Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Brincalhão um vadio..sonhador

por R.Cheiros, em 15.12.08

Quem é que ele pensa que é?

Sente todas as emoções e entrega-se totalmente, e o trabalho duro quem faz sou eu!

Quem é que ele pensa que eu sou?

Não pára um só minuto de me enviar fantasias e mais fantasias depois sou eu quem tenho que organizá-las para que não se magoe.

Quem é que ele pensa que será?

Vive sem pensar no amanhã, para absolutamente nada, quando o amanhã chegar o que fará?

Quem é que ele pensa que eu serei?

Quanto mais o tempo passa, mais difícil se faz a minha existência.

Quem é que ele pensa que é?

Entrega-se a paixões tão infames, e depois corre para mim, para safá-lo.

Quem é que ele pensa que é?

Que é mais importante que eu?

Se fosse eu que mandasse ele estaria no meu lugar e eu no dele.

Não é proposital que eu esteja aqui em cima e ele aí no meio.

Coração, coração, podemos trabalhar em conjunto, será que não percebes que este é o jeito mais fácil?

És um malandro inconsequente um brincalhão um vadio.. Um sonhador e só fazes o que te apetece.

A melhor voz para cantar o amor
Um hino ao amor
Uma das melhores canções de amor

publicado às 10:25


A minha viagem com "Jorge Palma"

por R.Cheiros, em 17.11.08

(Faltava esta relíquia que tinha no telemóvel não prima pela qualidade..)

 Uma sala que não estava lotada mas bem composta. No centro da arena um palco redondo, no centro deste, um segundo palco rotativo estava  reservado ao  piano e guitarra de "Jorge Palma" que proporcionou um espectáculo intimista e deixou a música falar por si.


Palma  apanhou o último metro com vários destinos...

Ao som (Casa do Capitão) começou uma viagem onde não faltou   um único clássico cantou e encantou e levou o público com ele.

“Dormia tão  sossegada” e  lá vamos nós... Um desfolhar de memórias  passando pelos   clássicos e  partimos numa “viagem” Concerto que durou mais de 2 horas e 30 minutos, encheu a alma de quem estava a assistir. Muitas memorias..“Abrir o sinal” “Canção de Lisboa” “Bairro do Amor””Gaivota dos Alteirinhos” “frágil” “solidão” Portugal Portugal”etc etc..

 

O grande momento foi quando senti que contou "só para mim"... Sozinho em palco sentado ao piano e...”Quem és tu de novo?” Arrepiante para mim foi o momento..Na minha opinião esta música é sem dúvida a melhor das melhores .


Convidados também houve,   Tim, em «Fado do Encontro»  e João Gil, em «Senta-te Aí», retirado do  projecto   Rio Grande.
 E finalmente "Encosta-te a Mim" um tema esperado por muito e cantado por todos sem excepção. Parecia que o fim estava à vista, despediram-se...

O público não se cansou  de chamar Jorge Jorge,   Voltou! E trouxe” Cara d’Anjo Mau”“A Gente vai continuar” e Finalmente a Sós”

Encerrou de forma magistral com  “Like a Rolling Stone” tema de Bob Dylan
Fabuloso Jorge Palma foi simplesmente fabuloso e levou ao rubro o quase lotado Campo Pequeno .

 

As coisas menos boas, que também as houve...O som  por vezes, imperceptível  , e o desconforto das cadeiras... Credo aquilo é do piorzinho. Entrei pela primeira vez no campo pequeno e sinceramente para tanto tempo de obras esperava mais... Talvez apostarem menos na quantidade de lugares e mais na qualidade.
 
A discussão de início sobre onde deixar o carro no final foi rapidamente  esquecida e valeu muito a pena.
 
Bem... Agora é hora dos agradecimentos:)
Agradeço a "sapo" por me ter escolhido e á (Maria João Nogueira) pela simpatia e disponibilidade, sim porque tive que ligar mais de uma vez. Gracias .

 

PS:Vou guardar religiosamente os bilhetes ou parte deles. Porque pela primeira vez na vida ganhei alguma coisa:

E foi assim a minha noite de sexta feira, ou parte dela:))

 

publicado às 09:18


Pequeno privado (Jorge Palma)

por R.Cheiros, em 11.11.08

Ontem à noite tive um pequeno privado com o "meu mais que tudo"
-Querido, Chega aqui,já reparaste como a noite está linda?

-A lua...? está!

-Há quanto tempo não paras uns momentos de para olhar a lua que pode ser fantastica?
Ele aproxima-se e põe-me o  braço por cima do ombro e apertou de um jeito que só ele sabe... Faz-me  sentir  bem, reconfortada e mimada gosto do aconchego daqueles braços que tão bem conheço.
-Estás com frio, o que é que se passa…?
-E tem que se passar alguma coisa?
-(P… )vá lá, tu não sabes mentir!
- Lembras-te que as noites geladas de inverno sempre foram as nossas preferidas?
-Se me lembro…As guerras por causa do aquecimento, sempre friorenta, sempre foste assim..
-É por causa das frieiras sabes que o frio me faz freiras.
-Conversa.. Tu querias sempre o aquecimento no máximo, e o ar ficava quase irrespirável e o ambiente demasiado quente para mim, que assim tinha dificuldade em adormecer agarrado a ti:)
-Mas nem por isso deixavas de o fazer

-E nem deixo a menos que tu não te sintas bem
- (A…, )
- Hum?
- Não achas que a noite hoje tem um brilho especial?
- Ou és tu que a achas especial?

– O que se passa ( P..)?
-Nada! Já não se pode gostar de apreciar a lua com quem gostamos?
-Eu  conheço-te e tenho lembranças e são elas que retratam a realidade…
- O que queres dizer com isso, posso saber?
 -Calma… porque é que te transformas sempre num vespeiro ao mais pequeno pormenor?
-Tens a certeza que a tua mãe não trocou o leito por sumo de limão quando eras pequena?
- Essa não teve graça sabias?
- Pois ou acho que teve, e adoro quando ficas com esse ar de menina revoltada.
-Lá tas tu… queres estragar tudo com as tuas piadas, é?
Ele abraçou-me  e beijou-me.. um beijo tão terno que  quase perdi  todas as defesas..e a vontade de lhe falar (daquilo..)
- Tu sabes que adoro esses teu ar de refilona e esses teu repentes de mau humor até te dão graça?
-Ai sim? na verdade eu…
- Lembra-me uma menina que conheci há muitos anos.
- Qual menina qual que há anos que não sou menina..
- Foi-se  perdendo  aos poucos mas ficou viva nas minhas memórias.Essa menina virou uma mulher as vezes sou louco por ela e outras vezes é ela que me faz enlouquecer( consegues ser insuportável)… Agora, é a mulher dos meus sonhos e a menina das minhas lembranças .A mulher do meu presente e essa mulher eu conheço muito  bem.... Portanto,  que é que se passa ,diz lá..
"Para haver amor não pode haver obrigação".
-Mas...O que queres dizer com isso?

-Nada só me lembrei de uma das músicas do (Palma): "obrigações"

-Bom, lembras-te de cada coisa... A propósito de que?
-Sei lá, falas-te  do tempo em que eu era menina e vê lá tu que me veio à ideia o ( RRV)
- O RRV? Olha cada vez te percebo menos
-Não acredito ... "O Rock Rendez Vous "... Lembras-te? Vimos lá boas bandas..
- Há quanto tempo foi isso... Anos 80 por ai lembro-me que eram as nossa saídas depois de casarmos.
-Eram pois, e ao "Johnny Guitar "
-Não... Isso foi mais tarde, não foi?
(credo como é que lhe vou falar que quero ganhar os bilhetes para o concerto do Jorge palma sem lhe denunciar o meu blogue)

-Está frio vamos para dentro
-Vamos, ligas-te o aquecimento do quarto?
-(P..... )hoje não está frio!

-Lá tás tu... eu é que sei!

-A que é que tu sais tão teimosa?
-(A.....)

-Hum?

-Vamos  ao  concerto do Jorge Palma dia 14 ao campo pequeno?
-Eu sabia... Esta conversa toda tinha água no bico.
-Não, claro que não, mas sabes que gosto e já não o vamos ver há imenso tempo... A última vez se bem me recordo foi na (aula magna) prai em 2000/2001, lembras-te?
-lembro! Chegou atrasado e ainda perguntou: Não estamos muito atrasados, pois não?  Aquele tipo tem uma lata...e nem em  palco dispensa a dose de uísque que tem direito.
- Mas é único... Já namoramos um bocado ao som da voz dele...

-Vamos dormir...?
-Vamos... Mas quero o aquecimento ligado
-Nunca te contei, mas naquelas noites que deixavas o aquecimento no máximo,  ficava  só até adormeceres..para não refilares. Quando sentia que tinhas adormecido com todo o cuidado para não te acordar, saía da cama devagarinho para ir baixar a temperatura do aquecimento.

- É por isso que rapava frio todas as noites

-Mentirosa...
-Compro os bilhetes?
-Não te preocupe com os bilhetes, eu trato disso...!!

 

 

publicado às 09:08


Sinto falta de mulheres...

por R.Cheiros, em 20.10.08

  Ou melhor dizendo, sinto falta de conversar com mulheres. Das minhas amigas que há uns tempos para cá tenho desleixado com as minhas amizades e deixado de comparecer a um determinado jantar..

Pois nem só de casamento vive uma mulher!

Para esquecer o cheiro a lixívia e detergente que fica entranhado nas mãos de estar a tarde toda a fazer limpezas. Nada melhor para espairecer dos fins de semana conjugais que um jantar só de mulheres num sábado há noite. Quase tão rotineiro como o casamento são estes nossos jantares. No total somos dez todas amigas de infância. Do tempo da bata branca na escola primária.


Podem não ser muito originais, mas, não pecam por falta de animação. É onde se fala de tudo e até da vida dos outros. Este chegou ao ponto de se recordar os nossos primeiros amores e rimos muito. O pior que estes jantares tem é que no final ficamos no eterno dilema e agora onde vamos? Há esqueci-me de dizer que damos sempre uma esticadinha a um lado qualquer para continuar a conversa. Discutimos que nos fartamos até decidirmos onde ir porque há sempre este problema nas saídas só de mulheres acabamos sempre a noite umas um bocado chateadas com as outras porque todas querem levar a sua avante e depois nenhuma fica satisfeita com o sítio para onde vamos.


A Maria está sempre por tudo... Tem ar de guarda fiscal é a única divorciada e diz que os homens são os melhores amigos das mulheres a seguir aos cães. A joão é tudo menos comum... Uma pintora excêntrica e má língua até quinta casa... A Glória é das mais velhas e diz que a idade lhe dá estatuto..:) Cristina a loira, a Helena a intelectual do grupo, Fátima é a mais “ajuizada “e a que perde o juízo com mais facilidade, São a tímida, Manuela  inconfessável... Advogada nunca se sabe muito o que ela pensa:)  alérgica a qualquer tipo de compromisso... A vida é para ser vivida. Carmo... dona de uma agencia de viagens a super chique:)E euzinha...

 

Fomos para um sítio onde se podia dançar e ouvir música ao vivo e beber um copo, ai perdão.. Bebericar qualquer coisa. Porque a Carmo desde que virou socialite e se passou a chamar “Carminho” já não vai beber um copo mas bebericar qualquer coisa.. A rapariga deve andar a precisar de terapia da fala é que de uns tempos para cá parece que passou a falar com a boca cheia de papas. Não sei se é alguma espécie de urticária ou se o sítio não estava altura da dita... Mas isto já lhe passa.. Porque é como diz a Lena que é uma mulher prática assim como eu, vamos mas é aproveitar a noite que não é todos os dias que os nossos homens se dispõe a tomar conta das crianças… Mas quais crianças? Pois da minha parte foi chão que já deus uvas… se me descuido um bocado ainda me cruzo com as minhas crianças na noite lisboeta....

 

E assim estivemos um bocado à conversa ao som da um tipa esganiçada e já entradota mas com um corpinho de fazer inveja a muitas menininhas novas e eu bem vi a São com o olhar clínico de sempre a criticar-lhe as rugas a volta dos olhos mas de olhar arregalado para as pernas musculadas. Sim,que a São pode ter um corpinho janota mas aquilo treme por todo o lado. Deve ser por isso que a mulher nem dançar...A acompanhar a  "esganiçada" entraram 3 meninos que benzos deus… bons com o milho ou como diria a “Carminho” eram estupendaços e umas meninas, e foi nessa altura que a noite começou a animar ou talvez não….
A conversa passou para segundo plano porque a vista era de veras mais tentadora … e a música latina convida sempre a um pezinho de dança. Logo eu que raramente saio à noite…. Não resisti e lá fui..


A São continuava alapada com o dito na cadeira reencontada não mexia nem um milímetro ! A Cristina que é uma loira sem idade, ou melhor, tem mas não diz... Até porque nunca fui muito boa com contas (ou não fosse ela professora de matemática) mas isso da idade também não interessa nada o que interessa é a alegria de viver e com ela ninguém consegue estar triste.
Confesso que me estava a divertir, além de estar com um sorriso de orelha a orelha sempre gostei muito de abanar o esqueleto. Eu ando muito desactualizada … como é que podia imaginar que os meninos e as meninas da salsa desciam cá a baixo para dançar com publico. Até aqui nada de especial... Até porque dançar com um profissional é logo outra coisa. O pior é que mulheres sozinhas atraem sempre ( .....) E assim  os básicos dos básicos.

 

Mas isto da idade não perdoa e reconheço que já não tenho pedalada para certas coisas…e acabei a fazer companhia à São, a Lena e a Manuela fizeram o mesmo.
As outras lá continuaram e a “Carminho “com todo aquele bom ar a esta altura já lhe tinha passado o mau humor e rapidamente se transformou na rainha da noite… o que também não é difícil… aquela rapariga dá nas vistas em qualquer lado, vestida com logótipos da cabeça aos pés. Ela é só roupa de griffée. Imaginem, e logo eu eu que tenho um pezinho na feira… E a pena que tenho que a feira de Carcavelos seja há 5º feira… é que se encontra lá cada pechincha que nem imaginam e eu quero lá bem saber que ela acha que ir à feira é possidónio.

 

Já estava um tipo de olhos arregalados para cima da “carminho” e destilava todos os elogios que tinha conjecturado e que a sua fraca inteligência lhe permitia.. E nesta altura já o meu estômago se revirava porque claramente o rapaz se fartou de procurar as palavras escolhidas de qualquer  dicionário e toca de inventar que nestas coisas a gente já sabe que é bem pior remediar!
Mas pelo andar das coisas eu estava a ver que o verniz estalava em menos de nada. Também casada com o energúmeno do Nuno não é de admirar… pergunto-me eu o que leva alguém a estar casado com um tipo que tem uma amante? Ou que anda com uma pindérica como diz a “Carminho” só pode ser por conveniência ou então a “Carminho” é assexuada…coisa que eu duvido pelo menos nunca conheci nenhuma.

Ou talvez conheça… com aquele ar a Manuela Ferreira Leite e talvez a Hillay Clinton..

Porque todos sabemos  que a Hillay Clinton ganhou pontos no ranking da popularidade porque, em vez de fazer o que qualquer mulher sensata teria feito quanto descobriu que o marido tinha uma amante, desempenhou o papel tradicional. Ou seja o mesmo da Carminho... Faz de contas que não vê... Que isto o pior cego é aquele que não quer ver....
É que à Hillary nem se lhe conhecem amantes, nem sequer, imaginamos que tenha desejos sexuais.  A pobre da Chelsea deve ser resultado de uma experiencia de laboratório ou de uma segunda aparição do espírito santo. O mesmo não posso dizer da minha amiga:)))

 

Mas por esta hora já a Carminho estava bem animadinha com o ilustre desconhecido que lhe animava a noite ou talvez os sonhos..

E eu àquela hora a pensar em que andanças andaria eu metida ...e só o ou oiço dizer que está apaixonado por ela… E ela a rir que nem uma perdida e o homem, que era um homem do norte ainda por cima ,foi por ali fora com aquele sotaque fascinante a desfazer-se em elogios.


Agora chega.. e resolvemos acabar com a festa... Mas estava a sair pior a emenda que o soneto...O tipo contra ataca, que eu era muito querida, um amor, uma mulher muito sensual! Ó homem olhe que você está enganado! Olhe que eu de sensual não tenho nada!” ele continuou e eu lá resolvi ficar calada que nem um rato a fazer de conta que não percebia.. Mas lá a tiramos dali para o ar puro da rua.
Ai… e com tudo isto aumenta a minha desconfiança na raça humana em geral e na espécie dos homens em particular! Quanto mais evoluímos mais eles embrutecem! É… cheira-me que esta missão na terra  ainda vai ser abortada por falta de  inteligencia no sexo masculino!

Afinal nós as mulheres não são assim tão mazinhas nem umas cabras umas com as outras…Formou-se um espírito de grupo para retirar a Carminho de maus lençóis... Mas sinceramente não é que não ache que o Nuno não mereça um bom par de cornos mas sei que a Carmo amanhã se ia arrepender do que estava a fazer…

Cá fora ainda nos rimos um bocado à conta destas histórias, mas eram 3 da manhã e o meu mais que tudo não ia gostar da brincadeira, ai aposto que não. Lá se meteu cada uma em seu carro e ala que se faz tarde. Dez para as quatro estava eu a chegar a casa, de sapatos na mão para não fazer barulho... Ai meu deus ao que uma mulher chega... Depois de velha parece que voltei aos meus 18 anos.

(No domingo tive sermão e missa cantada..)

 

Afinal as mulheres são mais unidas do que se diz por ai..


 

 

 

 

publicado às 09:32


Vamos lá pôr os pontos nos iis !!

por R.Cheiros, em 09.10.08

 

As coisas que os heróis de outros tempos nos podem arranjar...


Mas o que me traz aqui preocupada hoje foi que recebi um e-mail dum leitor curioso e muito simpático simplesmente a perguntar-me “ó Ramo de Cheiros, com o “peso” (até me faz andar curvada) dos anos e com a sua sabedoria, (sim por isto nota-se a léguas que eu sou uma mulher sábia) explique-me lá se a culpa da falta de romantismo é dos homens ou culpa das mulheres?


E não é que esta mensagem “inocente” dum tal  Pedro  me pôs para aqui a pensar sobre um assunto que de prático não tem nada. Para já o facto de ser um homem a perguntar-me tem tudo a ver... Porque se fosse uma mulher nem sequer se dava ao trabalho. De fazer tal pergunta, claro já sabe a resposta. Ora mas seja como for dou comigo aqui a pensar se a culpa é nossa ou é deles.. 

 

E a pergunta que se impõe é:

” Existem homens românticos à moda antiga nos dias de hoje? do tipo que  envia flores, que seja um cavalheiro, que nos  leva ( ou ele próprio prepare)  um jantar à luz de velas, daqueles  homens que abrem  a porta do carro, mandavam caixinha de bombons?..(coisa de pouco romantismo porque eu detesto chocolate) homens românticos, onde estão vocês?

Será que ainda existem? Ainda   existem homens assim neste mundo? Claro que sim, existem nos filmes…!

E Hoje em dia será que as mulheres ainda gostam do romantismo à moda antiga ou abrir a porta do carro para elas já está ultrapassado?


Eu pessoalmente acho muito importante o romantismo e não vivo sem ele.

Aqui há uns tempos atrás o meu mais que tudo que é uma jóia de rapaz não desfazendo e um romântico incurável (senão tirem vocês mesmo as suas próprias conclusões) convidou-me para jantar fora,."- Vem jantar comigo ao (.... ) hoje apetece-me beber um copo e conversar um bocadinho)"E  como em questão de horários as coisas estavam complicadas, achou por bem marcarmos no restaurante.

Bom até aqui nada a assinalar... Favorecia a ambos. Lá me produzi toda de forma a ficar bela e airosa, sim porque um convite do meu mais que tudo, assim “por toma lá quela palha” não acontece todos os dias. E ele estava tão querido ao telefone... 

Já o imaginava à minha espera com um ramo de rosas vermelhas e quiçá uma musiquinha ambiente que mandou colocar em minha homenagem...

Só filmes!!!

Ele foi cabelos, unhas, escolhi um vestido sexy (porque meu caro Pedro, o peso por enquanto ainda é só na idade) e lá fui eu em cima de uns saltos agulha que ninguém diria que não eram uma extensão das minhas próprias pernas belas firmes e esguias. A noite começou a correr mal, mal sai do carro...

Que um dos saltos se me enfiou num daqueles espaços que há entre as pedras dos passeios à portuguesa. Aqui entre nós, o homem que inventou este tipo de calçada não devia ter mulher em casa porque senão quem levava com um salto na testa, mas enfim..!

Lá entro eu restaurante dentro em equilíbrio porque o meu tornozelo nesse momento já começava a dar sinais de si....e estava-me cá a parecer que em menos de nada se formaria uma batata e não seria das pequenas... E a correr o risco que ficasse ligeiramente roxo (a ver pela dor que já sentia) e é uma cor que não combina nada com o vestido preto que eu tinha escolhido para levar ao jantar!
A segunda surpresa não tardou a chegar... Depois dos cumprimentos habituais, "- A tua irmã e o teu cunhado devem estar a chegar... Eles vêm jantar connosco."

Conclusão foi uma noite animada e nada romântica.... Resta-me dizer que a minha sorte foi que apareceu por lá aquele tipo que é como “Deus” está em todo o lado... “Ké Frô” ,“Ké Frô”  e lá me safei com uma rosa meio murcha... Se não fosse isso flores nem vê-las.


 Brincadeiras à parte, romantismo é essencial numa relação! E ai de mim se discordar disso!


Na verdade a opinião varia de mulher para mulher e há aquelas que não têm nem opinião formada sobre sobre o assunto.
Mas se o homem é muito cavalheiro, pode ser sendo taxado de meloso, carente ou antiquado mas se ele não é romântico, então é um grosseirão e insensível.  Eu como mulher concluo que o romantismo nunca é demais e que em alguns pontos o homem perdeu o romantismo porque as mulheres ajudaram um bocado.
A dura realidade é que nas relações: as pessoas estão a economizando as energias na conquista. Agora, primeiro beijam-se depois as pessoas “andam” ’(como dizem os putos ) e depois é iniciada uma conversa, quando à conversa... De repente, percebem que aquela outra pessoa não tem nada, absolutamente, nada a ver elas... Termina-se um relacionamento e vem outro, outro e outro... É o que baptizo como a futilidade das relações.

 

E agora pergunto, onde foi parar o romantismo?

É cada vez mais raro um homem mandar flores para uma mulher mas também se está a tornar um hábito a mulher desvalorizar-se  durante uma "conquista",hoje é tudo muito facil...

Certo, eu posso ser ultrapassada, antiquada ou outros adjectivos que consigam encontrar... Mas ainda acredito que existem diferenças entre homens e mulheres que não valorizam e tornam únicas e especial.   

Sim, porque seja lá que mulher for, casada,divorciada, solteira, viúva, amigada, etc etc, salvo raras excepções... Sim, eu já vi de tudo... Nós mulheres ainda ainda acreditamos que "fazer amor" envolve amor emoção, somos umas românticas ....Já os homens encaram o sexo por sexo com muita naturalidade. O homem começa a ficar mal acostumado passa uma “conversa” de quinta categoria e a mulher cair na lábia, não porque é parva, mas porque simplesmente  acha que a emancipação da mulher permite tudo.... Bom eu acho que o sexo que é uma coisa bonita hoje está banalizado e vulgarizado, já não tem romantismo a bem dizer nenhum.E lá se está a perder o o brilho do romantismo e a distanciar-nos, cada vez mais, do amor.


Acredita-se que está cada vez mais raro encontrar um homem que seja realmente romântico, que valorize de verdade sua companheira. E mulheres românticas, ainda existem muitas?

Claro que sim:) É lógico que o homem romântico não é perfeito, como nenhuma mulher é perfeita. Num relacionamento as pessoas vão encontrar diferenças, mas só vai ser duradouro se as duas partes souberem lidar com as diferenças. O que todos queremos homens ou mulheres dos mais durões aos mais lamechas é ser amados incondicionalmente e com muito romantismo de parte a parte


Dito isto, meu caro leitor Pedro digo-lhe já que acho que o romantismo está em falta de ambos os lados. Por isso meu caro escute bem o que lhe digo! Esqueça lá essa coisa de culpas, se é do homem ou da mulher... 

Que isso é bom para passar o tempo mas não dá anos de vida a ninguém, muito pelo contrário! Faça assim, arranje uma mulher que seja paciente. Se achar que ela tem pinta de mãe e que até tem alguns dotes domésticos (coisa rara hoje em dia) não a perca de vista... Agarre-se a ela mesmo que não seja assim das mais atraentes até porque a beleza física não é tudo, desvanece e muito rapidamente. Não há como as preocupações conjugais para nos deixarem com má cara. Seja pratico, caro leitor, e não pense nessas questões de culpa nossas ou vossa..
Escolha com cabeça, olhe que não sei se mais vale uma mulher pouco romântica que lhe trate da lida da casa e das crianças do que uma muito romântica que o tire do sério e lhe dê tesão porque essas coisas com o tempo passam, e muito mais rapidamente do que se julga, e ou o meu caro amigo se renova na relação ou depois é que são elas!!! E não me venha depois culpar por isso...

Até porque já perdi um bocado de tempo à conta do romantismo..


publicado às 11:01

 

Eu não vivo sem música. E vocês?

É uma constante na minha vida em todos os momentos, acordo com música é o som do meu despertador, no carro no trabalho, ou em casa. Eu acho que a música é um alimento da alma que nos pode fazer sonhar, viajar, enfim eu adoro musica. Na minha casa desde menina sempre se ouviu muita música. . Recordo-me das músicas que habitualmente se ouvia lá em casa influencia principalmente do meu pai.

Adriano Correia de Oliveira

Pedro barroso

José Mário branco -Mudam-se Os Tempos, Mudam-se as Vontades

Zeca Afonso Traz outro amigo também Cantigas de Maio

E Alfredo Marceneiro claro, que era a voz do fado de eleição do meu pai. Acho que na altura eu sabia todas as letras de cor.

Com os meus irmãos, sim que nessa altura eu ainda era a mais nova (a ultima nasceu com 13 anos de diferença de mim) comecei a ouvir outros géneros musicais e a ganhar verdadeiro gosto pela música.

Beatles,Aretha Franklin.(foi com a minha irmã) Frank Zappa, Pink Floyd,The Tubes,Peter Gabriel, Cat Stevens, Black Sabath,e Rolling Stones,Rory Gallagher, etc etc e o mestre da guitarra :Jimi Hendrix (curiosamente nessa altura o meu irmão jogava à bola federado, começou a ir para os treinos de guitarra ao ombro, aqui entre nós jogava melhor do que tocava mas entretanto optou pela guitarra)

Depois começamos a fazer a nossa propria seleção e a gostar mais disto ou daquilo..

Nirvana, Marillion ,Dire Straits,Supertramp,Credence Clearwater Revival ,Rod Stewart foram algumas das minhas escolhas. Hoje tenho outras, claro.

E Porque existem memória que não se perdem, algumas das musicas não que hoje sejam as minhas preferidas mas que de alguma forma marcaram a minha vida neste ou naquele momento e me despertaram os sentidos. Então aqui vai:

Zéca Afonso Balada do Outono : Ela embalou a minha infância, assim como outras músicas faz-me lembrar de alguém muito especial. O meu Pai.


Earth & Fire – Weekend : Sempre que me recordo esta musica, lembro-me uma festa há muitooo tempo atrás onde conheci alguém muito especial.


Rod Stewart-I Don't Want To Talk About It: (Como gosto de todas escolho esta ) Lembra-me minha primeira paixão de adolescente, daquelas dramáticas, que quando não dá certo, agimos como se o mundo fosse acabar..


Creedence Clearwater Revival - Have You Ever Seen The Rain : Momentos muito felizes, lembro-me de todas as palavras ditas, lembro-me do refrão que cantei junto com alguém que é parte importante da minha história.



Dire Straits - Sultans of Swing: Fizemos uma viagem muito agradável e essa música tocou repetidamente durante todo trajeto e quando a escuto, lembro-me perfeitamente daquele dia.


Eagles - Hotel California: Velhos tempos:))



BB King - The Thrill is Gone( resalto esta) Um tempo bom, sem responsabilidades, sem preocupações...só amor:)


Kenny Rogers - The Gambler: Este “homem” está ligado a minha vida desde que me casei... tambem aprendi a gostar. Marca o início da minha vida em comum quando toca  associo logo a alguém muito importante na minha vida,meu amigo,companheiro, que me deu um dos meus maiores tesouros, o meu filho.



Vangelis - Chariots of Fire: Uma fase da minha vida foi embalada por essa música. O meu filho era pequeno e, enfim.


Bryan Adams - Have you ever really loved a woman : Uma semana de sonho onde fui rainha... É só fechar os olhos e escuto  lembro-me de cada pormenor.. Porque tenho a certeza que este homem canta só para mim..


 

 

Hoje tenho outras preferências mas estas músicas marcaram a minha vida. Ainda hoje me acompanham no carro o :Bryan Adams e Creedence Clearwater Revival estes ultimos são unicos e fantasticos.

 

 

Guardo religiosamente os meus velhinhos de vinil...

Adoro jazz e música clássica até os meus gatos gostam..

E fado

 

Músicas da vida... Vocês terão as vossas
 


 

publicado às 10:50


Besame Mucho

por R.Cheiros, em 23.08.08

Hoje quero dizer que te amo.

Sei que nunca te passaria pela cabeça vir ler “isto “mas apetece-me partilhar o meu “estado” de alma.

Dizer obrigado pela semana fantástica
"Tudo que é bom dura o tempo necessário para ser inesquecível."
 Que “eras” és a felicidade que eu” tinha” tenho em mãos e por vezes me esqueço
Hoje ao fim de 27 anos apetece-me dizer que ainda me fazes corar que ainda me surpreendes.
Ainda estou apaixonada!
A maior felicidade é a certeza de sermos amados apesar de ser como somos."

 

 

 

Esta musica se a pudesses ouvir agora de certeza que também lembraria a  (....) semana…  .

Amem muito é o melhor que se leva desta vida

publicado às 22:54


Aventuras de uma semana banal

por R.Cheiros, em 24.06.08

Saltar
Começar o dia a saltar (no verdadeiro sentido do termo) porque percebi que há sempre alguém disponível para me transportar mas só de carro o resto está por minha conta. Portanto tudo é feito só num pé. "

( Agora entendo a dificuldade do Saci ,para que se lembra do Sitio do pica pau amarelo)


Arrumações.
Vá lá saber-se porquê, esta semana os meus roupeiros estão  um "brinquinho"...um verdadeiro mimo, com caixas e caixinhas, tudo separado e roupa por cores...

 

Cozinha
Experimentei uns petiscos novos e fiz sobremesas todos os dias daqui a pouco começo a crescer para os lados.

 

Compras

(Nestes dias de "prisão" forçada tirei um dia para "soltar a franga")
Sou consumista até há 5ª casa.... O meu "mais  que tudo" diz-me até que vou viciada, (consumista compulsiva) Trapos e mais trapos, até ao trapo final. Indecisa entre um modelito verde, ou um preto eis a questão! Decisão a tomar tendo em conta as sandálias que só posso experimentar num pé (Ainda dizem que viver é fácil)

 

Almoço
Almoço fora com duas amigas das compras. Largo dos restaurantes no espaço comercial um tipo “giro" a passear-se no restaurante com uma criança e de repente, ter o tipo colado à nossa mesa, a dizer "Matide diz olá à menina que tem dói dói ". A menina era eu! E no final, quando estava a ir embora, entre beijinhos à criança "que é algo que me derrete nos homens" um descarado... "Matilde diz adeus". E a miúda disse adeus mas para outra mesa :))). Giro mas limitado...Resultado: uma sonora gargalhada!


Sem pachorra
Ando literalmente sem pachorra para as conversas de sempre, para as mesmas pessoas, sem paciência para ouvir as mesmas histórias vezes a fio...para a corte e costura de sempre.


Leituras
Estou a meio do livro de um amigo (J C) que me foi enviado por e-mail, bastante interessante e recomenda-se. Ao mesmo tempo que estou a terminar“O menino que sonhava chegar à lua” de Sally Nicholls recomendo é de cortar a respiração e fica aqui o resumo para vos aguçar o apetite.


Filmes
Voltei a ver o fiel Jardineiro e o Paciente inglês e claro Sete anos no Tibete um dos meus filmes preferidos .


Musica
Comprei dois Cds. Cámane : Sempre em mim . Mariza : Concerto em Lisboa pelo fantástico preço de 9.95€)

 

Trabalho
Semana sem trabalho no escritório não é semana que valha a pena. Já tirei os pontinhos do pé o “ponto cruz” não ficou mal de todo. Não marquei ainda o médico porque foi uma semana de férias,...


Blogue
Vou escrevendo umas coisas... Que vai dando uma ajuda.Eu diria mesmo uma preciosa ajuda. Sinto-me farta de estar “parada” :)
 

 

Estado de espírito
SOCORRO precisa de ir trabalhar urgente ou dou em doida
(duas semanas que meti de ferias estão a ser de mais)
 

 

publicado às 10:09


este tango é meu

por R.Cheiros, em 28.03.08

 

Pode ser um vício!

Ou um prazer que nos libera a adrenalina,

Faz o sangue ferver até nos pode levar ao clímax,

Faz o corações bater!!!!!

-Dança comigo!!!????

"Cada um tem o seu “tango"

O tango inebria a alma faz ganha asas, flutuar na melodia, mergulhar na música 

A dança é um bichinho que depois de instalado:

Nos dá sentimento e  nos tira a razão

Nos leva para outra dimensão

É uma verdade escondida na ilusão

Quem já dançou o tango sabe do que estou a falar..

  O tango é a dança mais sentida e mais verdadeira das muitas que têm aparecido

.

Vem...juntos tocaremos as nuvens...

A sala só nossa os deuses serão a nossa assistência...

Olha para mim... No fundo dos meus olhos...descobre os segredos desta dança...

Sim, ensina-me a dançar...

Os corpos desenham coreografias

Suspiros que nos envolvem...

Os corpos estremecem...

E levados por ofegantes passos de dança...de amor e entrega...

E no compasso deste tango...sonhamos...

 

A sensibilidade em captar nuances transforma a dança em algo magico e esta’ especialmente presente quando se dança, temos a sensibilidade em sentir e perceber o que o outro quer fazer.

Fala-se mal, existem polémicas em torno do tango, mas quem dança encontra sempre razões e encantos, que, frequentemente, tornam o tango viciante.

Pulsa para ver la imagen a tamaño real

o tango é um jogo de sedução


Histórias de mulheres e homens que se apaixonam perdidamente.

Dança de mulheres de má fama.
Encontros e histórias passionais enganos, desenganos., e traições

E a historia de que o tango é machista

  

É sensual e envolvente, a mulher aceita a marcação  do homem não para se submeter simplesmente para ser conduzida, seguimos o homem não numa actividade passiva mas porque a nossa parte é mostrar toda a sensualidade do tango.

O “Abraço” ou o contacto dos corpos é seguramente a última coisa em que pensamos!

Ultimamente tenho praticado, nada melhor para tirar o pó do corpinho que dançar e se for junto ao corpinho de um bom parceiro....

A primeira vez que vi dançar e experimentei o tango foi (longe)....

Originário da argentina começou por ser dançado nos prostíbulos de Buenos Aires

Actualmente TEATRO DA LUZ "Dom Luís Filipe" "Carnide"todos os  sábado.

Brincadeira mas não resisto..

Esta mesmo muito bom


publicado às 23:00


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds