Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Quadro comparativo: Jogo da vida.

por R.Cheiros, em 27.09.08

Saudade é das palavras mais bonitas da língua portuguesa e acredito que também das mais utilizadas.. É um sentimento tão próprio e embora tenha o mesmo significado cada um de nós o encara à sua maneira.Eu gosto de sentir saudades….Só se sentem saudades de alguma “coisa” ou pessoas que nos foi ou é importante. 


 Hoje por acaso encontrei uma colega da época da escola. Ela estava com um homem  que deveria  ser o marido ou o  “namorado”.

Continua muito bonita, trazia um relógio  que me chamou  atenção( eu sou fanática por relógios) Não tem  rugas ou tem muito poucas , mas já se percebe um certo  ar de  maturidade próprio da idade . O cabelo com um corte moderno, de ténis e calças de ganga bem justinhas e uma t-shirt  bem janota, achei que lhe ficava muito bem num corpinho muito em forma  e que ninguém diria que já vai a caminho dos c…..  entas!

 

Não perdeu o habito de andar com a caixa das chicletes atrás (tal como eu ) e lá estava ela a morder a pastilha sem dó nem piedade.
Na mão tinha um pacote de ração para gatos. Certamente tem "bichanos" . Algumas coisas que temos em comum.


Estavam na mesma loja em que estava o "meu mais que tudo" e eu, uma loja de informática com uma secção de jogos de computador  e coisas do género.
Saudades… foi a primeira palavra que me lembrei quando olhei para ela.


Existem alturas que gostava e tenho vontade de reencontrar várias pessoas que fizeram parte do meu passado.

Era engraçado fazer um quadro comparativo, pode saber o que restou daquelas “meninas” que tinham a cabeça cheia de sonhos…Que se juntavam para falar de tudo e de nada contar segredos, fazer algumas "asneiras"e que esperavam tanto da vida.


O que sonhava-mos na época em que estávamos na escola?
O que pretendíamos?
Os nossos ideais de certo ou errado ?
Quais foram os acontecimentos mais importantes?
Nesse mesmo quadro, existiria um espaço designado ao presente, registar o que fazemos hoje.
 Continuamos os estudos? Que profissão seguimos? Casamos? Tivemos filhos? Moramos onde? Que ideias mantivemos ? Que sonhos perderam o sentido? Ainda mantemos os mesmos ideais de certo e errado?
E ainda nesse quadro, reservava um espaço para o futuro.
O que pretendemos? O que esperamos dos próximos anos? Teremos netos? O casamento será eterno? Teremos sucesso na profissão escolhida? Mudaremos o rumo?


E por último, o meu quadro teria um espaço para observações a respeito das relações de causa e consequência existente entre os fatos. Que acontecimento importante desencadeou outro que se faz presente agora? Como cada situação nos trouxe até o ponto actual?

A partir disso, o que esperar do futuro?

E, afinal, o que nos colocou frente a frente hoje, nessa loja de jogos? O Jogo da Vida.

 

E já agora por falar em jogo… o meu sonho de ver o Sporting ganhar ao Benfica no primeiro jogo importante da época foi por agua a baixo..
 
 

publicado às 23:31


Traição = Acto ou efeito de trair!!

por R.Cheiros, em 22.09.08

 

 

(Conversa ao almoço)

-O fim de semana passa a correr este então foi muito mal aproveitado..
- É....
-Tinha pensado ir ao cinema e jantar fora com o (...) mas saiu tudo ao contrário
-Pois...
- E o teu, como é que foi?
-Passou..
-Só isso, passou..?
- Sim!
-Credo mulher, o que se passa? pareces um zumbi
Escondida, atrás da chávena do café, ela  estava  imóvel e calada, olhava!!
-O que se passa, hoje estas muito calada?
-Nada, apenas estou a pensar...
-E posso saber em que?
-Já algumas vez traíste?
-What???
-JÁ? Sim ou não..
-Estás ta passar, não? O que é que se passa contigo?
-E então...  Sim ou não?

Ups, hora de me questionar...;)
Este é o momento que depois desta pergunta  me questiono o que é realmente uma traição e o que a caracteriza.


Traição = Acto ou efeito de trair
A traição é, com certeza, um dos maiores dramas sentimentais da humanidade. Não é à toa que muitas vezes lhe  recai sobre os ombros a culpa de muitos crimes passionais...

 

Há quem diga que para  trair basta pensar em outra pessoa que não seja aquela com quem se  tem um relacionamento. Outros  há que traição é  só quando se beija ou pratica sexo com outra pessoa que não o companheiro/a.

Uns dizem  que fidelidade não existe assim como infidelidade porque ninguém é dono de ninguém..Existe  também quem diga que não consegue ser infiel ou fiel...


Olho para mim, e eis que me vejo como uma mulher exclusivista possessiva e até ciumenta. Portanto traição é imperdoável até um flirt amoroso ou não pode ser traição, um desejo escondido então ...

Um saltinho há cama da vizinha  ui ui é um crime sem direito a fiança ou pena suspensa é pena de “morte” e não se fala mais nisso.


 Mas também sou racional e tenho duvidas. Não sei se a natureza do se humano  é ser  monogâmico ou se é uma invenção da sociedade e principalmente do homem macho em relação há mulher.. 

Eu acho que por instinto e por natureza o ser humano é poligâmico.


Como ser pensante e vivinha da silva ( que estou) e muito  racional, porque lá isso também sou,  eu sei que não se controla o desejo, não se controla a paixão e muito menos existem certezas absolutas. E nada impede que qualquer um de nós ame uma determinada pessoa e se apaixone por outra. (quem disser o contrario está a querer tapar o sol com a peneira)


Pergunto-me eu se não seguir esses impulsos, esses desejos é que é traição?? A pior de todas, a traição para com o próprio!

Trair não  é  muito mais que dar uns amassos, beijar, desejar, ou dar umas cambalhotas escondidas? (Ou será que alguém ainda pensa que trair é só dar umas quecas por fora?)

 

Já conheci casais que mantém uma relação totalmente aberta, para eles  o fato do outro sair, envolver-se, beijar ou até dar uma escapadinha com  outra pessoa não é uma traição.

Outros só de pensarem na mulher na cama com outro são capazes de ter um enfarte e elas de sair de faca na liga atrás do meliante:).


Eu pessoalmente acho muito "perigoso" e uma falta de respeito um relacionamento tão liberal.. São intimidades e no meu ponto de vista existem coisas que não se partilham por ai..... (e já a minha mãe dizia: quem não quer ser lobo não lhe veste a pele...)

Até podemos encontrar alguém que nos balance... Mas sexo por sexo não leva a lado nenhum a não ser a uns fugazes 15 minutos de prazer.


Afinal o que leva alguém há traição?
O homem trai por um corpinho danone  um traseiro mais empinado ou  um par de mamas maiores.

A mulher trai por um carinho um olhos nos olhos e por atenção.


Em que circunstancias existe uma traição?
O amor é uma vacina que imuniza a todos contra o vírus da infidelidade?
Nem sempre...
Existem tantas formas de traição... Cada vez mais inovadoras..


(retirei este excerto da net e achei graça )

Trair e teclar, é só começar
A internet criou uma nova maneira de ser infiel: começa com mensagens, evolui para confidências, logo entra no reino das fantasias sexuais. Quando menos se espera, o marido ou a mulher já estão a teclar sem parar com um desconhecido. Mesmo que nunca se transfira para a vida real, é traição e magoa do mesmo jeito 

 
Uma traição é sempre uma traição independentemente do sexo de quem a  prática, agora a interpretação que cada um faz da traição é que é diferente.
Invariavelmente aparecem as desculpas.... Mas há quem não acredite na boa fé do perdão da traição?

 

Infiel é quem não tem auto-estima e precisam de se afirmar? Ou o desejo pode falar mais alto...
 
Já o Chico Buarque canta:  "Eu te perdoo por te trair".

 

 

 

publicado às 13:37


Aventuras de uma semana banal

por R.Cheiros, em 24.06.08

Saltar
Começar o dia a saltar (no verdadeiro sentido do termo) porque percebi que há sempre alguém disponível para me transportar mas só de carro o resto está por minha conta. Portanto tudo é feito só num pé. "

( Agora entendo a dificuldade do Saci ,para que se lembra do Sitio do pica pau amarelo)


Arrumações.
Vá lá saber-se porquê, esta semana os meus roupeiros estão  um "brinquinho"...um verdadeiro mimo, com caixas e caixinhas, tudo separado e roupa por cores...

 

Cozinha
Experimentei uns petiscos novos e fiz sobremesas todos os dias daqui a pouco começo a crescer para os lados.

 

Compras

(Nestes dias de "prisão" forçada tirei um dia para "soltar a franga")
Sou consumista até há 5ª casa.... O meu "mais  que tudo" diz-me até que vou viciada, (consumista compulsiva) Trapos e mais trapos, até ao trapo final. Indecisa entre um modelito verde, ou um preto eis a questão! Decisão a tomar tendo em conta as sandálias que só posso experimentar num pé (Ainda dizem que viver é fácil)

 

Almoço
Almoço fora com duas amigas das compras. Largo dos restaurantes no espaço comercial um tipo “giro" a passear-se no restaurante com uma criança e de repente, ter o tipo colado à nossa mesa, a dizer "Matide diz olá à menina que tem dói dói ". A menina era eu! E no final, quando estava a ir embora, entre beijinhos à criança "que é algo que me derrete nos homens" um descarado... "Matilde diz adeus". E a miúda disse adeus mas para outra mesa :))). Giro mas limitado...Resultado: uma sonora gargalhada!


Sem pachorra
Ando literalmente sem pachorra para as conversas de sempre, para as mesmas pessoas, sem paciência para ouvir as mesmas histórias vezes a fio...para a corte e costura de sempre.


Leituras
Estou a meio do livro de um amigo (J C) que me foi enviado por e-mail, bastante interessante e recomenda-se. Ao mesmo tempo que estou a terminar“O menino que sonhava chegar à lua” de Sally Nicholls recomendo é de cortar a respiração e fica aqui o resumo para vos aguçar o apetite.


Filmes
Voltei a ver o fiel Jardineiro e o Paciente inglês e claro Sete anos no Tibete um dos meus filmes preferidos .


Musica
Comprei dois Cds. Cámane : Sempre em mim . Mariza : Concerto em Lisboa pelo fantástico preço de 9.95€)

 

Trabalho
Semana sem trabalho no escritório não é semana que valha a pena. Já tirei os pontinhos do pé o “ponto cruz” não ficou mal de todo. Não marquei ainda o médico porque foi uma semana de férias,...


Blogue
Vou escrevendo umas coisas... Que vai dando uma ajuda.Eu diria mesmo uma preciosa ajuda. Sinto-me farta de estar “parada” :)
 

 

Estado de espírito
SOCORRO precisa de ir trabalhar urgente ou dou em doida
(duas semanas que meti de ferias estão a ser de mais)
 

 

publicado às 10:09


Motel

por R.Cheiros, em 20.06.08

 

Rosa não se aguentou e contou à Lurdes:

 

- Viram o teu marido  a entrar num motel.


A Lurdes abriu a boca e arregalou os olhos. Ficou assim, uma estátua de espanto,durante um minuto, um minuto e meio. Depois pediu detalhes.


 - Quando? Onde? Com quem?

- Ontem. No Discretíssimu's.

- Com quem? Com quem?

- Isso eu não sei.

- Mas como? Era alta? Magra? Loira? Coxa de uma perna?

- Não sei, Lu.

- Carlos Alberto me paga. Ah, se me paga.

Quando o Carlos Alberto chegou a casa Lurdes anunciou que iria deixá-lo e contou por quê.

- Mas que história é essa, Lurdes? Tu sabes quem era a mulher que estava comigo no motel. Eras tu!

- Pois é. Maldita hora em que aceitei ir. - Discretíssimu's! Toda a cidade ficou a saber. Ainda bem que não me identificaram.

- Pois e então..?

- Pois e então, que eu tenho que te deixar . Não vês? É o que todas as minhas amigas esperam que eu faça. Não sou mulher de ser enganada pelo marido e não reagir.

- Mas tu não foste enganada. Quem estava comigo eras tu!

- Mas elas não sabem disso!

- Eu não acredito, Lurdes! Tu vais cabar com o nosso casamento por isso? Por uma convenção?

- Vou!

Mais tarde, quando a Lurdes estava a sair de casa, com as malas, o Carlos Alberto ainterceptou-a. Estava sombrio:

- Acabo de receber um telefonema - disse. - Era o João.

- O que é que  ele queria?

-Fez mil rodeios, mas acabou por me contar. Disse que, como meu amigo, tinha que contar.

- O quê?

- Tu foste vista a sair do motel Discretíssimu's ontem, com um homem.

- O homem eras tu!

- Eu sei, mas eu não fui identificado.

- E não disseste que eras tu?

- O quê? Para que os meus amigos pensem que eu vou a motel com a minha própria mulher?

- Pois e então?

- Pois e então,desculpe, Lurdes, mas...

- Mas o quê???

- Vou ter que te dar uma tareia.

 

-Não vês? É o que todos os meus amios esperam que eu faça. Não sou homem de ser enganado pela mulher e não reagir.

 

Moral da historia:

A maneira mais fácil e mais segura de vivermos, consiste em sermos, na realidade, o que parecemos ser....
 

publicado às 10:10


Íntima

por R.Cheiros, em 16.05.08

 

Tem que se saber escolher  para surpreender

Como escolhemos a nossa ligerie?

Saber escolher a certa é tão importante para levantar a auto-estima de uma mulher como uma ida ao cabeleireiro ou uma tarde de compras.

Estou na fase de valorizar  a  roupa interior mesmo quando não tenho oportunidade de a mostrar.

Numa conversa de mulheres depois das compras veio á baila a ligerie, umas acham muito importante outras não tanto, afinal não anda a mostra e é para tirar mesmo:)

Bom, quando as mulheres se juntam a falar destas coisas é divertido e fazem-se todo o tipo de filmes...

Ora é bem possível  que o  teu  mais que tudo  (ou um ilustre desconhecido) te convida para jantar.... Pois é!!

Vão a um restaurante super romântico, o jantar corre maravilhosamente bem à luz de velas.

De seguida, vão dar um pezinho de dança, beber uns copos.

Tu  sentes-te linda e resplandecente, eu diria mesmo maravilhosa;)

Escolhes  o teu melhor vestido, cuidas ao pormenor do teu  corpo, do teu cabelo e da tua maquilhagem e estás pronta.

Achas que não te esqueceste  de pormenor nenhum e acreditas que a noite vai correr às mil e uma maravilhas.

Depois do pezinho de dança decidem ir para casa....

Os beijos começam e o ambiente aquece muito rapidamente.. Beijo aqui, beijo ali e a vontade de tirarem a roupa um ao outro é cada vez maior...

Mas, de repente,  tu  lembra-te de uma coisa super importante: como é que vais ter coragem de tirar a roupa se a lingerie que tens vestida  está velha e esgaçada?? Ó diabo....

Lá se vai a boa noite de sexo lol

Este detalhe é super importante e não penses que os homens, no calor do momento, não reparam nesses pormenores.

Claro que sim, alguns são mais cuscus que nós mulheres: A lingerie é algo que lhes aguça o apetite e lhes estimula a imaginação.

Como mulheres, não podemos deixar estes pormenores ao acaso e devemos dar tanta importância à roupa interior como a qualquer outra peça de roupa ou adereço.

Também nunca, mas nunca  caias no erro de apenas te  preocupares  com a lingerie que veste quando pensas que vais ter oportunidade de a mostrar, (sabes lá..)

Primeiro: Muitas vezes as grandes oportunidades surgem quando menos esperamos e depois não devemos encarar a lingerie apenas como um estimulo para os homens mas sim como uma maneira de nos sentirmos bonitas e com a auto-estima elevada.

Pois... conversas de mulheres... eu escolho a minha pelo conforto e pela minha forma de estar na vida..

 

Existe para todos os gostos:Básica -Branca ,Preto, carne/Fetiches -Lingeries cheias de segundas intenções /Fio dental -questão de gostos.../Românticas-Com flores, rendas, frufrus e muito romance /SEXI-Transparências e ousadias na medida certa para seduzir

 

??

 

 

publicado às 11:51


Mimos

por R.Cheiros, em 14.05.08

 De início quando comecei a fazer este blogue dava e dou umas voltas por outros que gosto de ler. Confesso que uma das coisas que me fazia grande confusão era uma das expressões utilizadas abundantemente neste “meio” a facilidade com que toda a gente utilizava a palavra "amizade". Todos nós sabemos que a "amizade" é uma coisa de valor e até se diz que pobre daquele que não tem amigos. Eu normalmente tenho por hábito de dizer que tenho muitos conhecidos amigos são poucos mas bons. Isto tudo para dizer que achava estranho que por aqui são todos muito amigos. Hoje eu própria utilizo essa palavra varias vezes por dia no relacionamento que mantenho com algumas pessoas de blogues que eu gosto. Não sinto que seja uma contradição. Numa sociedade tão individualista onde ninguém quer saber de ninguém e que impera a lei do mais forte neste espaço virtual parece que é precisamente o contrario. Descobri que afinal no fundo ainda gostamos das outras pessoas ainda damos mimos e que fazemos questão de passar nem que seja para dizer bom dia. Descobrimos pessoas interessantes e pode ser uma “amizade” bem mais genuína porque é sem interesse algum, afinal nem sabemos quem esta do outro lado. Eu tenho este mau hábito de me esticar nas palavras e acabo por fazer testamento de uma coisa que se podia resumir em poucas palavras: Recebi estes dois mimos de uma amiga virtual que gosto de ler:pingodemel. Agradeço que se tenha lembrado de mim é sinal que também gosta de ler as minhas baboseiras. Os mimos são estes:


  Este é bem castiço não é?

 

Thanks to you Mel.
E mais um que diz uma verdade: um amigo vale ouro.
 
Aqui há uns tempos li num suplemento de fim-de-semana desses que fazem parte de alguns de jornal de grande tiragem o seguinte: "«Se houvesse um concurso das coisas mais idiotas que nos perturbam a existência, seria de caras a mania dos blogs.“ Eu (Ramo de Ceiros)Concordo é uma moda ou mania como outra qualquer.. Assim como é moda estes comentadores da treta agora em todas as televisões e revistas quem tem a mania que sabem tudo e não dizem nada. E continua:"« Estamos claramente perante o uso indevido de uma tecnologia que até podia ter algum interesse. Bastava que o blog fosse usado para dar conta do que verdadeiramente nos pode interessar sobre os outros cidadãos .»”.Também eu compro o jornais para ler a notícia X ou a Y e tenho que levar com um gajo que tem a mania que sabe tudo que fala dos globos de ouro de quem levava o vestido in ou mais caro ou a falar do restaurante XPTO onde comeu a sopa W .Isso realmente interessa-me muito e é uma notícia primordial para sair no jornal ou deve contribuir em muito para a felicidade dos portugueses. Agora digo eu: Estamos claramente perante o uso indevido da escrita que até podia ter algum interesse.
Agora vou passar estes mimos a:
e de volta à:Mel
 
Estão mimados o resto é convosco:)
 
PS: Mimos sim mas por favor não me entupam a caixa do correio com e-mails de anjinhos e correntes porque com tantos anos de azar por não enviar nenhum nunca mais vou ter sorte:))
Tenho dito.
 
O mimo extensivel a quem me visita;)
 

publicado às 09:12


desafio

por R.Cheiros, em 07.05.08

A minha amiga Mel desafiou-me a nomear 6 coisas sem importância...mas com já respondi a um parecido vou acatar a sugestão dela e passar a  nomear 6 coisas importantes para mim sem as quais dificilmente viveria.

  • Filhos- Uma das minhas razões de viver
  • Família- É o meu clã
  • Sonhos- Alimento da vida
  • Amor -Ninguém viver sem amar e ser amado
  • Amigos- Ninguém vive isolado
  • Trabalho- Preciso para me sentir útil ( e porque gosto de comer)

Não vou passar a ninguém mas desafio todos os que por aqui passam.

-

(diazinho difícil)

 

publicado às 23:26


Nós mulheres gajas

por R.Cheiros, em 06.05.08

Porque hoje me apetece!! Vou falar de sexo, que é o mesmo que dizer vou falar de mulheres, ou seja vou falar de nós gajas.

Já faz  uns tempitos de venho lendo todo o tipo de blogue de "gajas"que se encontram a nossa disposição, crescem como cogumelos, parece que todos os dias existem 4 ou 5 novos, se não for mais.

Reparo que 99% tem uma coisa em comum (desejo, tesão, sexo..) ou mulheres mal amadas.Não deixa de ser curioso, comparado com blogue masculinos. Os nossos em matéria de sexo batem os homens em largos pontos.(Salvo raras excepções)

Sim, dá-me um certo gozo ler alguns deles, consigo dar umas valentes gargalhadas.

Sinceramente  que me tenho perguntado algumas vezes, se somos um país de mulheres mal "fodidas"ou se andamos todas com as hormonas  á flor da pele?

Possivelmente temos estado escondidas, (presas) claro que a internet veio ajudar muito, aqui podemos ser "tudo", dizer "tudo", por para fora os nossos desejos mais secretos, afinal basta umas fotos ousadas (coisa que abunda por aqui) e escrever umas palavras de fazer corar as pedras da calçada, e pumba, esta feito.

Agora falando muito a serio, o que é que se passa connosco, gajas...?

Será que precisamos tanto de falar sobre as nossas males de amor ? E de sexo de uma forma (vulgar) porque nos faz sentir poderosas...?? Ou é mesmo desejo de por em pratica tudo o que escrevemos e não temos coragem para isso..???

Tenho cá para mim, que este é o nosso lado oculto de "meninas más" que na vida real fica muito aquém do que aqui escrevemos.... Será que estou errada.???

Não tenho assim..... Tanta experiencia de vida, afinal tenho 46 anitos, mas tenho alguma, e de todas as amigas que tenho, parece que ao vivo e a cores nenhuma de nós é assim. E tambem falamos de homens....e sexo. Porque aqui entre nós,muitas mulheres juntas.... Hum, as conversas podem ser sobre tudo..:)).

Curioso  é que  não são só as mulheres mais jovens, na casa dos vinte e poucos anos, trinta, supostamente deveriam ser essas as mais liberadas, as que escreveriam mais abertamente de sexo, (talvez outra geração, questão de mentalidade) pois é completamente errado, que se desengane quem pensa isso.É mais abrangente.

(A fase de que depois dos 40 se morre para a vida está ultrapassada.)

Concordam  comigo que é depois dos quarenta que se começa a viver? ou pelo menos a termos "aquela" segurança....

Só esta connosco quem quer, não fazemos frete, gostamos muito mais de nós, sabemos o que queremos, sabemos dizer não, e a ultima palavra passou a ser nossa.

Chorar só se for de tanto rir.

A calma é das nossas melhores armas.

Aprendemos a conhecermo-nos.

Enfim, estamos na "tal" idade...

A esta hora estão algumas a pensar: Esta tipa é doida o meu blogue não fala de sexo muito menos de forma vulgar.(Existem os restantes 10%) Pois é minhas amigas não fala mas essas mesmo “puritanas” que estão a pensar isso são as que normalmente fazem os comentários anónimos ou ainda aquelas que adicionam tudo quanto é blogue de sexo como amigos. Depois há ainda aquelas ou aqueles fico na dúvida, que enviam e-mails tão brilhantes como eles próprios.

(Um à parte)

"E aproveito para informar que não sou gajo"

Bem.... Vou tomar um  isto é só a minha opinião e vale o que vale!

Fui repescar este post ao meu antigo blogue

 

publicado às 10:13


E mai nada!!!

por R.Cheiros, em 24.04.08

Mais de 40!!!

 ESCRITO POR ANDY ROONEY, APRESENTADOR DO PROGRAMA DA CBS "60 MINUTES"

Para todas as mulheres com mais de 40 anos... e para aquelas que têm medo de entrar nos 40... e para os homens que têm medo ou que não sabem lidar com mulheres com mais de 40!
À medida que vou envelhecendo, valorizo cada vez mais as mulheres com mais de 40 anos. Estas são apenas algumas das razões porque o faço:
- Uma mulher com mais de 40 nunca te acordará a meio da noite para perguntar "Em que é que estás a pensar?". Ela não se importa com o que tu pensas.
- Se uma mulher com mais de 40 não quer ver o jogo de futebol, não se senta a teu lado a lamentar-se. Ela faz alguma coisa que queira fazer. E, geralmente, é algo mais interessante.
- Uma mulher com mais de 40 conhece-se suficientemente bem a si própria para estar certa de quem é, o que quer e de quem o quer. Poucas mulheres com mais de 40 anos ligam alguma ao que tu possas estar a pensar sobre ela ou sobre o que ela está a fazer.
- As mulheres acima dos 40 têm dignidade. Raramente terão uma discussão aos gritos contigo na ópera ou no meio de um restaurante chique. No entanto, claro, se tu mereceres, não hesitarão em dar-te um tiro.
- As mulheres mais velhas são generosas nos elogios, muitas vezes não merecidos. Elas sabem o que é não ser apreciado.
- Uma mulher acima dos 40 tem segurança suficiente para te apresentar às amigas. Uma mulher mais nova acompanhada de um homem ignora frequentemente até a melhor amiga porque não confia no homem perto de outra mulher. Uma mulher com mais de 40 não se podia estar mais nas tintas se tu te vais sentir atraído pelas amigas dela, não porque confie em ti, mas porque sabe que elas não a trairão.
- As mulheres tornam-se psíquicas à medida que envelhecem. Nunca terás que confessar os teus pecados a uma mulher com mais de 40. Elas sabem sempre.
- Uma mulher com mais de 40 fica bem a usar um batom vermelho brilhante. O mesmo não se aplica às mulheres mais novas.
- Depois de ultrapassares uma ou outra ruga, vais ver que uma mulher com mais de 40 é de longe mais sexy do que qualquer colega mais nova.
- As mulheres mais velhas são correctas e honestas. Dizem-te imediatamente que és um idiota se te estiveres a comportar como tal. Nunca tens que tentar adivinhar em
que pé estão as coisas entre vocês.
Sim, nós elogiamos a mulher com mais de 40 por várias razões.
Infelizmente, não é recíproco. Por cada bela, inteligente, segura e sexy mulher com mais de 40 anos, existe um careca, barrigudo, em calças amarelas a fazer figura de parvo com uma empregada de mesa de 22 anos...


(existe sempre uma alma caridosa para me animar a manhãexcelente e-mail)

Dedico a todas as "meninas" que por aqui passarem

publicado às 10:24


Mulher versus mulher

por R.Cheiros, em 23.04.08

 

Image hosted by Photobucket.com

Adoro manhãs animadas... mas é que gosto mesmo! Hoje foi uma delas.. 

Mas uma das coisas que mais me chateia e me intriga é entre as mulher existir tão pouca solidariedade e ver como conseguem ser tão más umas para as outras.
Hoje  assisti a uma cena que se não fosse cómica seria trágica relacionada com uma (mulher desta empresa) em que sem querer tive de intervir.
Existem muitíssimas mulheres que "odeiam"(podem achar forte a palavra) as suas semelhantes, tanto por ciúmes, por despeito, inveja, como por raiva ou por medo...ou por estupidez pura.
Eu conheço varias "senhoras"  que fazem cara feia ao ter de trabalhar com uma mulher na chefia , vocês não??
Conheço as  que afirmam orgulhosamente ter muitos amigos e poucas ou nenhuma amiga.  As que dizem que não confiam em mulher nenhuma.
Já para não falar daquelas que mostram uma antipatia em relação a qualquer mulher bonita que se atravesse o seu caminho.

As que dizem há boca cheia  que as bonitas são parvas por definição e as feias umas azedas. 

Depois ainda nos admiramos quando os homens dizem que as gajas são umas cabras...

Existem mulheres que desconfiam de tudo o que veste saias , e que até o admitem.

E também há muitas aquelas   que nem sequer  estão conscientes da sua postura, Tenho aqui uma que diz: A culpa da infidelidade do seu marido/amante é de quem? Da mulher que se deita com ele.

E a culpa dele? Como se o homem não tivesse capacidade de escolha e a mulher fosse um ser demoníaco e tentador que o obriga a agir contra os seus próprios desejos.

Não existe essa historia «outra mulher que mo roubou» Ninguém rouba ninguém (só na mente brilhante de algumas iluminadas) porque cada um de nós pertence a si próprio ora bolas.

E  dar ou não quecas corresponde sempre a uma escolha pessoal.

Se uma mulher sabe que outra gaja foi para a cama com um gajo qualquer, qual será a sua maior tentação? Essa mesmo. Contar às amigas até que uma dê com a língua nos dentes e a história da facadinha no matrimónio vá parar aos ouvidos que nunca deviam ouvir semelhante coisa.

O pior inimigo das mulher somos nós mesmas que nos desprezamos e vivemos em constante competição e escolhemos muitas vezes como melhor amigo um homem. Acontece o mesmo comigo, não que não tenha amigas mulheres porque as tenho, mas porque na realidade sinto mais sinceridade para comigo da parte deles, é uma estupidez mas é verdade.

O espírito justiceiro de "gaja" é espalhar aos sete ventos o que viu. As mulheres gostam  é de se "entalar" umas às outras. Se uma mulher vê outra mulher que conhece a conversar com um homem que não conhece, qual será a sua maior tentação? Nem mais. Pega no telemóvel, liga para 27 mulheres  que tem na sua lista de contactos e conta o que viu. Não desliga o telefone enquanto não chegar à firme conclusão que a "gaja" que viu deve estar a preparar-se para meter os cornos ao marido. Por acaso a gaja que estava a falar com um gajo até é muito sua amiga. Mas isso não interessa nada.

Tanta disputa para que???

Vistas bem as coisas vamos ter que viver toda a vida com uma mulher, para o bem e para o mal, nós próprias.

Eu  não partilho a ideia que todas as mulheres são iguais, mas na generalidade as mulheres são completamente cruéis umas com as outras principalmente no trabalho.
Detesta-se umas as outras  apenas porque a (A) é mais  bonita ou porque a (B)tem mais êxito. E ficam muito zangadas quando outro colega  (homem) diz que as mulheres apenas deviam ter uma esfregona na mão e nunca processos ou coisas serias!Aqui entre nós para  para algumas é bem merecido.

Escondemos a nossa fraca auto estima e desconfiamos  de tudo o que veste saias.( e uma vingancinha é proprio de "gaja".

Algumas são tão mesquinhas e vingativas que até faz vómitos .. 
Devia-mos deixar-nos  de nos  considerar rivais e passar a aliadas seguras.

Resumindo : vitimização, hipocrisia, mentira, inveja, intriga, falsidade, são estes os defeitos femininos mais típicos atribuídos à mulher.
Era bem mais fácil para nós darmo-nos mais valor  gostarmos mais de nós e procura “modelos” noutras mulheres. O que acontece muitas vezes é que querem ser como os homens.
O caminho mais fácil para atingir isso começa e acaba em nós.

Porque, quer se queira quer não, por detrás de uma grande mulher está sempre outra mulher: ela própria.
Já vai sendo hora de metermos na cabeça que o futuro está nas nossas mãos, e não no meio das nossas pernas. 


(servidas???)

 

publicado às 11:11


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds