Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O filho da puta

por R.Cheiros, em 05.03.08

Um milionário promove uma festa em uma de suas mansões e, em determinado momento, pede que a música pare e diz, a olhar para a piscina onde cria crocodilos australianos:
- Quem saltar na piscina, conseguir atravessá-la e sair vivo do outro lado ganhara todos os meus carros. Alguém se habilita?
Espantados, os convivas permanecem em silencio e o milionário insiste:
- Quem saltar na piscina, conseguir atravessa-la e sair vivo do outro lado ganhara todos os meus carros e os meus aviões. Alguém se habilita?
O silencio impera e, mais uma vez, ele oferece:
- Quem saltar na piscina, conseguir atravessá-la e sair vivo do outro lado ganhara todos os meus carros, os meus aviões e as minhas mansões.

Neste momento, alguém salta na piscina. E caraças..a cena é impressionante. Luta intensa; o destemido se defende como pode, segura a boca dos crocodilos com pés e mãos, torce o rabo dos répteis. Incrivel, é só visto! Muita violência e emoção. Parecia o filme do Croocodilo Dundy!
Após alguns minutos de terror e pânico, sai o corajoso homem, cheio de arranhões, hematomas e quase despido.
O milionário se aproxima, dalhe os parabens  e pergunta:
- Onde quer que lhe entregue os carros?
- Obrigado, mas não quero os  seus carros.
Surpreso, o milionário pergunta:
- E os aviões, onde quer que lhe entregue?
- Obrigado, mas não quero os seus aviões.
Estranhando a reacção do homem, o milionário pergunta:
- E as mansões?
- Eu tenho uma bela casa, não preciso das suas. Pode ficar com elas. Não quero nada que é seu.
Impressionado, o milionário pergunta:
- Mas se você não quer nada do que ofereci, o que quer então?
E o homem respondeu irritado:
- Achar o filho da puta que me empurrou na piscina!

Moral da história:
Somos capazes de realizar muitas coisas que por vezes nós mesmos não acreditamos, basta um empurrãozinho. Um filho da puta, em certos casos, é úti na  nossa vida.

Como esta porra está cheio de filhos da puta, e como eu acredito que ja apanhaste algum, até isso pode ser uma força impulsionadora

Desconheço o autor.

E eu...

Como já apanhei alguns e já me senti usada, empurrada, mal falada, ferida, mas nunca humilhada e  estou de pé.

A todos os filhos da puta que se cruzaram na minha vida: vão ter que fazer muito mais do que isso (.....)

 

 

"


 

 

publicado às 10:14


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds