Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ai o amor..

por R.Cheiros, em 11.06.08

 

Hoje acordei assim... A pensar no amor,não sei se estou apaixonada ou piegas?

Ainda existe aquele amor "verdadeiro"...aquele que nos faz palpitar, tremer e corar apenas por vermos a pessoa amada?

Ou não passa tudo de mera atracção física e interesses? 

Consegue-se definir o amor??

Grandes pensadores dizem que o amor não é algo que possa ser descrito por palavras, mas sim algo inexplicável que se sente ao olhar para "aquela" pessoa.
Eu no início aprendi a amar os meus pais e irmãos,  amor era o que eu sinta por eles

e  eles sentiam o mesmo por mim.(Espero que ainda sintam)

Fui crescendo, quando me comecei a interessar por algum rapaz e comentava com a minha mãe ela dizia-me que era amor e que o meu coração iria bater mais depressa quando estivesse com ele.( e bateu algumas vezes)
Assim foi durante alguns anos ,tive alguns "amores" até encontrar o que me fazia o coração bater mais depressa e casar com ele. (isto era amor)
Depois... fui mãe , e  sem  precisar que alguém me dissesse algumam coisa, soube desde o início o que sentia pelo meu bébé era amor.

Todas estas fases por que passei na minha vida foram diferentes, dependendo da altura e das pessoas

Em alguns casos um acumular de amores ou amor.

O amor está em tudo o que nos rodeia (sem excepção) depende de nós ter capacidade de o sentir ou não.

Deve ser isto o amor , não será?Pode é ter varias vertentes e pode-se ligar amor e sexo ou não necessariamente!!

O sexo pode simplesmente partir do desejo ou da atracção e pode ser satisfatório. Desejo como uma fonte de satisfação.. o amor  até pode não estar presente ou não, existe até quem diga que:sexo é um  desejo de comer  uma  fome sentida e insaciada.

Quem é que nunca sentiu uma vontade inconsciente de comer até se farta? Só que... Mas depois a nossa atitude mental tem tendência a reprimir-nos.

Isto tem alguma coisa a ver com amor??? pode não ter absolutamente nada.

Ok a segurança emocional a afectividade o amor ajudam na entrega e na satisfação. 

Acredito mesmo que uma relação sexual é mais satisfatória e completa quando se dão num contexto de intimidade e afecto e amor.
Quando estamos emocionalmente envolvidos, descontraídos, de bem connosco e com a outra pessoa, a intensidade do toque as carícias tudo pode ser bem mais agradável, estimulante e sensual e o cheiro é muito importante....

Claro está, que cada pessoa sente de forma diferente 

Bom... mais isto é só o que eu acho e vale o que vale. Com o passar dos anos aprendi que mesmo o amor "romântico "homem mulher passa por várias fases pode ser vivido de formas diferentes.Aquela história do coração bater mais rápido o nervosismo e sangue aquecer e blá blá... Existe, claro que existe, mas...

Mas tambem existe um amor calmo, sereno e cúmplice. Perde-se muitas coisas é certo mas ganham-se outras,  em todas estas etapas da minha vida  houve sempre algo em comum, a boa-vontade, a simplicidade, honestidade, confiança que entreguei... 

Penso que o mais importante  que aprendi sobre o amor, é que ele é tudo o que me rodeia (sem excepção), e apenas dependia de mim sentir-me capaz de o sentir ou não.

Ele está sempre lá.
Cabe a cada um de nós decidir se o queremos ver ou não.

Entristece-me já não existir (se é que alguma vez existiu), o verdadeiro amor que dura uma vida....é que ainda sou uma romantica:) 

O verdadeiro amor não tem preço, idade, cor, posição social ou riqueza mas sim o respeito para com a pessoa amada e respeito pelo próximo mesmo com aquele que nos quer mal (claro não o deixando abusar)

O verdadeiro Amor existe, mas também existe o medo de amar. O medo de amar e sofrer por amor.

Porque amar não é amor e uma cabana, quando há amor e as pessoas se juntam as dificuldades surgem, e é nessa altura que devemos ser os melhores como amigos como namorados e como amantes.

Mas nem sempre tudo corre como deve ser. O ser Humano  na maioria das vezes não sabe ouvir o silêncio do outro, não compreende as  frustrações, e não se ajuda mutuamente  a sonhar.... Podem ser básicos no bom sentido, e tão complexos.

O verdadeiro Amor existe, quando realmente se  acredita no Amor

Mas o amor tambem acaba e o cupido tambem se engana.

 

PS: Alguem é servido???

 

publicado às 09:30


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds