Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Já não era sem tempo

por R.Cheiros, em 27.04.10

 

 

 

 

O livre-arbítrio não existe tecnicamente, em teoria é possível, seria uma maravilha se tivéssemos controle sobre as  nossas escolhas, mas isso não acontece.

A maioria das vezes ainda que não seja visível, apenas escolhemos o que a sociedade nos impõe. Até no raio dos sonhos…

Esta noite tive um daqueles sonhos vividos de forma muito intensa, daqueles que parecem tão reais que o despertar se torna um pouco confuso.
Metia: amigos, muita conversa, praia, e um almoço muito esquisito numa quinta com um agricultor com posses e cheio de tiques; discursos (nessa quinta) sobre massificação de produção de tomate, vinha versus qualidade.

Algumas galinhas e coelhos. Isto só pode ser das modernices que por ai andam…quintas virtuais e afins, é sintomático.

 Também metia carros, semáforos; e no meio disto tudo conheci um menino lindo, que engraçou comigo e vice-versa.

Corria tudo muito bem e já os beijinhos se aproximavam dos lábios quando acordei…( os sonhos acabam sempre na parte melhor, é ou não é?

Assim como o livre-arbítrio não existe, a originalidade nos sonhos também não( embora, o beijo e o menino para mim seja original)são reflexos de nossas experiências, as informações diárias que vamos acumulando , é que nos   conduzem   e direccionam mesmo nos sonhos.

Se na quinta se falou de cheiros e plantação de hortelã… Como um   “robô bem   programado” cá estou eu.

Um blogue dá uma trabalheira a manter e convém ter alguma imaginação. Aqui entre nós,imaginação  não é coisa que abunde aqui para os meus  lados.

Mas é  bom ter sonho, não é?

A imaginação não para, é mais ou menos como começar tudo de novo.

Já não era sem tempo de eu voltar ao “cheiros” começar de novo, ou quem sabe, pelo menos abrir as janelas e arejar a casa…

Perfumar o ambiente, quem sabe…

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:01


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds