Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pequeno privado (Jorge Palma)

por R.Cheiros, em 11.11.08

Ontem à noite tive um pequeno privado com o "meu mais que tudo"
-Querido, Chega aqui,já reparaste como a noite está linda?

-A lua...? está!

-Há quanto tempo não paras uns momentos de para olhar a lua que pode ser fantastica?
Ele aproxima-se e põe-me o  braço por cima do ombro e apertou de um jeito que só ele sabe... Faz-me  sentir  bem, reconfortada e mimada gosto do aconchego daqueles braços que tão bem conheço.
-Estás com frio, o que é que se passa…?
-E tem que se passar alguma coisa?
-(P… )vá lá, tu não sabes mentir!
- Lembras-te que as noites geladas de inverno sempre foram as nossas preferidas?
-Se me lembro…As guerras por causa do aquecimento, sempre friorenta, sempre foste assim..
-É por causa das frieiras sabes que o frio me faz freiras.
-Conversa.. Tu querias sempre o aquecimento no máximo, e o ar ficava quase irrespirável e o ambiente demasiado quente para mim, que assim tinha dificuldade em adormecer agarrado a ti:)
-Mas nem por isso deixavas de o fazer

-E nem deixo a menos que tu não te sintas bem
- (A…, )
- Hum?
- Não achas que a noite hoje tem um brilho especial?
- Ou és tu que a achas especial?

– O que se passa ( P..)?
-Nada! Já não se pode gostar de apreciar a lua com quem gostamos?
-Eu  conheço-te e tenho lembranças e são elas que retratam a realidade…
- O que queres dizer com isso, posso saber?
 -Calma… porque é que te transformas sempre num vespeiro ao mais pequeno pormenor?
-Tens a certeza que a tua mãe não trocou o leito por sumo de limão quando eras pequena?
- Essa não teve graça sabias?
- Pois ou acho que teve, e adoro quando ficas com esse ar de menina revoltada.
-Lá tas tu… queres estragar tudo com as tuas piadas, é?
Ele abraçou-me  e beijou-me.. um beijo tão terno que  quase perdi  todas as defesas..e a vontade de lhe falar (daquilo..)
- Tu sabes que adoro esses teu ar de refilona e esses teu repentes de mau humor até te dão graça?
-Ai sim? na verdade eu…
- Lembra-me uma menina que conheci há muitos anos.
- Qual menina qual que há anos que não sou menina..
- Foi-se  perdendo  aos poucos mas ficou viva nas minhas memórias.Essa menina virou uma mulher as vezes sou louco por ela e outras vezes é ela que me faz enlouquecer( consegues ser insuportável)… Agora, é a mulher dos meus sonhos e a menina das minhas lembranças .A mulher do meu presente e essa mulher eu conheço muito  bem.... Portanto,  que é que se passa ,diz lá..
"Para haver amor não pode haver obrigação".
-Mas...O que queres dizer com isso?

-Nada só me lembrei de uma das músicas do (Palma): "obrigações"

-Bom, lembras-te de cada coisa... A propósito de que?
-Sei lá, falas-te  do tempo em que eu era menina e vê lá tu que me veio à ideia o ( RRV)
- O RRV? Olha cada vez te percebo menos
-Não acredito ... "O Rock Rendez Vous "... Lembras-te? Vimos lá boas bandas..
- Há quanto tempo foi isso... Anos 80 por ai lembro-me que eram as nossa saídas depois de casarmos.
-Eram pois, e ao "Johnny Guitar "
-Não... Isso foi mais tarde, não foi?
(credo como é que lhe vou falar que quero ganhar os bilhetes para o concerto do Jorge palma sem lhe denunciar o meu blogue)

-Está frio vamos para dentro
-Vamos, ligas-te o aquecimento do quarto?
-(P..... )hoje não está frio!

-Lá tás tu... eu é que sei!

-A que é que tu sais tão teimosa?
-(A.....)

-Hum?

-Vamos  ao  concerto do Jorge Palma dia 14 ao campo pequeno?
-Eu sabia... Esta conversa toda tinha água no bico.
-Não, claro que não, mas sabes que gosto e já não o vamos ver há imenso tempo... A última vez se bem me recordo foi na (aula magna) prai em 2000/2001, lembras-te?
-lembro! Chegou atrasado e ainda perguntou: Não estamos muito atrasados, pois não?  Aquele tipo tem uma lata...e nem em  palco dispensa a dose de uísque que tem direito.
- Mas é único... Já namoramos um bocado ao som da voz dele...

-Vamos dormir...?
-Vamos... Mas quero o aquecimento ligado
-Nunca te contei, mas naquelas noites que deixavas o aquecimento no máximo,  ficava  só até adormeceres..para não refilares. Quando sentia que tinhas adormecido com todo o cuidado para não te acordar, saía da cama devagarinho para ir baixar a temperatura do aquecimento.

- É por isso que rapava frio todas as noites

-Mentirosa...
-Compro os bilhetes?
-Não te preocupe com os bilhetes, eu trato disso...!!

 

 

publicado às 09:08


5 comentários

De Subjectividades a 11.11.2008

Bom Dia Amiga

Eu gosto de tudo o que escreves sem excepção. Posso concordar ou não gosto sempre, mas este post Paula!!!
Este fez-me arrepiar....
Tão realista tão verdadeiro tão simples e ao mesmo tempo tão lindo....
O Jorge Palma (que tamb aprecio) e o facto de seres friorenta são só acrescentos. A verdadeira Paula está no resto.
Adorei, adorei mesmo.

Beijão

De R.Cheiros a 11.11.2008

Olá Isabel:)

Gostas de tudo porque és minha miga

Ainda me deixas atrapalhada... Arrepiada é exagero teu ,vá lá..

Eu acho que quando as coisas são simples ou pouco floreadas são mais bonitas... Embora eu pessoalmente gosto pouco de escrever estas coisas que neste caso são íntimas do meu dia a dia tenho sempre a sensação que me estou a expor demais..

Sou friorenta demais mas gosto do inverno, vá se lá saber porque..

Tu és sempre uma querida comigo

Beijocas

De Subjectividades a 11.11.2008

Agora a sério!
Sou tua amiga, já temos rido juntas bastantes vezes, temos uma empatia as duas fantástica mas eu sempre intui esse teu lado mais intímo. Não há porque esconder, nem porque negar és tu!
E tu és uma pessoa fantástica!
Arrepiei-me de verdade e sabes porquê?? Porque a verdade por vezes é tão linda que arrepia, falar de amor, de uma vida a dois com essa franqueza com essa simplicidade é lindo sabias!

Bjinho

De R.Cheiros a 11.11.2008

Mau... tou a ficar corada, olha que isto na minha idade já não se usa.

Agora muito a sério, não existe porque esconder que que sou apaixonada pelo meu "mais que tudo" só não sou muito de falar em amor...:).
Podia ter escrito uma história romântica cheia de palavras bonitas... Mas depois não passava disso mesmo, uma história... E o que eu fiz aqui foi deixar um bocadinho de mim e de como (nós) somos. Talvez seja a simplicidade da história que a torna mais bonita eu sou mesmo assim uma "miúda" simples.

Quanto ao facto de me achares uma pessoa fantástica fica a saber que é reciproco. E essa empatia existe mesmo.

Agora par não me desviar do assunto, achas que mereço dois bilhetitos para o conserto?

Beijocas

De Subjectividades a 11.11.2008

Claro que sim, mereçes os bilhetes autografados e tudo!!

Vê se arranjas um para mim, adorava ir também....

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds