Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Essa tal felicidade.

por R.Cheiros, em 05.05.08
A FELICIDADE !SABEM O QUE É A FELICIDADE?
   Felicidade é um estado mental, portanto a verdadeira fonte de felicidade reside na mente, não em circunstâncias externas.


Às vezes a Felicidade está onde menos se espera, no lugar onde raramente a procuramos: no nosso dia a dia.

"É claro que vamos chorar e rir nesta vida. Algumas vezes nem vamos  poder ter o que desejamos. Outras, vamos conseguir o que queremos. Mas na verdade, isso é a Felicidade?
Porque a Felicidade pura, integral, ainda não está ao alcance de todos, por mais rico ou poderoso que seja.
Sim, claro que existem os conhecidos momentos de Felicidade: o carro novo, o nascimento do filho, a promoção no trabalho, etc. Todas estas coisas que nos dão aquela sensação inebriante de que tudo está perfeito e que naquele instante até podemos tocar a tão ansiada Felicidade com as mãos. Todas estas coisas também fazem parte da Felicidade, mas apenas são um fragmento dela.
Mas se pararmos para olhar e voltarmos no tempo, veremos que antes desta Felicidade acontecer, passaram se dias e mais dias em que para nós, aparentemente "não aconteceu nada".
Na verdade passaram se dezenas e mais dezenas de momentos que poderiam ter sido felizes, mas que nem prestamos atenção neles para que germinassem e florescessem.
Na realidade, aquilo a que chamamos Felicidade é simplesmente a soma de todos aqueles momentos que pudemos tornar felizes no decorrer da vida, por mais simples que sejam. Óbvio não? Mas não deixa de ser uma verdade.
Mas no dia a dia o que fazemos é ficar à espera do "Momento feliz". Porque ao invés disso não nos acostumamos a fazer o nosso momento feliz? Melhor: fazer momentos felizes, vários deles, todo os dias.
No nosso processo mental, o que normalmente acontece é que sempre  esperamos pela cereja do bolo: engolimos o bolo rapidamente já a pensar na cereja. Ou seja: na verdade não comemos o bolo, não desfrutamos o sabor do bolo, estamos mesmo concentrados na cereja. E quando chega a vez de prová la, ela acaba tão rapidamente quanto apareceu.
E este tipo de comportamento surge no decorrer de toda uma vida: não estudamos no liceu e sim queremos ir para a Universidade. Quando chegamos na Universidade, queremos sair o mais rápido possível e trabalhar. Quando chegamos ao trabalho, queremos a promoção imediata .Nada de anormal nisso: todos queremos ser felizes. Mas no caminho ficaram dias e mais dias que não foram aproveitados para sermos felizes.
Nesta caminhada, não podemos  dar-nos ao luxo de nos esquecer de todos os minutos, horas e dias que simplesmente "jogamos fora". Momentos que não voltarão e que nos lembraremos deles quando formos velhos. E aí sim, pagaremos todo o ouro do mundo para termos este precioso tempo de volta.
Mas não se sinta culpado: isso é apenas questão de preparação, de educar se para detectar estes momentos do quotidiano .Ou seja: o importante não é marcar 10 pontos em um jogo e a seguir perder os demais. Na realidade, quem ganha o campeonato é a equipa que consegue marcar um ponto aqui, outro ali, e na soma final ter a média vencedora.
Permita-se  em  todos os dias de sua vida. Ou pelo menos, tente que a maioria deles sejam vividos plenamente."

(retirei alguns trechos do livro "A Felicidade é Para Poucos" de Danyel Sak)

publicado às 10:07


Até que a morte nos separe ??

por R.Cheiros, em 22.04.08
 

 

Todas as pessoas casam para viver felizes para sempre, mas a verdade é que há cada vez mais existem  uniões que de facto não resultam.

Ou será que é possível viver o "conto de fadas" e acreditar que não é só nos desenhos animados que o amor é perfeito???

Nem sempre é o que gostaríamos de ter, mas  permitimo-nos esquecer o peso do dia-a-dia e quase nos convencemos  que o nosso é um amor-perfeito.

Uma amiga minha costuma dizer que tem falta de sorte. Não, não é no jogo. Mas porque não encontrar o homem certo. O certo não é o "perfeito", porque isso não existe...

O certo, ou seja, o “tal” o que a toca, contraria, que a tira do sério, e que sorte, das sortes, ela também o consegue tirar do sério.

Já tentei rebater com todos os argumentos que tenho e alguns que invento, mas tenho que lhe dar razão.

Diria eu que é pura sorte. Existem aquelas patacoadas do costume, personalidades compatíveis, gostos idênticos, empatia, o teu interior é lindo...o olhar blá blá blá , mas alguém tem duvidas que a sorte também lá está?

Amor eterno... O tanas é que é eterno. Podemos apaixonar-nos, até mesmo ser correspondidos, mas as probabilidades de ser o (tal) que vamos ser felizes para a vida toda é quase idêntica à de acertar no primeiro premio de euromilhões.

E não é só porque uma mulher encontrou um marido teve filhos lindos, tem uma casa maravilhosa, tem amigos, viaja todas as ferias, tem o carro da moda que é necessariamente feliz.

Não é porque uma mulher  é alta executiva, cargo invejável, conhece o mundo todo, é assediada bonita, bem vestida e culta nem sempre é feliz...

Para ser feliz é preciso encontrar alguém e ter filhos.???

Essa é a base da nossa criação, mas não é verdade. Encontrar alguém é óptimo, ter filhos é maravilhoso, mas não são garantias da felicidade que procuramos ou que tanta gente apregoa.

Assim como ter sucesso na vida profissional também não é garantia de nada. Ser feliz está além dessas conquistas.

Conheço casais que vivem juntos por comodismo, casais desgastados, casamentos de fachada, maridos com amantes, falta de respeito, falta de carinho,mulheres sem auto-estima, casadas ou não, executivas ou não. Assim como homens mas dizem que são felizes... E fazem do casamento uma bandeira.  Entre eles o sexo pode ser excelente ,mas...

Mentira!!? Pois sim...

Descobri ao longo do tempo que o objectivo da vida de alguém não está em ter um marido, um excelente emprego ou algo assim.

O nosso objectivo aqui é sermos felizes. Ser feliz é ou deveria ser a prioridade de todos. E ser feliz implica em fazer o que nós gostamos e não o que disseram para a gente gostar.

 Não sei se estou a fazer  entender... Perdi um bocado a ilusão do amor eterno embora acredite que pode haver casamentos felizes (com mais ou menos amor) mas relativamente felizes

O amor eterno é possível?? Num Mundo Perfeito possivelmente sim! Na terra dos Homens dura quando muito ( "que seja eterno enquanto dure". )Até que a morte nos separe já era...Ou será que não?

É agora é altura para responder à pergunta sobre a existência ou não do amor eterno. A resposta é que ele é possível... Quando o mundo for perfeito.

-

-

 (Bom... vou fazer mais uma avaria ao cabelo. O azul sempre me ficou bem!!)


publicado às 11:59


Limpezas e sexo

por R.Cheiros, em 15.04.08

Os homens que colaboram mais com a limpeza da casa fazem mais sexo.

                                                              

homem lavando pratos

Uma pesquisa americana comprovou que os homens que ajudam as  suas mulheres nos serviços domésticos fazem mais sexo.

A pesquisa foi feita pelo Conselho sobre Famílias Modernas

Uma  boa causa para os homens aderirem. E não é só o sexo que aumenta, a felicidade do casal também vai para alturas.

"As mulheres dos maridos que participam das tarefas domésticas sentem mais interesse sexual e afeição pelos maridos",

 É isso mesmo. A informação é da agência de notícias Associated Press .

 

Vecês ainda acham que os homens tem muito que aprender com as mulheres!!!!???

 

publicado às 15:32


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D