Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não há pachorra..

por R.Cheiros, em 13.10.08

    Desafios e miminhos (prémios) !!
Quando oferecemos um miminho (prémio ) a um blogue que gostamos é mais propriamente  uma forma de mostrar o nosso agrado por determinado blogue e é perfeitamente compreensível.
E os desafios???
Para ser muito sincera acho os desafios lançados nos blogues uma grande seca. Além de chatos o único intuito é serem inúteis.


É que isto de ter que dizer o que se gosta de comer, que nome é que mais gosto, onde estava a 10 anos atrás, 5 coisas de que gosto, (só cinco..?) um defeito ou qualidade, já não há pachorra... Eu pelo menos não tenho!  Muito menos defeitos a assinalar….

Possivelmente o meu maior defeito é dizer o que penso e sinceramente os desafios são inutilmente chatos.


Claro que já respondi a alguns e também já os passei..

Mas se não concordo com eles o mais lógico é deixar de o fazer, não é? Talvez fosse melhor aceitar graciosamente, e responder... Sim, que outra coisa não seria de esperar de uma "moça" fina e educada como eu:) Mas aceitar era continuar a fazer frete,..

E como  não sou mulher de fazer fretes já não tenho nem pachorra nem idade para isso, não o volto a fazer.


 Não quero com isto ofender ninguém, longe de mim. E quem se sentir ofendido de alguma maneira, desde já as minhas desculpas.
 Também não estou a criticar que gosta ou responde, quem sou eu… mas se alguém o sentir assim, olha azarucho não me aquece nem arrefece .
A todos nós agrada ter comentários, e quem disser que não esta a fazer charme…

Mas não corro atrás de comentários muito menos meço o meu blogue com a quantidade de amigos que adiciono, ou estava bem tramada não tenho esse "hábito" Comento o que gosto e quando gosto e espero que comigo façam o mesmo.

 

 

Mas voltando aos desafios, como já disse são muito monótonos e nunca trazem nada de novo. Mas desafios são desafios e esta é uma palavra que não me escapa…
Se o desafiador que me passou (isto) ficar desiludido terá que me desculpar, mas nem sempre se pode esperar aquilo que queremos, não é? :)
Ao desafio que me foi feito vou alterar as regras e falar de 5 filmes e de 5 livros que me “marcaram” pela positiva, claro.

 

1-Quanto é difícil ser homem.
Este filme tem seguramente uns 20 anos : no final chagamos à conclusão de quanto somos privilegiados por termos família...e que devemos valorizamos muito mais a vida e o que ele nos oferece.
1,(A)-América proibida
Oferece a todos a possibilidade de ver que o ódio pelo nosso  semelhante só pode gerar mais ódio e levar a um ponto sem retorno.
Xenofobia, preconceito, racismo são definitivamente iguais a ignorância.Tem uma mensagem soberba sobre a humildade.

2-A vida é bela
Uma das mais belas historias de amor que já vi.  O quanto o amor de um pai pode ser incondicional

2,(A)-A rapariga do tambor
Esta fabulosa história desenvolve-se em torno de uma actriz inglesa radical, recrutada por um grupo de agentes secretos israelitas para chegar até a um perigoso terrorista palestiniano. E… o coração prega-nos cada surpresa.

3-Sete anos no Tibete
Uma historia fascinante baseada em factos reais sobro  comportamentos e como todos podemos ser seres humanos melhores. uma terra onde pouquíssimos ocidentais já pisaram, um  alpinista torna-se o melhor amigo do então  jovem Dalai Lama.

3-(A) A cidade dos anjos
Porque sou uma romântica incurável… Há mais entre o céu e a terra do que pode imaginar a nossa vã filosofia

4-A Lista de Schindler
Por os motivos que já todos sabemos… baseado em factos reais uma lição de humanidade  , Oskar Schindler foi um grande ser humano, a par do nosso Arestides Sousa Mendes.

5-A insustentavel leveza do ser
Segundo Nietzsche a vida é um eterno retorno, porque precisamos, temos a obrigação de errar e voltar a errar quantas vezes for necessário , em suma, a levarmos uma vida de liberdade, uma vida que valha a pena ser vivida.

 

1-Sidarta :de Hermann Hesse

1,(A)-Por quem os sinos dobram :de Ernest Hemingway

2-As Cinco Pessoas Que Encontramos no Céu :de Mitch Albom.

3-O Nome da Rosa :de Umberto Eco.

4-Orgulho e Preconceito :Jane Austen

5-A Insustentável Leveza do Ser :de Milan Kundera.

 

 

Como é óbvio, não vou passar a ninguém. Mas se alguém gosta de cinema ou de livros e se sentir tentado a comentar está à vontade..


 

publicado às 09:12


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds