Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sorte e azar versus destino


 Quando se fala da sorte e azar  é quase como um sinonimo associado ao destino.
Acreditar ou não... Pois... existe quem acredite no destino e quem não acredite, e na sorte idem..

E os que não são radicais a dizer categoricamente : Eu não acredito… Vão ficando em cima do muro … Nem sim nem nin ..


Essa historia da sorte é muito associada ao sobre natural..
Ferraduras atrás da porta, não passar por baixo de escadas, trevos de 4 folhas, não pisar sal, não varrer para a rua à sexta feira, cortar unhas à noite, abrir chapéus de chuva dentro de casa, pousar chapéus em cima da cama, pérolas, etc etc etc enfim… uma serie de coisas associadas á sorte e ao azar  e montanhas de amuletos.
Dizem que partir um espelho dá azar… sete anos! Também não fazem a coisa por menos.. eu hoje parti um por mero descuido!

 

A ideia de sorte está  profundamente enraizada no imaginário popular, eu associo estas coisas todas a crendice ..
Ou seria tão fácil evitar tudo o que nos vai acontecendo e chamamos de azar. Bastava para isso andar sempre munido de  patas e cornos de animais, figas ,ou até de ferraduras.

Se por ventura alguém tem um acidente e manda o carro  para a sucata, mas só partiu uma perna e teve umas escoriações no braço, diz-se logo: Teve muita sorte..!Podia ter sido pior.... Mas isto foi sorte??? E o acidente foi azar?


Sorte, sorte é encontrarmos o que queremos mesmo antes de procurarmos…

Mas ...se não procuramos, é porque não sabemos se queremos ou  desejamos encontrar.... e se não sabemos  se queremos, como sabemos que foi sorte termos encontrado o que encontramos?

 

É destino?
Sorte?? hum.... destino... que foi concebido para ser!
Mas então se o destino existe porque raio é que “lutamos” todos os dias e não nos deixamos simplesmente ficar refastelados em casa no belo do sofá a esperar por ele.. o “destino” Não está marcado? Não é inevitável?

Existe aqui uma grande contradição não é?


Acreditar em destino é viver a prazo.. já tudo está determinado, escolhido, e vai a acontecer… (está destinado)
O destino se é que existe… pode ser alterado, nós podemos! O destino não está marcado, porque nós podemos fazer escolhas, temos livre arbítrio.
Sorte, fado, destino, coincidência... cada um lhe chamo o que quiser ....pois vai dar tudo ao mesmo . A diferença está na nossa maneira de agir.
Isto de  sorte, azar e destino  não é nem mais nem menos que   consequência da nossa  conduta gerada por um comportamento continuado, marcante ou não.


Tudo, mas mesmo tudo, tem solução e pode ser alterado, menos a morte!
Portanto tudo acaba bem… se ainda não está bem é porque ainda não acabou!
( está em nós mudar para melhor… para que acabe bem!)
 
Este  ano está a ser...diferente.  mas eu acredito ....Estou estranhamente calma. Mas continuo com os meus "good fellings"!

 

publicado às 23:17


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds