Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Liberdade o admirável mundo novo...

por R.Cheiros, em 15.06.09

De repente ou nem por isso, um mundo novo revela-se aos nossos olhos.

Os telemóveis dizem onde estamos, são facialmente localizados por GPS. Os computadores o que procuramos, a internet democratiza o conhecimento quebra o isolamento ou a fidelidade por exemplo, mas memoriza todos os nossos passos e traça o perfil de quem o utiliza.

As câmaras de vídeo vigilância seguem os nossos passos.

Na rede de tecnologias tão aperfeiçoadas, que nos oferece conforto rapidez e segurança, engenhosos e complexos sistemas de satélite e câmaras de videovigilância que nos prometem proteger do terrorismo e da criminalidade. Inconscientemente tornamo-nos cúmplices de uma sociedade que nos vigia, estuda e observa. É este o nosso admirável mundo novo?

Caminhamos para um mundo em que um chip sob a pele vai conter toda a identificação e informação do indivíduo, para lá da nossa identificação pública. Uma serie de dados que estamos habituados a pensar como sendo do nosso acesso restrito e sigiloso: o nosso historial clínico, cadastro criminal e até o nosso credito bancário.

 Isto é ser livre..?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:18


12 comentários

De Life Inc a 15.06.2009 às 16:23

É bem verdade. Ainda me lembro quando não havia telemóveis e não havia o hábito de ligar ou mandar sms com perguntas do género: ainda demoras? onde estás? e coisas assim... Hoje em dia a nossa liberdade só se for em pensamento...

xoxo
cindy

De R.Cheiros a 02.07.2009 às 15:11

Mudam-se os tempos mudam-se as vontades é o preço da modernidade;)

Não havia telemóvel nem as perguntas onde estas ou demoras mas hoje o onde estas é muito relativo ... podem, dizer que estão no porto mas estão em Santarém;)

De Moira a 15.06.2009 às 18:02

É por essas e por outras que não me apanham no facebook ou no twitter e outros que mais.
Qualquer dia querem passar despecebidos e é tarde demais.
Eu cá aprecio muito a minha liberdade, e mesmo assim só tenho a que me é possível, porque nos dias de hoje também consegues controlar o pessoal através dos cartões de débito e de crédito.
Beijocas
moira

De R.Cheiros a 02.07.2009 às 15:15

Tudo tem um preço até mesmo a tal dita civilização

Eu já ouvi esse nome mas não faço a mínima do que é o facebook..

Qualquer dia só nos falta um chip para o controle ser perfeito;)

Beijoca
Paula

De David Silva a 16.06.2009 às 01:11

Olá amiga!
Faz imenso tempo que não comento os teus posts ... hoje liberto-me neste ...
Sabes, fomos nós que assim o permitimos, se pensarmos bem, à alguns anos o que era ficção passa a ser realidade nos nossos dias, o simples facto de votar tornou isso possível ... nós fazemos as nossas escolhas, nós temos andado a construír (ou será a destruír) o nosso futuro e das gerações que se nos seguem!?
Só de pensar que é possível observar em pormenor atraves de satélite uma simples agulha ...
Sim é verdade que para muitos efeitos é bom saber que a ciência evoluiu ... mas isso acaba por deitar por terra os nossos direitos!

Bem é apenas a minha opinião ...

Gosto imenso de te ler ... estás no meu RSS do Outlook assim como imensos dos blogs que gosto de acompanhar!

Beijinho docinho em ti minha querida ...
Fica bem, SEMPRE bem!

David "Lamechas"

De R.Cheiros a 02.07.2009 às 15:21

Olá,
És sempre bem vindo seja para comentar ou só para passar os olhos;)

Este teu comentário dava par grandes desenvolvimentos, ou lá se dava... mas como já disse em outros comentários tudo têm um preço e com tanta tecnologia tanto avança vamos perdendo o que temos de mais puro e valioso, digo eu... liberdade.

Gracias pela preferência:)) e volta quando quiseres
Bj

De José A a 20.06.2009 às 00:50

Poderá ser o sinal que estamos a chegar ao fim da linha...
A ficção científica, que eu tanto gosto, está perto de deixar de o ser e passar para realidade científica...
Bom fim de semana...livre.

De R.Cheiros a 02.07.2009 às 15:25

Tudo na vida inclusive a própria vida é cíclica. Quem sabe não é um fim de ma para um novo recomeço:)

Agora lembrei-me duma serie que dava na TV, espaço 1999 e pensava eu que era uma "mundo" irreal e distante no entanto, voilà…

Resto de boa semana;)

De José A a 05.07.2009 às 01:35

O Espaço 1999, fez parte da minha juventude...hoje tenho todos os episódios em cds e não me canso de os ver. Aquela série, ainda hoje, faz-nos pensar...

De R.Cheiros a 12.07.2009 às 22:54

Também fez parte da minha:)
E há muito que pensar… cada vez mais
Boa noite;)


De Just Moments a 20.06.2009 às 15:56

Olá Rainha!

Quando li isto..há uns dias atrás, fiquei ainda mais pensativa!
Realmente agora , e até mesmo aqui..somos controlados em tudo !..
engraçado..como dantes se vivia sem estas tecnologias, mas éramos mais livres!

Vou dar-te um exemplo..perto do office ..há um café chamado éden..o meu gestor de conta(chique..lol)..não se conteve e lá me perguntou, como quem não quer a coisa..Vai muitas vezes ao Éden..eheh
(o Éden aqui também é uma casa de strip..eheheh)

Séc. XXI??Pois!!

Vá..como se diz: Sigam-me!

Beijocas e um belo fim de semana!

De R.Cheiros a 02.07.2009 às 15:30

Olha a princesa… há quanto tempo…

Mais livres mas também mais condicionados ou seja a evolução é um pau de dois bicos trás vantagens e desvantagens..

Éden, jardim do Adão e Eva, o café perto de ti e a casa de strip que frequente o teu (chique) gestor de conta
Ele é curioso, não ..? olha a pergunta

Beijocas miúda

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D