Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E foi assim que começou...

por R.Cheiros, em 24.02.09

 

(Há precisamente um ano atrás foi este o primeiro post .)

 

Pensamos muito antes de comprar um apartamento, casa ou um carro.

 

Primeiro só pensamos nas vantagens do possível investimento.(travões ABS, vidros eléctricos, ar condicionado, rapidez.. Quantas varandas, aquecimento central, banheira de hidromassagem, com ou sem jardim) e face aos inconvenientes (tamanho do guarda lamas, escassa aceleração, consumo.. Acabamentos, disposição solar, áreas ..)


Se as primeiras superam as segundas, perguntamo-nos :
Vale o que custa? ( É uma pechincha é um capricho? Vale a pena pagar trinta mil euros, ou trezentos mil?..)
Se a resposta for sim, fazemos uma segunda interrogação : É financiáveis o preço? O nosso banco acederá a apoiar essa hipoteca?
Claro que nos comprometemos com o nosso ordenado a pagar religiosamente as “prestações “mais ou menos chorudas todos os meses.
Se a resposta voltar a ser sim, compramos.

 

Com o amor acontece uma coisa parecida.
Primeiro, sentimo-nos atraídos por determinada pessoa por algumas qualidades ou por um modo de ser ,timidez  para quem goste, extroversão , para quem ache divertido, aquela forma particular de coçar o nariz ou a forma encantadora de encolher os ombros..
Outras vezes é alguma coisa inexplicável, física, sabemos que os defeitos estão lá que não gostamos .. Mesmo assim optamos por ir em frente e convida-lo para ir ao cinema, ou enviar-lhe flores, ou  convida-lo  jantar, e decidimos pagar para ver...


Até pode ser uma boa "queca" mas nada de extraordinário mas tem uma boa conversa.
A pergunta que raramente nos fazemos é se estamos emocionalmente preparados para financiar está relação? Se as nossas próprias forças nos concedem credito?
Porque existem pessoas incompatíveis, que nunca deveriam partilhar uma cama e, muitos menos, pensar em viver juntos.


Há casais que vivem numa situação constante de terrorismo intimo em que cada um vai minando inexoravelmente a felicidade, a auto estima do outro.
A porra é que essa pessoa nos atrai como a luz atrai a traça...por muito que se julgue as virtudes não eclipsam os defeitos e as pessoas raramente mudam..
Azar é quando nos apaixonamos por alguém com o intuito de o transformar .

 

Estão a pensar que parvoíce comparar o amor com um carro ou um apartamento... E porque não?
Ao fim e ao cabo, um amor pode ter muito mais influência nas nossas vidas do que qualquer bem material e, assim, porque razões não podemos ter o mesmo cuidado na hora de escolher uma relação?
Pois não temos...
Infelizmente a paixão é   inevitável e incendiaria, a paixão nega a reflexão a paixão queima.
E os cofres dos nossos bancos emocionais nunca estão suficientemente fortes para por entrave na paixão.

 

Balanço: foi divertido e positivo.
Principalmente (não estar aqui) e  poder deixar este post pré editado para hoje.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:37


10 comentários

De intuição a 24.02.2009 às 21:28

E venham mais cinco, duma assentada que eu pago já (para ver)

Vá lá, Não me obriguem a vir para a rua
gritar:)

PARABENS AMIGA

BEIJOSSSS

De R.Cheiros a 25.02.2009 às 09:15

Lá estou eu feita "Amália" de braços no ar, obrigada obrigada..

Beijocas
Paula

De vaodescada a 25.02.2009 às 08:56

Cheiros parabéns pelo sucesso deste primeiro ano. Se conseguiste tantas visitas é porque houve satisfação de quem o visitou. Continue que tenho certeza, outros 100.000 acessos virão, causa-te alegria e satisfação ?. Isso é estimulante, sem dúvida!
Bj

De R.Cheiros a 25.02.2009 às 15:03

Olá
Obrigado
As visitas não é significativo a mesma pessoa pode fazer vários cliques
Agora que me tem divertido lá isso não há duvida:)e enquanto me der prazer estou aqui

De pingodemel a 25.02.2009 às 11:46

olá amiga

:) parabéns e que por cá continues...que eu gosto de te cá ter :)

beijocas

De R.Cheiros a 25.02.2009 às 15:04

Olá Mel e muito bem vinda de volta aposto que feliz e com muitas novidades..

Obrigada por gostares
Beijocas
Paula


De semifrio a 25.02.2009 às 13:37

É divertido e faz-me bem ao stress , didáctico também
parabéns
Beijos

De R.Cheiros a 25.02.2009 às 15:06

Há há e mais barato que o psicólogo, certo?

Beijocas
Paula

De Just Moments a 25.02.2009 às 19:33

Oi RAINHA!!

A CORTE HOJE ESTÁS EM FESTA??

Parabéns e que continues por muito tempo..pelo tempo que te der prazer!!
E sem dúvida que enriqueceste a blogosfera!!

Beijocas

De R.Cheiros a 26.02.2009 às 13:56

Olá princesa:)
Festa propriamente não mas uma notinha que já tem um anito não fica mal, não é?

Obrigada pelos parabéns.

Podes apostar que me dá muito prazer e belas gargalhadas e só assim faz sentido, quando acabar a “pica” vou vender a banha da cobra para outra freguesia

Beijocas
Paula

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D