Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



 Sempre gostei de imaginar o que leva as pessoas a fazer determinado tipo de coisas, algumas completamente disparatadas, pelo menos no meu ponto de vista é um dos meus “prazeres”, olhar para os outros e imaginar porque fazem isto ou aquilo, vicios quem não os tem...

A imaginação do ser humano não tem limites e facilmente se confunde com o que vivemos. As vezes coisas banais, “manias” do dia a dia dão imenso prazer.

 

Tenho sempre o despertador adiantado 15 minutos! É das coisas que melhor me sabe e mais prazer me dá aqueles 15 minutinhos de ronha,..Nem acordada nem a dormir  dá para enroscar, esticar a mão..  

E nem sempre grandes loucuras ou coisas proibidas são as que nos dão mais prazer.

Por exemplo: tenho um amigo meu que não veste roupa interior, segundo ele sente-se apertado e que nada lhe dá mais prazer do que se sentir solto..

Duas coisas que deviam estar obrigatoriamente ligadas, o sexo e o prazer . Um sem o outro perde a graça... mas aliados a uma boa dose de imaginação a coisa fica bem mais interessante.. Bastam pequenos gestos um pormenor aqui e ali e tudo fica bem mais engraçado.

 

A Maria uma amiga de longa data ,solteirona convicta, teve durante largos meses um caso com um tipo que lhe pedia para ela pôr colares e fios de cada vez que dormiam juntos. O mais engraçado é que ela habitualmente não usa esse tipo de adornos. O facto de ela usar colares era com toda a certeza um fetiche dele . Segundo ela a “coisa “dava-se com tanto prazer que ela começou a investir em todo o tipo de fios ,colares e gargantilhas que encontrava.

Salvem-se os anéis fiquem os dedos... O tipo já foi, mas ela ficou com uma belíssima colecção de bijutaria.

 

Prazer é sentir uma sensação de bem-estar. E cada vez mais existem novos conceitos de prazer não acreditam???

Então reparem nestas novas formas de prazer..que nos quer impingir a publicidade:

 

 (Um jovem casal funde-se num apaixonante “linguado”.Ele não sabe que ela, pelo cantinho do olho, não afasta o olhar de um carro que passa na estrada e vai avançando em simultâneo com o seu intercâmbio salivar. Acabado o beijo, ele pergunta «gostas-te?» e ela, enquanto observa melancólica como o veiculo se afasta, responde com um fundo suspiro: «Muito») prazer pelo carro, mas adiante..

 

(uma mulher jovem bonita de olhos vendados suspira enquanto o namorado coloca iogurte na barriga, tira venda e vira-se para o objecto do seu prazer... , o namorado? Qual que esse fica sem segundo plano o iogurte é o eleito.)

 

(Cláudia Schiffer desce uma escada.Solta o cabelo, tira o casaco, a saia, a camisa, mostra-nos um deslumbrante conjunto de lingerie bordada e entrega-se ao... seu Citroën, que acontece ser o destinatário do sugestivo striptease.) e que tal...?

A menos que alguma desesperada pense fazê-lo com a alavanca de mudanças do seu automóvel, que pelo menos não necessita de pastilhas para se manter erecta 24 horas por dia.

Mas honestamente não penso que existem alguma loucas que transformem essa fantasia em realidade!

 

Já para não falar neste novo conceito do prazer em ser mulher..

Pela rua passeia uma rapariga muito bonita que está com o período que se sente tão feliz e tão em órbita que cumprimenta na rua um mimo(sim um mimo!)

Já viram alguém que na posse das suas faculdades mentais, se envolva com mimos?.

E isso acontece porque graças ao novo Ausonia , está encantada por ser mulher.

 

Diz uma amiga minha: (-Não sei o que se passa com as outras, mas eu quando me sinto “mulher-mulher” biologicamente falando, fico com um humor alto lá com ele, e também me dói o corpo todo e o máximo que consegui de um penso higiénico foi que não se desloque muito e não repasse (e essa coisa de cheirar como as nuvens) não a consegui até agora.

Será que o novo ausónia tem incorporado uma substancia revolucionaria que ao misturar-se com o fluxo sanguíneo, produz uma sensação de euforia e bem-estar geral que toca as raias da imbecilidade total?)

Eu ainda prefiro outro tipo de prazeres que não estes da publicidade..

 

Com colares ou com qualquer outro adorno, na janela, na casa de banho , no chão, no banco do carro, em sitios públicos com ou sem musica etc,etc. Todos tem direito aos seus pequenos prazeres ou fetiches como lhe quiserem chamar, desde que claro está não interfira com os outros.

 

Eu acho que o prazer é uma resposta do organismo ou da mente e ter uma vida com prazer é a melhor forma de viver bem, e a melhor forma de o fazer é que os outros nos tragam prazer e termos o prazer de retribuirão não é ?

 

Normalmente relacionamos a palavra prazer com (desejo /sexo/físico)

que dizem alguns é o supremo prazer e o orgasmo  é o ápice numa relação sexual.

Mas quando o orgasmo é encarado com o objectivo máximo de uma relação sexual, não parece que tudo aquilo que podia ser muito bom, tende a ser esquecido??

 

Divirto-me com a história do ponto (G) porque se preocupam tanto em achar esse tal ponto (G) ?

E vá lá...não se se chateiem se não o encontrarem, o melhor mesmo é concentrarem-se em outras coisas mais importantes... É que Ponto G não existe..! Ou melhor, ele pode existir sim, mas não na vagina – e sim na cabeça de algumas pessoas, o tal (pontinho) é menos importante que outras partes do corpo , como a  barriga, pernas, rabo, coxas, mamilos etc?

Deixem-se de tentar inventar o que não existe e concentrem-se na realidade. De certeza abriram caminhos para mais prazer e mais orgasmos.

 

Existem tantos prazeres estranhos ou talvez não... Ainda vou voltar a falar sobre isso com tempo..

Para mim um verdadeiro prazer é escrever estas "patacoadas" no blogue. Não tanto como a fazer sexo, mas de certeza que com muito mais gargalhadas.

Já não é a primeira vez que o meu filho ma pergunta: Vês muito esse blogue, por algum motivo especial?? Dá-me um estranho prazer pisar o risco saber que pode descobrir que é meu a qualquer momento. Já o "meu mais que tudo" o computador serve exclusivamente para trabalhar, mas também já disse : Deves ter ai algum filme comico... O tempo que passas a rir para esse computador. Não que tenha algo a esconder, mas é um prazer ter um "segredo" só meu.

 

Todos sem excepção têm vícios privados e  públicas virtudes ou não..?

Hipócritas mas não tanto..!

 

O que é para vocês um prazer???

Alguém quer arriscar....!!!!?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:10

web counter free

Usuários online


22 comentários

De Subjectividades a 08.01.2009 às 11:01


Passou-se.....


Estavas à espera de um comentário meu???

Podes esperar sentada!

De R.Cheiros a 08.01.2009 às 11:58

Achas que sim???
Há quem lhe chame Blackout uma branca ou um bloqueio.. deixa lá não é grave

Sentadinha estava, agora vou almoçar, inté

De Um homem que gosta de te ler a 08.01.2009 às 11:30

Normalmente os vícios são considerados pelas pessoas como motivos de prazer, alegria e desejo. As propagandas da televisão são os novos prazeres do século XXI associados há venda de produtos porque os olhos também comem e dão prazer. Sem duvida que os meus maiores prazeres são os que tem toque e cheiro. Fora os outros que mencionei no comentário anterior.Bons dia

De R.Cheiros a 08.01.2009 às 14:36

Sim, são considerados e são realmente motivo de prazer.

Bons ou mau depende dos “gostos” e do prazer que cada um tira dos próprios vícios nem todos teremos vícios saudades, mas a prática de cada um deles oferece nos nem que seja por momentos uma dose de prazer.

Posso dar-te como exemplo o tabaco que é dos meus piores vícios, faz um mal terrivel mas sabe-me muito bem.
Os vicios publicitárias são uma jogada de marketing um meio de obter lucros que leva muita gente a consumo o que quer e o que não quer..

Eu tenho vários.. Uns mais começáveis que outros:)

Boa tarde

De pingodemel a 08.01.2009 às 12:17

olá amiga

...mas que cusca que tu hoje me saiste :)

... para mim quando há amor há sempre prazer umas vezes mais que outras e mais....mais não digo :)

beijocas

De R.Cheiros a 08.01.2009 às 14:42

Olá Mel :)

Na verdade confesso-te que sou um bocadinho cusca, mas nada de extraordinário.. Só um tiquinho.

Gostei dessa grande verdade: umas vezes mais do que outras... Mesmo quando há amor! Ora nem mais quem disser o contrário mente.

Quanto aos vicios é tudo muito "relativo" alguns são inconfessáveis:)

Beijocas
Paula

De Laura a 08.01.2009 às 13:09

ia dizer que não tenho vicios só pecadinhos mas depois lembrei-me que quem inventou esse negócio de pecado foi a Igreja e é melhor ficar caladinha.
os meus vicios
- cerveja
- vinho
- café, muito café
- provocar
- sexo, muito
- flertar
- namorar
- coisinhas lúdicas
- etc

De R.Cheiros a 08.01.2009 às 14:47

A primeira parte nem comento... Primeiro não acredito em pecados segundo já abusei do outro tema:)

Vícios quem não os tem...

Tirando a cerveja, que não consigo perceber como é que alguém gosta desse sabor tão azedo, também tenho todos os outros .

Boa tarde

De aragem a 08.01.2009 às 13:29

Oi
O meu poste hoje fala de mascaras,Há ainda a máscara da hipocrisia,
que faz com que o disfarce seja o fingimento e o escondido dentro dessa aparente fantasia, todos uma vez na vida como o palhaço que pinta o rosto para disfarçar parecer o que não é. Tenho muitos vícios e algumas virtudes quem não tem? Descobri que somos vizinhas=)
Beijinhos

De R.Cheiros a 08.01.2009 às 14:52

Olá

Não me referia propriamente a usar mascara para esconder os vícios.. Até porque existem coisas que não são para espalhar aos 4 ventos, são coisas do foro íntimo.

Claro que há quem diga que não os tem.. tretas.
Todos sem excepção têm um ou outro..

Vizinha é?
Já agora de onde?
Como foi feita a tal descoberta?

Beijo

De aragem a 08.01.2009 às 15:28

Não és de Cascais?
Um passarinho por ai me disse=)
Bj

De R.Cheiros a 08.01.2009 às 16:48

Imagino que passarinho foi...
E também te disse que sou tia, não? Cuidado não acredites em tudo o que escrevem..
Vizinhas... Pois talvez
Beijo

De Fátima Bento a 08.01.2009 às 13:47

Prazeres? Ler até não conseguir manter os olhos abertos... enrolar-me com as gatas na minha cama e dormir uma sesta... tomar dois cafés e deixar-me estar sentada numa mesa de café durante uma hora, a ler uma revista de capa a capa... estar deitada a ouvir a chuva cair... Caramel Machiatto da Starbucks... Escrever.

Os outros, os própriamente ditos, e tal? olha, estou numa fase de travessia do deserto. Se calhar é dos dois anti-depressivos, ou se calhar é do a gente deita-se, ele chega-se, e pergunta. E se eu digo sim, vai assim a modos que sem antes - ou com um antes muito pequenino...- e pronto. Um médico meu amigo disse que isso dos anti-depressivos inibirem o desejo sexual era treta, o que acontecia era que a pessoa tinha de ser estimulada durante mais tempo até chegar "ao ponto". Daí que era muito frequentemente receitado Prozac para a ejaculação precoce.

É pá, olha. não sei, mas assim, sem pica, não gosto. "Prontos".

Fátima

De R.Cheiros a 08.01.2009 às 15:17

Bom...

Acredita que esta história dos blogues todos os dias me surpreende mais.... E na realidade cada vez estou a gostar mais dos teus comentários
Calma... Eu passo explicar: eu costumo dizer que os comentário nos blogues não fazem diferença poucos os muitos a diferença esta no conteúdo.

Existem comentários de circunstância, as dezenas.. Os gabarolas, mais que muitos...e existem os espontâneos e realistas que no fundo todos nós que já temos uns anitos sabemos que são os mais perto da verdade.

Existem muitos contadores de historias...e quem comente sem lamechices, dourar a pílula, ou fazer de conta.

Também tenho alguns dos teus prazeres e também tenho gatos, um casal para ser mais exacta. Ele castrado ou tinha agora um gatil em casa.

Não sou muito adepta de revistas nem tenho muito tempo par dormir a sesta, mas sou completamente viciada em café. Há e detesto chocolate. ( não sei como alguém gosta disso)

quanto aos outros, os propriamente disto, e tal como tu dizes:)) é tal e qual... tem dias assim por muito que se pinte o contrario.nunca tomei anti-depressivos, Prozac ou coisa que o valha, mas o dia a dia a correria o trabalhar até altas horas inibe e de que maneira...também existem as rotinas , etc claro que há alturas e alturas...

Eu este ano optei por começar o ano a dois, sem família filhos longe de tudo e de todos . Garanto-te que o ano começou agradavelmente:)



Beijocas
Paula

De Moira a 08.01.2009 às 17:46

Olá Paula,
Como sempre diverti-me a ler o teu texto.
Eu cá sou uma rapariga atinada, com muitos defeitos e algumas virtudes, por isso para além dos prazeres óbvios que toda a gente tem, ou pelo menos deveria ter (isto porque temo que haja muita gentinha por aí com défice de prazer) nada me dá mais prazer (isto é só uma força de expressão) que lambuzar-me a comer um dióspiro bem maduro hehehe
Beijocas
Nela

De R.Cheiros a 09.01.2009 às 09:15

Bom dia Nela

Ainda bem. Se te divertires metade do que eu me divirto a escrever...principalmente quando me apercebo dos erros da falta de letras de acentos...

Enfim também não tenho pretensões ao premio Nobel nem pretendo um blogue erudito... Só faz sentido enquanto me der prazer e me divertir.
Nem eu sabia que existia nada tão bom para o stress...

Pois eu cá também sou pacata, atinadinha QB ..
Defeitos muitos mas também muitas virtudes. só os pobres de espírito não têm vicios ou prazeres, enfim:)

Dióspiros bem madurinhos também gosto mas em matéria de “fruta” cerejas... Não consigo controlar as que como, e se for a apanhar da arvore então é uma desgraça.

Beijocas
Tem um bom dia
Paula

De Moira a 09.01.2009 às 11:07

Bom Dia !
O que me foste lembrar, cerejas , umas puxam as outras e quando se dá conta já foi um quilo pela goela abaixo, é uma das minhas frutas preferidas de sempre e ainda falta tanto tempo para a época delas.
Que saudades!
Quanto à escrita, concordo inteiramente contigo, há quem vá ao psicólogo, quem tome anti-depressivos, quem se lastime diáriamente, eles ainda não descobriram "O PRAZER" de ter um blog, de escrever e dar asas à criatividade, para além de ser um óptimo anti-stress, ainda é gratificante porque alguém se diverte ou é solidário a ler as tuas coisas.
Bjs
Nela

De R.Cheiros a 09.01.2009 às 17:32

São óptimas não são? Mas sabem melhor a apanhar da arvore. A minha mãe tem uma cerejeira de uma qualidade branca rosada que são de comer a rezar..

Quanto aos blogues, é só vantagens, ao preço a que estão as consultas nos psicólogos e a medicação para as doenças da moda, depressões e afins nada como dar umas boas gargalhadas de nós próprios de de preferência saber que alguém nos acompanha..

Bom fim de semana
Beijocas
Paula

De Jorge a 08.01.2009 às 23:22

Tenho o vicio de vir espreitar mas nunca comento

De R.Cheiros a 09.01.2009 às 09:16

E é um excelente vício, digo eu;)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D