Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Essa tal felicidade.

por R.Cheiros, em 05.05.08
A FELICIDADE !SABEM O QUE É A FELICIDADE?
   Felicidade é um estado mental, portanto a verdadeira fonte de felicidade reside na mente, não em circunstâncias externas.


Às vezes a Felicidade está onde menos se espera, no lugar onde raramente a procuramos: no nosso dia a dia.

"É claro que vamos chorar e rir nesta vida. Algumas vezes nem vamos  poder ter o que desejamos. Outras, vamos conseguir o que queremos. Mas na verdade, isso é a Felicidade?
Porque a Felicidade pura, integral, ainda não está ao alcance de todos, por mais rico ou poderoso que seja.
Sim, claro que existem os conhecidos momentos de Felicidade: o carro novo, o nascimento do filho, a promoção no trabalho, etc. Todas estas coisas que nos dão aquela sensação inebriante de que tudo está perfeito e que naquele instante até podemos tocar a tão ansiada Felicidade com as mãos. Todas estas coisas também fazem parte da Felicidade, mas apenas são um fragmento dela.
Mas se pararmos para olhar e voltarmos no tempo, veremos que antes desta Felicidade acontecer, passaram se dias e mais dias em que para nós, aparentemente "não aconteceu nada".
Na verdade passaram se dezenas e mais dezenas de momentos que poderiam ter sido felizes, mas que nem prestamos atenção neles para que germinassem e florescessem.
Na realidade, aquilo a que chamamos Felicidade é simplesmente a soma de todos aqueles momentos que pudemos tornar felizes no decorrer da vida, por mais simples que sejam. Óbvio não? Mas não deixa de ser uma verdade.
Mas no dia a dia o que fazemos é ficar à espera do "Momento feliz". Porque ao invés disso não nos acostumamos a fazer o nosso momento feliz? Melhor: fazer momentos felizes, vários deles, todo os dias.
No nosso processo mental, o que normalmente acontece é que sempre  esperamos pela cereja do bolo: engolimos o bolo rapidamente já a pensar na cereja. Ou seja: na verdade não comemos o bolo, não desfrutamos o sabor do bolo, estamos mesmo concentrados na cereja. E quando chega a vez de prová la, ela acaba tão rapidamente quanto apareceu.
E este tipo de comportamento surge no decorrer de toda uma vida: não estudamos no liceu e sim queremos ir para a Universidade. Quando chegamos na Universidade, queremos sair o mais rápido possível e trabalhar. Quando chegamos ao trabalho, queremos a promoção imediata .Nada de anormal nisso: todos queremos ser felizes. Mas no caminho ficaram dias e mais dias que não foram aproveitados para sermos felizes.
Nesta caminhada, não podemos  dar-nos ao luxo de nos esquecer de todos os minutos, horas e dias que simplesmente "jogamos fora". Momentos que não voltarão e que nos lembraremos deles quando formos velhos. E aí sim, pagaremos todo o ouro do mundo para termos este precioso tempo de volta.
Mas não se sinta culpado: isso é apenas questão de preparação, de educar se para detectar estes momentos do quotidiano .Ou seja: o importante não é marcar 10 pontos em um jogo e a seguir perder os demais. Na realidade, quem ganha o campeonato é a equipa que consegue marcar um ponto aqui, outro ali, e na soma final ter a média vencedora.
Permita-se  em  todos os dias de sua vida. Ou pelo menos, tente que a maioria deles sejam vividos plenamente."

(retirei alguns trechos do livro "A Felicidade é Para Poucos" de Danyel Sak)

publicado às 10:07


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds