Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Motel

por R.Cheiros, em 20.06.08

 

Rosa não se aguentou e contou à Lurdes:

 

- Viram o teu marido  a entrar num motel.


A Lurdes abriu a boca e arregalou os olhos. Ficou assim, uma estátua de espanto,durante um minuto, um minuto e meio. Depois pediu detalhes.


 - Quando? Onde? Com quem?

- Ontem. No Discretíssimu's.

- Com quem? Com quem?

- Isso eu não sei.

- Mas como? Era alta? Magra? Loira? Coxa de uma perna?

- Não sei, Lu.

- Carlos Alberto me paga. Ah, se me paga.

Quando o Carlos Alberto chegou a casa Lurdes anunciou que iria deixá-lo e contou por quê.

- Mas que história é essa, Lurdes? Tu sabes quem era a mulher que estava comigo no motel. Eras tu!

- Pois é. Maldita hora em que aceitei ir. - Discretíssimu's! Toda a cidade ficou a saber. Ainda bem que não me identificaram.

- Pois e então..?

- Pois e então, que eu tenho que te deixar . Não vês? É o que todas as minhas amigas esperam que eu faça. Não sou mulher de ser enganada pelo marido e não reagir.

- Mas tu não foste enganada. Quem estava comigo eras tu!

- Mas elas não sabem disso!

- Eu não acredito, Lurdes! Tu vais cabar com o nosso casamento por isso? Por uma convenção?

- Vou!

Mais tarde, quando a Lurdes estava a sair de casa, com as malas, o Carlos Alberto ainterceptou-a. Estava sombrio:

- Acabo de receber um telefonema - disse. - Era o João.

- O que é que  ele queria?

-Fez mil rodeios, mas acabou por me contar. Disse que, como meu amigo, tinha que contar.

- O quê?

- Tu foste vista a sair do motel Discretíssimu's ontem, com um homem.

- O homem eras tu!

- Eu sei, mas eu não fui identificado.

- E não disseste que eras tu?

- O quê? Para que os meus amigos pensem que eu vou a motel com a minha própria mulher?

- Pois e então?

- Pois e então,desculpe, Lurdes, mas...

- Mas o quê???

- Vou ter que te dar uma tareia.

 

-Não vês? É o que todos os meus amios esperam que eu faça. Não sou homem de ser enganado pela mulher e não reagir.

 

Moral da historia:

A maneira mais fácil e mais segura de vivermos, consiste em sermos, na realidade, o que parecemos ser....
 

publicado às 10:10


1 comentário

De DyDa/Flordeliz a 20.06.2008

É uma fantasia tão fantástica que "apeteceu-me"acreditar.

Reagir como a sociedade espera de nós,pois...é uma ideia?!......................

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds