Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Cá te espero.... 2009

por R.Cheiros, em 31.12.08

 E como não resisto...

E não há duas sem três...

E como estou de partida para um final de ano digamos que "diferente"

 

Eu gostava de dizer, vivam... A vida vale muito a pena ser vivida..!

Pobre de quem tem medo de correr riscos.. 

Talvez não se decepcione nem nunca tenha ilusões não erre, não bata com a "cabeça nas paredes", não chore.. nem sofra como aqueles que perseguem o sonho seja ele qual for..

Mas quando olhar para trás, sim, porque sempre olhamos para trás…

Vai escutar o coração dizer:

Esta é a tua herança… a certeza que desperdiçaste a tua vida! Uns vivem outros passam pela vida.

Viver  é não ter medo de chorar erra ou cair...

Um fantástico 2009 para todos
Fui....!!!!!!!!!!!!
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30


Tudo tem um preço!

por R.Cheiros, em 30.12.08

O meu ultimo post de 2008 estava feito com um (até pró ano) e não se falava mais nisso.
Mas duas pessoas trocaram-me as voltas com mais um desafio.

 coisasdocoracao e aminhadortemoteuno...

 Não sou grande adepta de desafios, confesso, mas também nunca deixo de responder.


O desafio consiste em: citar sete coisas que para mim não tem preço e desafiar sete pessoas a fazerem o mesmo.

Antes de falar nas (minhas) sete coisas impagáveis sem qualquer preço eu não posso deixar de dizer:

“Na tudo na vida têm o seu preço o que falta é saber qual é o preço a pagar”


 Mas existem coisas que não há "valor" algum que pague! E as vezes essas coisas são bem pequenas, minimas..!

Todas elas devem ser aproveitar ao máximo como se fossem unicas.


1º- A vida: Porque viver não tem preço é um privilégio raro.
2º -Um abraço simples, natural: O abraço é uma linguagem universal dos afectos..

3º- Um sorriso espontâneo: A espontaneidade de um sorriso ninguém a consegue comprar
4º- Um elogio sincero: são os tais dois em um faz bem a quem recebe e a quem o faz.
5º- Os sonhos: Não tem limites e são tão nossos que são inegociáveis
6º – Os momentos vividos: São o nosso património de vida.
7º-O cheirinho do café acabado de fazer e toma-lo a conversar com o meu filho (não tem nada que pague e desculpem é mesmo muito pessoal)


Agora vou passar a (7) pessoas e desculpem-me se estiver a repetir-me, que ninguém se sinta obrigado a responder.


Então é assim:

pingodemel

Princesa

novinha em folha

Paula C.

aragem

Moira

silvia


Tudo que tem o seu preço, tem um valor, nem que seja o valor sentimental!
Este é o último post de 2008 aproveito para desejar a todos um 2009 cheio de afectos, sonhos, sorrisos, abraços e muitos bons momentos vividos.

 

arrivederci

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:24


Vem ai 2009

por R.Cheiros, em 29.12.08

 Vem ai um novo ano

 É tempo de fazer o balanço,
Porque termina mais um ano.
E a propósito da “passagem de ano”
Tenho de fazer a minha revisão da “matéria dada”
Os “balanços de vida” que se fazem por estas alturas…
Todos os fazem... Desde as grandes empresas as mercearias de esquina. E o que é a nossa vida se não uma empresa que tentamos gerir da melhor maneira possível?
... Que mal pode haver em fazer o balanço de um ano (que confesso não foi dos piores) e desejar modificar e melhorar algumas coisas na vida e quem sabe na maneira de agir..?
Gostava que o ano que se inicia fosse como escrever um novo capitulo na minha vida, sem esquecer os outros (46) que fazem de mim a pessoa que sou hoje, são a minha história.
Será que o ano que finda foi um ano de balaço positivo?
Fui um elemento construtivo e produtivo para a sociedade? 
Fui compreensiva com os outros?
Fui menos critica, ou pelos menos uma crítica construtiva?
Menos coscuvilheira?
Dialoguei tendo em conta das diferenças dos outros, fui compreensiva?
Superei algum dos meus defeitos?
Consegui fazer alguém feliz?
Fui egoísta e indiferente?
Amei... ?
Não sei se vou terminar este ano como comecei...
Sei que não sou indiferente à vida nem comodista
A minha consciência está (quase) tranquila..
Fiz tudo para tentar ser feliz!

 

 

E antes que me esqueça...

 

BOAS ENTRADAS

PARA TODOS

 

( até pró ano )

 

"De certeza diferente mas igual a mim própria"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:51


Acabou o Natal e agora?

por R.Cheiros, em 27.12.08

 

Acabou o Natal, a grande noite do dia 24, toda a gente reunida, conversas, comilança desenfreada, coscuvilhices de família, uma noite que se arrasta e o corpo começa a pedir cama..
Dia 25 é um dia inteira de ressaca. Não de bebida, mas dos dias de expectativa (infundadas)para uma noite que é só mais uma igual a tantas outras.

Passamos mais de um mês à espera da grande noite. Vivemos uma época de loucura. Lojas entupidas, supermercados lotados, caixas multibanco sem um chavo. Compras, compras, e mais compras tudo para a grande “festa” a noite de natal.
E para que…? em 99,9% das casas não se falou do verdadeiro sentido do natal.
Eu pergunto: quem é que lembrou do “aniversariante” do dia?
Quem parou para um minuto e pensou no no significado do natal verdadeiramente?

Qual foi o ser que por segundo que fosse se lembra-se porque se festeja a noite de 24 para 25 de Dezembro?
Quem interrompeu os seus festejos para repensar a sua própria vida em meio aos seus semelhantes?

Quem se propôs por instantes rever a sua vida em família e em sociedade? 
Isto, para a maioria das pessoas é Natal. Para mim, é uma distorção de valores...
"O natal é quando um homem quiser ?"

É uma frase feita e batida e soa muito bem em certos momentos.
O que eu fiz? Ou o que deixei de fazer..? Estive em família… , participei de uma ceia exagerada, bebi, sorri, conversei..Voltei para casa e dormi. O  dia 25 passei o tempo com sono e cansada e o que aconteceu de novo...?

Foi a noite de natal mais inútil que tive nos últimos anos!

Acabou o Natal e agora? 

Bom , os outros não sei... Eu vou continuar a minha vida.
No próximo fim de semana  vou estar reunida com toda a família como acontece em todos os fins de semana ( e não por ser natal) com a vantagem de não ter que gramar a noite quase toda acordada.
E foi natal...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:55


Este post é para eles...

por R.Cheiros, em 23.12.08

 

Para aqueles que fazem ou fizeram diferença na minha vida...
Para aqueles estão por perto mesmo quando eu me nego a sorrir..

Para aqueles que não me perguntam porquê..? mas dizem: Vamos lá...

Para aqueles que quando olho para trás, sinto muitas saudades...

Para todos os que me fazem sorrir...

Para aqueles que encontro todos os dias e não tenho a chance de podermos conversar olhos nos olhos.

Para todos que tem sempre uma palavra sincera e nem sempre agradável de ouvir

Para aqueles que não concordam comigo mas que me respeitam

Para todas as pessoas fantásticas que se tem cruzado na minha vida, pessoal ou virtualmente .

Para todos os que amo.

Para todos por quem me apaixonei

Este post é para eles...

E principalmente para os (donos do meu coração ), que nem sabem que este blog existe, e que são sem sombra de dúvidas as pessoas que mais aturam o meu mau feitio e são também eles quem mais se podem queixar da minha falta de jeito para dizer às pessoas como elas são importantes para mim!

 

Para todos, 

Um natal XXL cheio de afectos .

R. de Cheiros

Paula

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:05


Um novo hino de natal "Salvem os ricos"

por R.Cheiros, em 22.12.08

 

Com letra e tudo para que não falte nada, aqui fica essa pérola nacional contemporânea..(contemporâneos)

 

Chegou a crise
Não há razão para temer
É que nesta crise
O Teixeira dos Santos vai-nos proteger

Mas neste Mundo injusto
O dinheiro está garantido
Para o pobre, o remediado
E o sem-abrigo

Mas pensa naqueles,
Os multimilionários
Ficaram sem bancos
E sem chorudos salários

E sem direito a indemnizações
Têm de pedir o aval
À sopa dos pobres dos ricos
O Banco de Portugal

O desespero tomou conta
De toda a Quinta da Marinha
Em vez de lavagante
Comem lambujinha

E vão ter de abandonar
O Conselho de Estado
O quadro do Miró
Foi penhorado

Porque esse Portugal
Já não é neo-liberal
Saberão que estamos no Natal!

O suprime limpou-lhes muitos milhões
A polícia trata-os como aldrabões
Saberão que estamos no Natal!


Salvem os ricos
Salvem os ricos
Salvem os ricos
Ajudem os milionários

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:10


Casamento, sim ou não...?

por R.Cheiros, em 22.12.08

Embora ser casada seja tão comum quanto ser solteira, já me  perguntaram  mais do que  uma vez, sobre como é ser casada.
Em todas as ocasiões, dei um sorriso de surpresa e disse sem pensar: -É bom!
“É bom!??”. Acho que não convenceu muito.

Outras vezes, como não me veio uma resposta na hora, resolvi ser espirituosa e bem-humorada e disse :
“Eu não te posso  responder estou a tentar até hoje saber se é bom ou mau..
Eu acho que ser casada, independente da cerimônia religiosa e do estado civil, tem como todas as coisas, muitas vantagens e desvantagens.
Por exemplo: sendo casada, a gente só tem um lado da cama para se levantar.
A aceitação social e profissional, na maioria das vezes é melhor ser casada ,tem vantagens..outras vezes  desvantagens.
Na vida..
Ter alguém que te ame para dividir todos os momentos da vida  dividir as contas e os afazeres domésticos
Ter supostamente sexo mais seguro e está logo ali ao lado... na sala no quarto na cozinha..
 Ter sogra que isso é uma carma pessadissimo ajuda a pessoa a ganhar auto control
Trabalhar no duro e 99.9% do orçamento é gasto na casa e família é bom para não se ter outras tentações..
Tudo o que se fizer tem ter concordância de ambas as partes..É bom, mais facil de decidir:)


Vocês já viram, ? “O quê? Ela solteira...? Não sei não..! Com esta idade deve ter algum "defeito"
Além do mais, ser solteira deve ser um seca: todos os dias temos uma tentação nova.. namorado(a) novo(a).
Aqueles corpos novinhos,tudo no sitio.. tudo durinho, ainda nos arriscamos a  quebrar os dentes.Sim porque solteira não me contentaria com qualquer coisa.. Não,não  me serve.
 Chegar a casa e não tem ninguém para discutir , nem uma reclamação... Isto é deprimente.
Ter a cama toda para nós...
Não te a obrigação de fazer almoço ou jantar ( poder recorrer a uma sandocha deitadinha no sofá) rodeada de livros e revistas
Não ter obrigação de de passar a roupa a ferro porque o dito cujo quer vestir as calças Y ou a camisa X
Poder sair com as amigas sempre que nos apetece sem olhar para o relógio e chegar a hora que for cair na cama de roupa e tudo..
Não ter o carma da sogra ou da cunhada ou a família toda do dito
Planear as ferias sozinha...
 Não isso é muito cansativo.
 

Tem muita gente que é casada e vive como se fosse solteira. Faz o que bem lhe apetece , não se preocupa com os filhos,e o facto de ser casado não é impedimento par nada. Respeito é uma palavra de retorica... não perdem uma unica   chance de se enrolar  com alguém que surge.. Só tem que gastar um pouco mais de dinheiro numa parede a prova de ruídos para não dar show todos os dias para os vizinhos porque o resto é treta...


Um destes dias, o meu irmão disse para a mulher, vamos completar 15 anos de casado.
Ela, toda alegre, disse: Eu sei amor,que ótimo que te lembras-te! Vamos comemorar?
E ele, para surpresa de todos, disse: “Vamos comemorar, nada. Eu vou comemorar. Com 15 anos de casado, já tenho direito a liberdade condicional”.

(imaginem eu com 27..)


O meu casamento, isso eu tenho certeza, vai durar para sempre.
A minha confiança nisso , não é por causa de uma união abençoada, de um amor eterno, de uma maturidade de caráter, de um encontro de almas gêmeas, nada disso.
A minha certeza de afirmar que meu casamento vai durar para sempre é que prometemos ficar juntos, até o dia em que concordarmos em alguma coisa.
E pelo andar da carruagem, vamos ficar juntos para sempre.

 

Alem disso como disse "Oscar Wilde"
Toda a experiência é válida e, por mais que se fale contra o casamento, não deixa de ser uma experiência.

 

E o amor?? Bom.. sobre o amor falaremos para a proxima

 

(Recebi parte deste texto por e-mail e fiz-lhe umas alterações acho que se adapta como uma luva... pelo menos a mim)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:13


«A Vida É Bela»

por R.Cheiros, em 21.12.08

Independentemente de todas as considerações que se possam fazer

«A Vida É Bela»,

1º-Crianças nós somos a vida toda....O que muda são os preços dos brinquedos.

2º-Nunca deixem de ter em mente que o simples facto de existirem já é divertido.


"E como a vida sem m música seria um erro..  cantem…"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:32


A vida até é uma aventura!!

por R.Cheiros, em 19.12.08

A vida é um exercício de flexibilidade   essa é que  é essa.  Ele há dias que não sei como me aguento aqui no alto deste muro de onde vejo tudo o que a vida tem para me dar. Sim porque por muito que a gente não queira existem coisa que nos são empurrada e entram pelos olhos dentro.
 Nada disto faz muito sentido mas a vida é mesmo assim..Nem tudo faz sentido ou até faz a gente é que teima em não ver..
Mas enfim, continuando aqui na linha de pensamento...
As coisas haviam de ser mais simplezinhas… e a gente não se devia dedicar tanto à procura de razões para subentendidos que pura e simplesmente não estão no dicionário original. Será insegurança? Será fraqueza? Será que não conseguimos admitir que não somos tão completas como nos queremos fazer parecer às vezes? Seja o que for… é uma grande chatice, lá isso é!


Depois de alguns momentos de angústia lá consegui finalmente descobrir o motivo porque o aspirador deixou de fazer vapor e largava uns pingos de água.
Sim, que isto de ter animais peludos em casa acarreta além de horas de jornada extra aquelas mariquices como vapores e purificadores. A menos claro que se goste de conviver com pelos por todo o lado o que nunca foi o meu forte. Pelos, pelos, só mesmo os do meu "mais que tudo" mas esse está terminantemente proibido de os tirar.


Depois de alguns palavrões e alguns parafusos espalhados no chão descobre-se finalmente o precípuo da questão. Que veio atrás de uma enxurrada de agua suja perto de 3 litros que me alagou o chão da cozinha. Do mal, o menos se não descobrisse que tanto estrago valeu apenas uns míseros 0.50 cêntimos.. Muito pouco para a espargata que fiz e a bela da nódoa negra que tenho no traseiro que parece que andei a bater com ele em alguma esquina da parede...   Por momentos voltei à infância  e era ver-me a apanhar a dita com a velha e boa pá para um balde como uma criança na praia. Definitivamente a infância já lá vai... Já não tenho idade nem para esta patinagem artística "forçada" nem para andar descalça sobre a água (o ultimo a conseguir essa proeza foi há mais de 2000 anos e ainda hoje se fala nele..) e muito menos para andar de rabo para o ar a tentar apanhar água. Um balde cheio depois, estava suada desgrenhada mal-humorada um verdadeiro trapo.... Mas nada que um banho não resolva.

 

Sim que depois desta renhida luta humano (ou quase) contra a máquina ainda tinha que ir ao circo.
De que adianta esmorecer... Parar é morrer!!

E é que de cabeça erguida é mais fácil ver o caminho e além disso dá para apreciar melhor as vistas, então não é? Há que esquecer o passado. É isso! O que lá vai lá vai e o que sobrou..?  algumas nódoas negras só me podem impedir de sentar por alguns dias..

Mas isso não interessa nada e portanto ou me escondo aqui a chorar em lamentos ou aceito o convite do meu filho e vou com ele e a amiga ao circo.

Há pois é... Ontem fui ao circo. Circo Victor Hugo Cardinalli ao parque das nações.
Ok, confesso que não sou grade apreciadora da arte e nem gosto por ai além de palhaços... Porque será :)???
Não sou grande entendida mas na minha modesta opinião tem qualidade e excelentes artistas. Umas horas de ilusão com umas boas gargalhadas há mistura.. Desde elefantes a cavalos, mágicos e equilibristas , palhaços e motas teve de tudo e eu gostei. Principalmente dos leões e do carrinho das pipocas. Já agora acrescento para dizer me surpreendeu pela positiva. Com cadeiras individuais ,wc c/ fraldario rampa para deficientes e até enfermaria. Ou quiçá sou eu que estou desactualizada e já não ia ao circo há muitos anos.

Mas nem sempre para se ver palhaços precisamos de pagar bilhete ou ir ao circo...


O que me custa a entender a estupidez de algumas pessoas! Volto sempre a este tema recorrente mas que posso fazer... Até a estupidez tem limites.
É que acho que as pessoas se deviam limitar a viver a vida  que de si já nos prega tanta rasteira sem procurar mais sarna para se coçar..


Ele e ela tinham um casamento  de 12 anos. Vê-los dava gosto ...

- Ela: Querido blá blá blá
- Ele: Sim amor blá blá bká e blá...
Pois mas nem tudo o que parece é... E as aparências também enganam...Nem tudo o que luz é ouro..

Não, não estou a dizer que ela não gostava dele, longe de mim.... Apenas resolveu partilhar tanto "amor" que tinha para dar com mais alguém.

Ou era só sexo...Sexo e amor podem estar separados ou não?

Bom adiante...
Ele descobre e estupidamente apaixonado nunca lhe passaria pela cabeça que a “culpa” também podia ser dela, não senhor, ai a minha santinha! E vai dai, resolve contar alguém, e para que..? Para dar cabo do carro do malvado que lhe desencaminhou a santinha.
E toca de contratar, quem.. perguntaram alguns, pois nem mais um brasileiro (e notem que não tenho nada contra brasileiros...) mas estes (caras) depois de contarem tantas anedotas sobre portugueses são eles próprios uma verdadeira anedota.

 

Convêm dizer que isto está mau está mau mas a PSP da minha zona tem as instalações numa moradia toda XPTO moderníssima que mais parece um T8 de uma zona chique do Restelo.


Mas voltando ao (ele) que fica muita a dever à inteligência e esqueceu-se de pedir as credenciais de bandido ao brasuca e perguntar se tinha algum doutoramento em bandidagem... Contrato-o e não repara que é tão burro com ele próprio.
O serviço fica então combinado para o dia seguinte.
Ironia do destino, o amante mora na rua da PSP onde para o carro todas as noites.
Bandido macho nunca se preocupa com pormenores e afinal aquilo ali ao lado é só mais um T8 de algum “doutor “sim, porque não sei se já repararam no Brasil são todos doutores, pelo menos nas novelas...aproxima-se do carro e vai dai toca de partir o vidro um bocado de petróleo lá para dentro e vamos fazer uma bela fogueira que está frio...é que o tanso nem se apercebeu que o T8 mais a baixo era da bófia.
A noite até era pacata...e partir um vidro sempre faz alguém baralho..e a polícia andava por perto..
Alto lá, diz o xó guarda!

Qual que... Bandido inteligente mete-se no carro (dele)e toca de ir na direcção da T8  que por acaso e só por acaso  até é uma rua  sem saida...Conclusão, bate com as fuças no muro.

 

Isto dava um bom argumento de novela ó se dava! Estes factos são verdadeiros não fictícios e deviam pagar direitos de autor ou imposto por estupidez.
Ai a vida é bela...
Há dias que não lembram ao diabo e certas noites com um final que só pode ser para rir!

Digam lá para que tanta chatice... A vida até é uma aventura!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:16

Pois é minhas amigas, eu também sou muito crente e acredito no pai natal e tal...
Mas vejam bem o que o tipo faz as nossas cartas escritas com tanto empenho...
Já não se fazem pais natais com antigamente... agora é que é caso para dizer:
A tradição já não é o que era!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:54

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds