Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



(Não resisto a partilhar)

 

Este texto foi escrito única e exclusivamente para as mulheres portuguesas, para ser lido e apreciado por elas apenas. Caros leitores, prossigam somente se estiverem de bom humor ou sentirem necessidade de uma auto-avaliação. E se for esse o caso, não levem a mal...

 

Chama-se Manel, é funcionário público e casado com uma Maria Qualquercoisa ou Qualquercoisa Maria. Tem um belo bigode preto, mede geralmente entre 1m60 e 1m70 e pesa mais de 80kg, 50% dos quais acumulados na barriga, portanto é incapaz de usar o cinto na cintura e calçar sapatos com atacadores (a menos que a Maria concorde em apertá-los todas as manhãs).


Pratica desporto aos fins-de-semana, graças à Bola e ao Record, para além das transmissões da SportTV. E não importa que a Maria e os filhos (a Cátia Vanessa e o Bruno Vanderley) estejam mortinhos por vestir os fatos de treino verdes e roxos para irem passear para o Centro Comercial. Enquanto estiver a dar os oitavos de final do campeonato da 3ª liga da Checoslováquia ninguém vai a lado nenhum, "vão mas é à cozinha buscar-me uma bejeca, isto é que é vida!" (desaperta as calças e põe os pés em cima da mesinha de café coberta com um naperon).
 

Todos os dias, assim que chega da repartição encontra as camisas engomadas e o jantarzinho na mesa. Aos domingos almoça em casa da sogra, que "nunca devia sair da cozinha, só lá é que presta para alguma coisa", e janta naquela tasca onde servem uns pezinhos de coentrada e um pudim Flan que não há em mais lado nenhum.


O roteiro cultural do homem português está limitado às exposições itinerantes que de vez em quando passam pelo OlivaisShopping e são de borla. Vai às vezes ao cinema, ao domingo à tarde. "O Estalóne pá... aquilo é que é um artista!"


Detém um considerável grau de informação acerca dos temas da actualidade, mas apenas detém. Não a processa, não a interpreta nem a sabe comentar muito além de "aquele bin laden pá, monhé do caraças, nunca mais lhe rebentam c'a fronha."


Quem ele mais admira no nosso país é o grande Vale e Azevedo, "qual vigarista qual quê, cambada de invejosos!" e a Catarina Furtado (o melhor será não reproduzir aqui os comentário típicos a seu respeito). A nível pessoal, o seu grande orgulho é nunca ter precisado de Viagra, "a minha Maria que o diga, não só cá homem para essas coisas."


Comprou recentemente uma roulote que está no parque de campismo na Costa, cabem lá 5 pessoas e o depósito dá para 5 banhos portanto durante uma semana chega para todos. "Este ano é que vão ser umas férias! Umas belas sardinhadas e um passeiozinho até Espanha. Dizem que Badajoz é muito bonito..."

 

(Mulher .P)

publicado às 21:51


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds