Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mãos

por R.Cheiros, em 11.05.08

 pobre-maos.jpg

(imagem retirada da net não foi ao acaso as mãos da pessoas também estavam marcadas pelo tempo... )

 

Duas irmãs muito inteligentes estavam a levar os pais à loucura com suas perguntas.

Para tudo elas queriam uma explicação e ninguém conseguia enganá-las.

O pai já irritado com a situação levou-as para o alto de uma montanha onde vivia um monge sábio e deixou-as lá na esperança de que aprendessem algo.

Por dias tentaram enganar o monge mas não conseguiram, até que uma delas teve uma ideia, pegou uma linda borboleta e disse à sua irmã:

Estás a ver esta borboleta, vou colocá-la na minha mão fechada de modo que o monge não a veja.

Vamos perguntar-lhe se ela está viva ou morta, se ele responder viva eu aperto a mão e ela estará morta, se ele disser morta eu deixo-a sair, de qualquer forma ele vai errar!

Foram até ele como combinado e perguntaram sobre a borboleta, o monge reflectiu por alguns segundos e disse calmamente:

Só depende de você, ela está nas suas mãos!!


Assim é com a nossa vida.
Podemos vivê-la intensamente com momentos felizes e transmitindo felicidade.
Dar valor ao que realmente importa.
Hoje temos “tudo” graças as novas tecnologias, informação sem limites, podemos tomar conhecimento do mundo sem sair da cadeira...Falamos sobre tudo, sexo, amores, desamores, amizades, felicidade, etc. Apesar de termos tudo ao alcance das nossas mãos está-se a perder o essencial. O amor ao próximo e a solidariedade graças a uma sociedade cada vez mais individualista e desenfreadamente consumista.

Irrita-me pessoas que só olham para o proprio umbigo.

Isto a propósito de uma cena lamentável a que assisti como espectadora num supermercado de uma grande superfície. (eu sei que ninguém dá nada a ninguém) mas o furto de um pacote de manteiga deveria ser motivo para tentar saber as razões não para humilhar publicamente com tanto alarido.
Hoje  sufocarmos em perguntas sem conclusões, decepções que nos deixam tristes e não nos permitem crescer.
(Ando a sufocar em perguntas) todos os dias me questiono..
A nossa vida está nas nossas mãos



publicado às 16:14


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds