem coisas fantásticas, não é…?
Imagina tu que eu estava a pensar não escrever mais no blogue, mas o teu comentário aguçou-me o apetite… nunca fui mulher de virar as costas a um “desafio” também não gosto de pessoas cheias de certezas… e como podes ver o teu comentário está aqui.

Começo por te agradecer o menina, gracias.

Tens toda a razão, este post aplica-se a mim própria, onde é que está a dúvida??
Pensei que era evidente… aplica-se porque é a minha opinião e o que penso sobre o assunto.

Tenho que volta a concordar contigo: Cada um é livre de fazer o que lhe dá na real gana desde que não interfira com a liberdade dos outros. E fico muito mais descansada agora que dizes que sou livre e posso dar a minha opinião. Acho que foi o que fiz, não te parece?

Bom mas eu vou escrever devagarinho (como se tu fosses muito burra ) para que possas entender. 
O que me parece que interfere com a liberdade dos outros são pessoazinhas como tu que não sabem expressar ideias e pontos de vista e partem para o ataque gratuito. Mas entendo as tuas limitações … é por isso e só por isso te dou um desconto.

Quanto ao tema ser ou não enriquecedor e construtivo .. Bom, não estive a fazer um estudo de mercado para avaliar os temas que se querem ler. Mas este parece que mexeu contigo… a ver pelo “tom” do teu comentário.:)

Será que estas apaixonada por alguém mais velho…? A ser verdade tinha pena do “infeliz” aturar uma infantiloide deve ser dose..!

Mas vamos lá a parte que interessa;)

Uma quarentona com ( tesão).. Não que seja da tua conta, mas é verdade, ainda tenho tesão imagina tu…. Mas é bom não é?

E sim também ainda estou apaixona, não por alguém de (20) porque a ver pela amostra do que é a tua geração estava bem trama… são todos tão básicos como tu?


Mas tens a certeza que tens 22 anos?
(estive quase para chamar a minha sobrinha que tem 8 anos para conseguir decifrar este teu comentário visto que a linguagem é aproximada “axo”)

Espero que tenhas ficado esclarecida quanto as minhas “frustrações” mas se te ficaram duvidas podes sempre voltar que eu faço-te um (desenho) . Não respondo a comentário anónimos mas para ti abro sempre uma excepção.

Não exageraste nada…
Beijinhos Caty.

PS:Volta sempre, não te acanhes… ( quem sabe aprendes alguma coisa)

 

Catarina (IP: 85.243.210.191) disse sobre Presunção e água benta cada um toma a que quer no Sábado, 7 de Março de 2009 às 01:12:


lol... realmente foi mesmo conversa de quarentona frustrada...mas assim é melhor, como ja tinha dito, podes descarregar em mim que posso bem com elas.
Esta tipa sou eu: Catarina Taborda da Silva Cunha, moro em paredes e tenho uma linda filha, um lindo namorado e uma linda merda de vida. nem sei porque estou a dizer isto..tu tens informaçao detalhada sobre mim ate deves saber o que comi ao almoço. Bem.. quem me dera chegar a tua idade e estar contente simplesmente porque acho q eduquei bem minha filha (seja ela ou nao feliz) e porque me sinto com a moral de criticar quem é feliz de maneira diferente daquela que eu concebo. aii quem me dera chegar a tua idade e poder dizer: "a juventude esta perdida".. ía me dar cá um gostinho, um sentimento de importancia que tanto me iria amaciar o ego...lol. mais alguma coisa?

 

 

"Ramo de Cheiros"

Olá Catarina

Quarentona frustrada que mexe com o teu imaginário, não? é que não te chamei para aqui e tu voltas sempre…

Não havia necessidade de teres dito que tens uma grande merda de vida. Isso minha querida, nota-se pela tua forma de estar na vida. Um lindo namorado que pelos visto a esta hora da noite ( que fizeste o comentário) deve estar a passar o tempo com alguém com uma cabeça mais saudável do que a tua..

Começo a achar que o realmente te anda a fazer falta é um namorado... Uma boa (queca) e uns bons amassos... Não é nada saudavel na tu idade estar aquia  perder tempo com isto..

Normalmente as mulheres mal (fodias ) destilam o fel por todo o lado:)))

O mal de muitas mãe e pais deste pais é PENSAREM  isso mesmo, que educaram bem os filhos (sejam  eles ou não felizes) ó “lerdinha” ainda não percebeste que a educação da tua filha só será bem feita se ela for feliz…

A ultima parte da juventude perdida e ego amaciado sinceramente não percebi.. tens a certezas que tomas-te os comprimidos a horas, hum..?

Perguntas-me se mais alguma coisa? Eu então aqui respondo-te á tua frase:

(eu nem sei porque te estou a dizer isto tudo..)

Estás a dizer isto tudo porque deves ser uma pessoa tremendamente infeliz e de mal com a vida.

 

  Desconhecido (IP: 85.243.210.191) disse sobre Viver e deixar viver ( Cada qual sabe as linhas com que se cose) no Sábado, 7 de Março de 2009 às 01:20:  

 

normalmente o que nao nos afecta, ignoramos...explica-me la como se eu fosse(q pmais

normalmente o que nao nos afecta, ignoramos...explica-me la como se eu fosse(q pelos vistos sou) muito burra, porque é q ficas-te taaaoooo "picada" por uma anormal de 22 anos q parece nem ter 8 e pelos vistos precisa de saber q ainda tens tesao lol. no comment. para a tua idade podiass te deixar afectar por coisas algo mais...inteligentes llol. ah "bora la minha tesuda" amandar mais insultos a esta parvalhona que esta a adorar a conversa.
li algures "processo judicial"... venha ele q é para eu me rir mais um bocadito. ai como adoro isto :)
quando é q vais postar algo que critique os homosexuais? ou eles nao mexem tanto ctg como os amigos do teu filho? lol...

 

"Ramo de Cheiros"

Afectou-te o meu post?

Pelos vistos sim.. Para te dares ao trabalho de passares as tuas noites ( que devem ser pouco interessantes) nisto.

Nunca ignoro ninguém que se dirige directamente a mim , que foi o teu caso.

Anormal tu própria te chamas, eu não diria tanto só que tens um ligeiro desvio de comportamento. Quanto a insultos não os esperes de mim, sou uma pessoa bastante educada. Mas se descer ao teu nível não tarda nadinha mando-te para o caralho com todas as letras.

Processo judicial? Não me digas que me vais processar.. é outras das tuas graças?

Ora ora, não me desiludas… Preconceitos ,é...?? Porque deveria eu criticar os homossexuais não me dizes?

Vou-te contar um segredo mas só a ti…Eu sou lésbica.! Hum.. mas já  descortinei..  Descobriste que sou quarentona, tesuda e agora estás a mandar-te a mim.. ! Querida desiste és vulgar de mais.

Quanto aos amigos do meu filho são de certo mais inteligentes do que tu e olha que alguns tem a tua idade.

 

Desconhecido (IP: 85.243.210.191) disse sobre Viver e deixar viver ( Cada qual sabe as linhas com que se cose) no Sábado, 7 de Março de 2009 às 01:22:    


ah! e so deixo comments anonimos porque nao tenho tempo para me andar a preocupar com bloguinhos e bloguetas. mais q fazer..prefiro ler a exposiçao alheia do que me expor alheiamente, se é q m fiz entender.
caty
  

"Ramo de Cheiros"
 Ai caty , eu bem tento entender, mas sabes que não consigo?
Admito que a culpa deve ser minha, a idade já não é o que era..

Também não estou habituada a lidar com pessoas tão “inteligentes” como tu..
Para quem não tem tempo dás-te ao trabalho de vir constantemente ao meu blogue e de deixar não 1 nem 2 comentários seguidos mas sim 3. Não tens mais o que fazer menina??
Queres maior exposição que está… ?
Pronto se querias tempo de antena e tomar conta do meu blogue aqui está.
Boa noite.

 

Na minha terra existe um ditado que diz que a primeira tem graça a segunda já é chalaça.. Mas À terceira .quarta ,quinta e por ai fora já me começa a dar nos nervos...

Também podia não liga, simplesmente ignorar... Mas acho que esta (coisa) merece pelo menos uma "notazinha" e eu até estava sem ideias para escrever um post...

 

Espero que agora entendas, (sejas tu quem fores) quanto ridícula/o és.

 

publicado às 21:31


Vamos lá por os pontos nos (is)

por R.Cheiros, em 19.02.09

 

Eu sou uma alma pacata. Só quero é paz e sossego (deve ser da idade)e quem me conhece, sabe que sou uma pessoa frontal que não gosto de fazer “fretes “. E se as vezes extravaso é porque não sou pior nem melhor do que ninguém … existem “merdices” com que não compactuo. Gosto de rir de “brincar”mas há limites, claro!  Posso ser muito míope mas há sapos que não engulo ,linhas que não ultrapasso apesar de algumas vezes sentir que estou prestes a pisar o risco… tenho sempre em conta duas coisas: 1ª não ultrapassar os meus limites, 2º não interferir directamente com ninguém. Mas há coisas que não procuramos e nos perseguem… irra !

 

Parece-me que há pessoas, que gostam de se fazer de vitimas. E eu até acho que o fazem bem em certas circunstancias apelarem ao nosso lado sensível (também já fui acusada de não o ter)mas fazerem-no de forma continuada a coisa começa a perder a piada.  Se existe coisa que me irrita são pessoas que passam a vida em bicos de pés e aos saltinhos a dizer : (eu estou aqui). Andar sempre a lamuriar-se pelos cantos  a vida nem avança.. credo.E eu como não sou mulher de me ficar em lamentos muito tempo ou de me fazer de coitadinha muito menos de palavras de circunstancia ou de passar a mão pelo “pelo” de ninguém só para agradar  ando um bocado ocupada com uns pensamentos inócuos e desprovidos de qualquer relevância como outros quaisquer mas que me merecem estas palavritas.

 

Aqui há uns tempos lembrei-me de fazer um blogue, e porque não…pareceu-me uma ideia engraçada e uma forma de dizer alguns disparates que de vez em quanto me povoam a alma. Sim, porque eu, ao contrário de algumas pessoas tenho a noção e consciência que digo muitos disparates. Como não sou especialista em nada nem entendida em coisa nenhuma, nem tenho pretensões a ser escritora (até porque o meu “negocio” é mais números do que letras, como já deu para notar..)fui começando a escrever aqui umas patacoadas e parece que alguns foram lendo… ora com isto tudo fui-me dando conta que ando nisto dos blogues há quase um ano.

 

Mas enfim, continuando aqui a minha linha de pensamento, porque isso do tempo agora não interessa nada. Uma coisa que me deixava baralhada de inicio era as “amizades”, ora julgava eu que aqui nos blogues existia tipo de uma confraria onde todos eram amigos e se conheciam tal era o tratamento. A facilidade com que utilizava a palavra (amiga/o) surpreendeu-me mas aos  pouco e poucos fui começando a entender o espírito da “coisa” e como sempre ouvi dizer que em Roma sê romano e que se não os poderes venceres junta-te a eles… também eu a comecei a utilizar mas com algumas restrições, confesso. Até porque há que separar o “trigo do joio “ e embora a palavra amizade seja bonita, não é meu amigo quem quer ou quem comigo troca meia dúzia de palavras e não conheço de lado nenhum.

 

Não nego que possam existir afinidades entre algumas pessoas que nos comentam que existam semelhanças de pensamentos e formas idênticas de estar na vida. Mas dai a dizer que somos amigos existe uma diferença anos luz.. entendo a  amizade  como algo mais abrangente do que trocar galhardetes nos comentários. Valorizo de mais os meus amigos e as minhas amizades para que meia  dúzia de palavras trocadas  sejam o suficiente para os considerar amigos , mas cada um tem o seu conceito de amizade .

 

Em todos os blogues ( julgo eu) existe nos comentários uma opção que nos possibilita escolher quem nos comenta, exp: todos, só amigos, ninguém ou ainda seleccionar os que queremos aceitar ou não.

É uma questão de escolha.  Quem tem os comentários sem moderação sujeita-se….

Não é meu habito ser mal educada com ninguém, muito menos me considero uma pessoa mal formada, mas há determinadas pessoas que não sabem lidar  com opiniões divergentes das suas…( e os comentários não são isso mesmo, opiniões..?) que só os entendem  como válidos se forem de encontro ao seus próprios  pensamentos e desejos., enfim… maus fígados.

 

Uma coisa é certa, quem não quer os comentários só tem de os apagar. Não percebo como é que certas pessoas se arrogam o direito de opinar sobre os outros de forma pejorativa e chegar ao ponto de fazer um post a mencionar a pessoa (y) ou( x). Será que é porque a sua própria vida lhes corre tão mal ,é tão desinteressante ou tão pobre de acontecimentos ,que tem que vir procurar adrenalina a falar dos outros?

Não dou esse direito a ninguém! E se apenas se limitassem a coisa reais… O pior é que a maioria das vezes, escrevem aquilo em que (acreditam) ou faz força para que seja verdade… ( eu nunca acusei ninguém de nada fui mal educada  ou magoei seja quem for propositadamente)  mas agora não posso deixar de chamar mentirosa com todas as letras a quem me enviou um comentário que dizia o seguinte:

(É lamentável a não publicação da minha resposta. Fica lá com a última - e é mesmo a última - palavra, se é assim tão importante.)
Este comentário é mentiroso porque nunca deixei de publicar nenhuma resposta desta pessoa.


Agora se vêem ao meu blogue ou não, é para o lado que eu durmo melhor. Se me comentam, idem…nunca para cá chamei ninguém e não ando por ai de blogue em blogue a comentar para ter também comentários a pedir prémios ou destaques… comento os que me apetece e quando me apetece .


Já perdi muito mais tempo do que devia com esta “bosta” de assunto. Mas não sou Maria vai com as outras e  muito menos gosto de deixar coisas mal esclarecidas .


Porque é que é tão complicado perceber o que se passa na cabeça duma mulher? Se calhar é igual nos homens mas da minha limitadíssima experiência estou em crer que as mulheres complicam o que os homens simplificam.

 

Espero mas uma vez não ter ofendido ou ferido susceptibilidades.. Mas se aconteceu, olha temos pena... a vida é mesmo assim e não fui eu que a fiz.

 

publicado às 11:24


Sacerdotes, Freiras e Sexo

por R.Cheiros, em 06.01.09

 Sim, foi exactamente o que leu! Poderia ser o nome de um filme, talvez o seguidor do ‘Instinto Fatal’ ou do ‘Nove Semanas e Meia’, mas a realidade nada tem a ver com os jogos de prazer que neles assistimos.

 

A realidade pecaminosa da Igreja é bem negra, tão negra como os casos que todos os dias saltam à vista do comum cidadão acerca de violações. As violações chegaram também ao mundo da fé, do pecado, do pudor disfarçado e da pseudo castidade. Desde o início dos anos 90 que são conhecidos casos de padres que violam as freiras. Fazem-no porque, imagine-se, têm receio de ir às prostitutas e serem contaminados com Sida. Mas, não era a igreja, ou será que isto aconteceu em outra encarnação minha, que tanto condenava o pecado da carne? O sexo antes do casamento? Então e o aborto?

 

Os casos de abusos sexuais são cada vez mais frequentes. As freiras têm estado a ser vítimas dos mais variados abusos sexuais, e muitas delas já chegaram mesmo a ter que fazer abortos. Será a Igreja uma casa de valores morais sagrados ou a sociedade limita-se a imitá-la? Então de quem será o pecado, de nós ou deles? De facto, este tipo de situações é mais uma nódoa negra para a roupagem tão pura e virgem da Igreja. Sim, é natural que os sacerdotes tenham os seus instintos, mas se apelam aos jovens para os combaterem como é que aqueles o fazem? (Talvez seja por isso que 20 freiras tenham aparecido grávidas ao mesmo tempo, julgo que em África). Afinal, a fé não é assim tanta e nem consegue demover os prazeres da carne como a Bíblia, ingenuamente, declara!

 

O mais bizarro em toda esta máscara de fé religiosa, ou melhor carnal, é que todos os actos de violação por parte de padres do mundo inteiro têm estado a ser minimizados. Os altos cargos da Igreja do mundo inteiro acabaram por encontrar alguma situações fora do comum, após investigações, mas nada de maior ou que merecesse uma punição (E a castração não seria uma boa solução?). Decididamente, até a Igreja se deixou corromper por esta vaga de abusos sexuais e violações que têm estado a assolar o mundo. Mas, será que as pessoas não sabem que ‘essas coisas’ devem ser feitas com um consentimento mútuo? (ou será que isso não vem na Bíblia e nem nos manuais do catolicismo?). E, se a vontade é assim tão grande fiquem a saber que existem preservativos! Sim, esses mesmo que dizem ser sinónimo de pecado! Afinal, não eram os representantes de Deus que deviam dar uma conduta moral correcta aos cidadãos, e acabam por fazer exactamente o mais degradante e repugnante que encontramos no mundo sexual? Então, vivam os preservativos, as pílulas e todos os outros métodos contraceptivos!

 

Por isso, e a partir de agora que sabemos que já nem os padres são de confiança, acautele-se! Ir à igreja com umas vestes menos conservadoras, uma mini saia ou um decote bem avantajado, pode ser um atentado à saciedade sexual do Sr. Prior. E, se de repente, enquanto se está a confessar ele a seduz? Aconselhamos também as pessoas mais idosas a terem cuidado, pois os violadores não estão somente nas ruas, mas também nas casas de Deus! E, mais cedo do que julga, podem revelar-se no nosso país, se é que já não se revelaram! Se eles tiverem uma fantasia sexual bem aberrante, daquelas inconcebíveis para a sua formação e educação pessoal, não hesite! É a palavra de Deus que está em jogo, e a ela se deve a máxima fidelidade! Por muito cruel que julguem que possa estar a ser, acreditem que os casos de violência sexual de sacerdotes a freiras e raparigas acabadas de chegar à pratica religiosa ou, devo dizer antes, à prática do sexo, abrange cerca de 23 países do mundo inteiro. E, o que fazer a estes devoradores sexuais? Nada! Nada porque as entidades ou personalidades que tinham autoridade para agir ficam silenciosas e inactivas! Bom para o prazer desses seres repugnantes, mau para as freiras que perderam o descanso e a paz que esperavam encontrar na fé.

 

Qualquer pessoa com o mínimo de bom senso e sensibilidade fica estupefacta, tal como eu fiquei, ao tomar conhecimento de todos estes dados noticiados pelo Diário de Notícias. De início, julguei que podia ser uma brincadeira, de péssimo mau gosto, diga-se de passagem, mas como os seres humanos, padres ou não, têm as suas perturbações psíquicas e disfunções mentais é inevitável pensar que os representantes de Deus não podiam ser excepção. Infelizmente, e ao contrário das situações habituais, o processo e a forma de tratamento destes casos não é punível para os membros da Igreja. Embora seja em África que estes membros, encarregados de espalhar a fé, e um pouco mais, têm mais dificuldade em cumprir o celibato, a situação já atingiu a Europa e muitos outros países. Ao todo recorde-se que são cerca de 23 países! Coisa pouca, sem dúvida, para quem se julgava ser o expoente máximo da moral, conduta viável e boa fé. Pelo menos a intenção era essa, ou perceberíamos nós outra coisa?

 

A comunidade religiosa devia estar de luto, reflectir sobre os ideais que os move e os actos cometidos, não só agora como desde a época em que a crença na fé parecia ser cega. Não só a sociedade precisa de uma nova consciência, como também aqueles que apelam à paz e equilíbrio da mesma. E, como até esses parecem estar um pouco distantes da boa conduta e daquilo que deve ser o respeito pelo ser humano, aconselho a uma reformulação completa da Igreja e dos seus hábitos sexuais. Parece que um filme do género ‘Do Cabaret para o Convento’, que tanta polémica gerou, não é nada comparado com as atrocidades que se verificam pelos caminhos da Fé. Se calhar ‘Do Celibato para a Castração’ tinha mais lógica, mas aí o ideal seria passar do filme para a realidade. Mas isso, julgo eu, que não se vai verificar a quem sabe usar tão bem os desígnios de Deus!

Haja Fé!

 

""Já estou como diz a outra: Vamos lá ver se nos entendemos...!
Este blogue é meu e quem faz as regras sou eu, ok ok posso altera-las ao meu belo prazer, mas é uma das vantagem de ser meu, certo?
Este post é a resposta a um comentário que alguém sem tomates para se identificar resolveu deixar no meu ultimo post. Até ai nada de grave, só não admito estupidez ou falta de educação porque não sou mal-educada com ninguém ou deixei de respeitar seja lá que instituição for.
Ó pá não comentem!! faz-me cá uma diferença do caraças, nem queiram saber... Mas por favor não me entupam o blogue com comentários de merda. ""


Este texto foi escrito por Ana Amante e publicado no espaço mulher

.

publicado às 09:00


Diálogo... pessoas e "pessoazinhas"

por R.Cheiros, em 18.11.08

Basicamente o diálogo é das coisas mais importantes entre as pessoas. Já alguma vez pensaram o que pode originar a falta dele?
Imaginem como seria, vivermos num mundinho só nosso e fechados em nós próprios, sairmos de casa todas as manhãs incomunicáveis?
Não dar os bons dias a um vizinho não agradecer um gesto simpático ligar para os amigos para saber se esta tudo bem, não ser gentil com os outros, não perder 10 minutos que seja com os colegas do trabalho a rir de tudo e de nada... Era bem triste não existir dialogo entre as pessoas, não era? seja do que for...


Existem pessoas que gostam de falar de trabalho, de música de futebol de politica, viagens, roupas outros gostam mais de ambiente, religião, educação, cultura.... Temos liberdade de falar de tudo e de nada...de futilidades ou de necessidades o diálogo é importante nas nossas vidas. Ou seja podemos falar de tudo o que quiséramos da forma que quisermos somos livres ... É claro que a nossa liberdade termina quando interfere com a dos outros.
Mas existem aqueles que vão alem disso...frustrados, solitários, pessoas de mal com a vida e mal resolvidas. Porque..?Pois não sei, mas sei que existem.
 

A gente quando escreve gosta sempre de saber que alguém leu... E que serve para alguma coisa nem que seja para distrair uns segundos da puta de vida que todos nós levamos e que é demasiado curta para se estar a perder muito tempo com coisas demasiado sérias, tirando aquelas muito óbvias... Que facilmente nos tiram do sério todos os dias por muito que a gente não queira não há volta a dar... É por isso é que eu digo sempre : Que se AME muito.. Muito SEXO (mas com estilo) e muita GARGALHADA que ainda é do melhorzinho que a gente vai conseguindo fazer nesta vida. Porque um dia tudo acaba e a única coisa que levamos desta vida foi o prazer sentido:)


Existem tantas pessoas a escrever... (e bem) e sobre tudo... Amor, cultura, sexo e até culinária... Estes últimos crescem parecem cogumelos. Não que eu tenha nada contra muito pelo contrario até comecei um mais ou menos sobre o tema. Mas como sou inconstante e facilmente me canso das coisas foi ficando para trás... Porque aqui entre nós que ninguém nos ouve cozinhar cozinho eu todos os dias e não é pouco... E isto das receitas e mais ou menos como os perfumes embora mal comparado, tenho muitos mas embico sempre para o mesmo. Também compro muitos livros de receitas mas acabo por fazer sempre o que me lembro na altura, mas adiante...


Tantos blogues e tão bons e pergunto-me....Credo  mas o que vem a ser? O que é que se passa aqui? Tinha eu aqui  um blogue tão jeitoso para desabafar as minhas mágoas e agora apareceu alguem incomodado que resolveu tentar arruinar  tudo com comentários despropositados. Mas que coisa! Ainda  nem estou  em mim de "enervada" que estou com este energúmeno  que me quer estragar estes pequenos momentos de felicidade tão arduamente conquistados por esta mulher que não faz mal a ninguém com comentários foleiros. ( porque eu e continuado)


Mas que raio que esta gente tem sempre que se meter onde não é chamada
As coisas que se passam e que a gente nem sonha nem desconfia! Percebi que há por aí uma  alminha que até gosta de vir aqui espreitar as baboseiras que vou debitando! E que acha por bem agredir-me gratuitamente... Raramente publico os comentários mas eles andam ai...
As coisas tem a importância que lhe queremos dar, lá isso é uma verdade de la Palisse e eu podia simplesmente ignorar e nem pensar nisso... Mas existem coisas que me intrigam e nunca fui  avestruz para enterrar a cabeça na areia ...E uma vez tem graça as duas já é chalaça e se forem muitas perde a piada toda

 

Excelentíssima anónima/o que  anda a despejar porcarias no meu blogue
Simpaticamente peço-lhe  para que se mude já daqui para fora. Que se sinta frustrado ranzinza ou de mal com a vida isso não é da minha conta nem de ninguém. Só é da minha conta que se esteja a aproveitar aqui do meu espaço para despejar parvoíces que não tem nada a ver comigo nem com a minha vidinha .A menos que nos conheçamos, mas  se for o caso faça o favor de o dizer..que a minha paciência em relação a si já se esgotou.

Se gosta tanto de fazer comentários arranje lá um local próprio para escrever essas tontices  que tanto gosto parece ter em despejar aqui para o meu sítio.Faça lá uma coisa assim mais subtil..

 

 O que não falta por ai são espaços coloridos com temas e nomes muito mais sugestivos do que o meu... Portanto arranje-se lá por um deles e tungas,deixe por  lá essas coisecas que tanto gosta de escrever e pire-se que este blogue é meu e até é muito jeitoso  e eu não o conheço de lado nenhum. Enquanto era só burrinho eu até relevava mas agora que é mal educado isto é um escândalo!

 

 O que comenta aqui a mim sinceramente não me interessa nada e ponho a mão no lume por toda a gente que eu lê que a eles também não! Enfim, no lume se calha não ponho que a gente hoje em dia nunca sabe e só me faltava agora sair daqui queimada ou chamuscada.


Portanto meu amigo/o se procura emoções fortes está no sitio errado...

Há quem goste de dar e há quem goste de receber. Isto hoje em dia há gostos para tudo que nós iguais mesmo só  em  aparência ...que depois vai-se a ver  lá no fundo somos todos tão diferentes  que até chateia...que a mim até me espanta como raio conseguimos nós viver em amena sociedade!

Porque isto basicamente dialogar é das coisas mais importantes entre as pessoas, mas à que saber fazê-lo

Agradecida!

 

publicado às 10:27


Não há pachorra..

por R.Cheiros, em 13.10.08

    Desafios e miminhos (prémios) !!
Quando oferecemos um miminho (prémio ) a um blogue que gostamos é mais propriamente  uma forma de mostrar o nosso agrado por determinado blogue e é perfeitamente compreensível.
E os desafios???
Para ser muito sincera acho os desafios lançados nos blogues uma grande seca. Além de chatos o único intuito é serem inúteis.


É que isto de ter que dizer o que se gosta de comer, que nome é que mais gosto, onde estava a 10 anos atrás, 5 coisas de que gosto, (só cinco..?) um defeito ou qualidade, já não há pachorra... Eu pelo menos não tenho!  Muito menos defeitos a assinalar….

Possivelmente o meu maior defeito é dizer o que penso e sinceramente os desafios são inutilmente chatos.


Claro que já respondi a alguns e também já os passei..

Mas se não concordo com eles o mais lógico é deixar de o fazer, não é? Talvez fosse melhor aceitar graciosamente, e responder... Sim, que outra coisa não seria de esperar de uma "moça" fina e educada como eu:) Mas aceitar era continuar a fazer frete,..

E como  não sou mulher de fazer fretes já não tenho nem pachorra nem idade para isso, não o volto a fazer.


 Não quero com isto ofender ninguém, longe de mim. E quem se sentir ofendido de alguma maneira, desde já as minhas desculpas.
 Também não estou a criticar que gosta ou responde, quem sou eu… mas se alguém o sentir assim, olha azarucho não me aquece nem arrefece .
A todos nós agrada ter comentários, e quem disser que não esta a fazer charme…

Mas não corro atrás de comentários muito menos meço o meu blogue com a quantidade de amigos que adiciono, ou estava bem tramada não tenho esse "hábito" Comento o que gosto e quando gosto e espero que comigo façam o mesmo.

 

 

Mas voltando aos desafios, como já disse são muito monótonos e nunca trazem nada de novo. Mas desafios são desafios e esta é uma palavra que não me escapa…
Se o desafiador que me passou (isto) ficar desiludido terá que me desculpar, mas nem sempre se pode esperar aquilo que queremos, não é? :)
Ao desafio que me foi feito vou alterar as regras e falar de 5 filmes e de 5 livros que me “marcaram” pela positiva, claro.

 

1-Quanto é difícil ser homem.
Este filme tem seguramente uns 20 anos : no final chagamos à conclusão de quanto somos privilegiados por termos família...e que devemos valorizamos muito mais a vida e o que ele nos oferece.
1,(A)-América proibida
Oferece a todos a possibilidade de ver que o ódio pelo nosso  semelhante só pode gerar mais ódio e levar a um ponto sem retorno.
Xenofobia, preconceito, racismo são definitivamente iguais a ignorância.Tem uma mensagem soberba sobre a humildade.

2-A vida é bela
Uma das mais belas historias de amor que já vi.  O quanto o amor de um pai pode ser incondicional

2,(A)-A rapariga do tambor
Esta fabulosa história desenvolve-se em torno de uma actriz inglesa radical, recrutada por um grupo de agentes secretos israelitas para chegar até a um perigoso terrorista palestiniano. E… o coração prega-nos cada surpresa.

3-Sete anos no Tibete
Uma historia fascinante baseada em factos reais sobro  comportamentos e como todos podemos ser seres humanos melhores. uma terra onde pouquíssimos ocidentais já pisaram, um  alpinista torna-se o melhor amigo do então  jovem Dalai Lama.

3-(A) A cidade dos anjos
Porque sou uma romântica incurável… Há mais entre o céu e a terra do que pode imaginar a nossa vã filosofia

4-A Lista de Schindler
Por os motivos que já todos sabemos… baseado em factos reais uma lição de humanidade  , Oskar Schindler foi um grande ser humano, a par do nosso Arestides Sousa Mendes.

5-A insustentavel leveza do ser
Segundo Nietzsche a vida é um eterno retorno, porque precisamos, temos a obrigação de errar e voltar a errar quantas vezes for necessário , em suma, a levarmos uma vida de liberdade, uma vida que valha a pena ser vivida.

 

1-Sidarta :de Hermann Hesse

1,(A)-Por quem os sinos dobram :de Ernest Hemingway

2-As Cinco Pessoas Que Encontramos no Céu :de Mitch Albom.

3-O Nome da Rosa :de Umberto Eco.

4-Orgulho e Preconceito :Jane Austen

5-A Insustentável Leveza do Ser :de Milan Kundera.

 

 

Como é óbvio, não vou passar a ninguém. Mas se alguém gosta de cinema ou de livros e se sentir tentado a comentar está à vontade..


 

publicado às 09:12


Nem tudo o que parece é...

por R.Cheiros, em 20.06.08

Olha bem esta imagem, nem tudo o que parece é..

É surpreendente como o ser humano é afectuoso fraterno e ate solidário.

Sim é nisto que acredito... Neste momento estou a referir-me ao mundo chamado virtual e mais propriamente aos blogues.
Mas existe sempre um mas...
Estas coisas dos blogues não sabemos se tudo o que parece é... Mas vamos acreditar que sim.

O meu tem 5 mesinhos ou seja ainda é bebé mas já está na fase de engatinhar. A ver pelo contador de visitas e se realmente for verídica a contagem este meu bebé já teve até este momento 35045 visitas não digo visitantes porque acho que a grande maioria sãos os que voltam para ler...
Comentários não são muitos o que também é compreensível existe sempre a lei do retorno se eu não comento os dos outros não posso esperar ter comentários. Mas costumo dizer que são poucos mas bons.
Isto tudo para falar dos comentários que tenho em atraso para responder no blogue...

Nem tudo o que parece é! E  não faço pouco caso ou estão esquecidos uma tarde desta pega neles e respondo a todos.


Mas ainda voltando as visitas que parece que tem sido bastantes ou gostava de lançar Um desafio a quem me visita.... A quem costuma comentar e a quem nunca comenta
Até pode ser como anónimos para quem não se quiser identificar.


Quem tem coragem???

Juro que não é nenhuma proposta indecente ou sobre sexo!


Sim a ti que estas a ler isto agora!

 

Desafio:


Gostas de música?


Não me queres dizer o que estas a ouvir neste momento..?

Ou se não estas a ouvir nada...?

 

Ps:Quero ver se realmente o contador de visitas é certinho.

publicado às 14:37


Coisas inteligentes

por R.Cheiros, em 09.05.08

 Resolvi então escrever coisas inteligentes! Até porque sou bem mandada..

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixar de fumar é a coisa mais fácil do mundo. Sei muito bem do que se trata, já o fiz cinquenta vezes.

Disse:Mark Twain  Não sei quem é este tipo mas tem toda a razão eu não diria melhor.

Alguém fez o seguinte comentário: 

«as mulheres deviam continuar era a fazer reunião da tapeiruer pra na dizer tanta asneira»

Para quem não sabe eu passo a explicar:

Isto são os tais tupperware a quem a/o comentador Anónimo se referia.

Não sei porque mas adoro pessoas inteligentes!
E muito bom dia!
(não se deve dizer excelente dia, parece que é moda e pega mal)

Bora??

 

publicado às 09:03


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D