Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Todas as pessoas sem excepção guardam algum tipo de segredo.
Não tem que ser obrigatoriamente alguma coisa proibida ou grave, mas é um segredo.
Existem apenas dois tipos de segredos:
"Os que escondemos dos outros e aqueles que escondemos de nós mesmos”
O segredo é normalmente uma coisa só nossa “íntima” pessoal que não contamos a ninguém. Talvez por receio de que deixe de ser segredo, alguma falta de segurança que o confidente escolhido se ria de nós ou ainda porque simplesmente não existem ninguém que confiamos verdadeiramente para o fazer.


Os segredos variam de inofensivos desabafos do dia a dia a historias cabeludas. Há  quem o conte porque sente verdadeira   necessidade de partilhar. As coisas que se passam e que a gente nem sonha nem desconfia..!


Aquela velha historia.. a possibilidade de se falar com a melhor amiga/o mas nada nos garante que ela vá manter a boca fechada. Existe lá piorzinho que uma pessoa língua de trapos?
Xiuuu não contes a ninguém...! E tungas vai-se a ver já todo o escritório sabe... Essa coisa do coitadinho que não sabia o que fazia e que de repente se encontra a contar o que lhe foi confiado cheira-me sempre a esturro..

 

Dizem que as mulheres não sabem guardar segredo... eu começo a desconfiar que são os homens..Se o homem é cavalheiro, pois isso até não lhe fica mal porque um homem educado deve ser cavalheiro com todas as mulheres .Mas entre o ser simpático e o ser mal intencionado… a bem dizer já não sei onde fica a fronteira que isto é mesmo assim há sempre que desconfiar.. ( A vitima passa a ser alvo de piadinhas e olhares de escárnio)


A mim enerva-me pessoas que com a maior facilidade do mundo quebram o segredo que lhes foi confiado..Ai que vontade de  pregar um par de estalos! Sinto-me velha e ultrapassada prontos! Mas mesmo assim acho que estamos a caminhar em sentido inverso ao que deveríamos.


É preciso saber guardar um segredo e parece fácil mas pelos vistos não é. Basta um descuido uma conversa mais acesa e o segredo deixa de o ser em menos de nada.
Muitas vezes magoam-se pessoa sem querer por se falar de mais. Ou o que para quem ouve parece ter pouco significado e não fazer sentido para quem conta faz todo o sentido. Todos nós temos os nossos pequenos segredos e mistérios.


Cada vez menos se confiam segredos? Eu acho que sim. Parece que se quebrou algum laço entre as pessoas até entre os melhores amigos.
Pode ser só impressão minha mas estranhamente as pessoas desconfiam mais umas das outras. A confiança que é um “bem” que devia ser preservado para dividirmos com alguns eleitos das nossas relações esta a quebrar-se.


Acho até que a que a desconfiança passou a ser tónica nas relações humanas é como um segredo, todos desconfiam de todos mas ninguém diz nada. Contar um segredo é muito fácil, escolher a quem o contar é onde reside a dificuldade.


O que é que leva uma pessoa a não conseguir guardar um segredo?Acreditam que existe alguém verdadeiramente confiável?Qual é a vossa relação com o segredo?
 Guardar segredos ou mesmo informações importantes é um sinal de maturidade e compromisso afectivo, acho eu.
Eu ainda confio nas pessoas e não me arrependo. Ou  qualquer dia andava por ai  de faca na liga e a desconfiar até da própria sombra.
Cheira-me que isto da confiança dava  pano para mangas mas enfim…

 

publicado às 10:58


3 comentários

De Fátima Bento a 01.10.2008

Eu sou a pessoa ideal para guardar segredos... dez minutos depois, já nem me lembro. Mas claro, depende dos segredos. Como não tenho segredos com o marido, a coisa complica-se: quem me conta, está a contar a um, está acontar aos dois... mas como ele tem linguínha curta, segredo para nós é tumulo.

Eu, lamento discordar de todos, não confio nas pessoas.

Se calhar tenho tido azar nas que se têm cruzado comigo...

E não tenho assim SEGREDOS, mas os poucos que tenho estão guardados.

B'jinhos

Fátima

De R.Cheiros a 01.10.2008

Olha lá as contradições…

Mão tens segredos ou os poucos que tens estão guardados? Se não os tens como é que os tens guardados…

Eu pecadora me confesso: eu tenho alguns, e quem não os tem..

Como não gosto de deixar as coisas pela metade digo-te já que tu não eras pessoa a quem eu contasse um segredo.

Será que é difícil de perceber estas simples palavrinhas: “ NÃO CONTES A NINGUEM” isso diz tudo, marido ou seja quem for.

É pouco importante se ele tem a língua curtinha ou se até é um” tumulo” ao contares ao teu marido estás a trair a confiança de quem te fez de confidente. É o que eu penso.

Desculpa e não me leves a mal, mas terás os teus motivos para não confiar nas pessoas ( no tema segredos que é o que estamos a falar) pois se tu própria não és de confiança para guardar um…

Sem querer ofender mas é o meu ponto de vista;)

Beijoca

De Fátima Bento a 02.10.2008

Não ofendeste. E tens direito ao teu ponto de vista.

Eu disse que não tinha SEGREDOS - assim com letra maiúscula, i.e., grandes - mas que os poucos que tinha (pikeninos) estavam guardados. Pelos dois.

Quem é que pode ter a veleidade de afirmar que não tem segredos? Mente.

"ao contares ao teu marido estás a trair a confiança de quem te fez de confidente", não estou, porque quando me pedem "não contes a ninguém" - a resposta é sempre a mesma : só ao meu marido. A partir daí, quem quiser conta, quem não quiser não conta.

"Desculpa e não me leves a mal, mas terás os teus motivos para não confiar nas pessoas ( no tema segredos que é o que estamos a falar) pois se tu própria não és de confiança para guardar um…"

Não confio nas pessoas. Ponto final. Não tem nada a ver com segredos. Muito antes pelo contrário - e desculpa se não percebi que era só a isso que me devia referir.

Acho a tua análise redutora. mas estás no teu direito...

Fátima

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds