Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




25/04/74

por R.Cheiros, em 25.04.08
E foi assim.....

No dia 25 de Abril de 1974, pelas 00 horas e 20 minutos, a transmissão da canção "Grândola Vila Morena" de José Afonso, no programa "Limite" da Rádio Renascença, é a senha escolhida pelo Movimento das Forças Armadas MFA ), como sinal confirmativo de que as operações militares se encontram em marcha e são irreversíveis.
Na véspera, dia 24 de Abril, a canção "E Depois do Adeus", interpretada por Paulo de Carvalho, transmitida aos microfones dos Emissores Associados de Lisboa, pelas 22h 55m , marcava o início das operações militares contra o regime.
No dia 25 de Abril de 1974, pelas 00 horas e 30 minutos são ocupadas as instalações da Rádio Televisão Portuguesa, da Emissora Nacional, da Rádio Clube Português, do Aeroporto de Lisboa, do Quartel General, do Estado Maior do Exército, do Ministério do Exército, do Banco de Portugal e da Marconi, locais estratégicos considerados fundamentais.
Pelas 4 horas e 20 minutos, é difundido pela Rádio Clube Português, o primeiro comunicado ao país do Movimento das Forças Armadas MFA ).

Duas horas depois, Forças da Escola Prática de Cavalaria de Santarém, estacionam no Terreiro do Paço.
Às 13 horas e 30 minutos, as forças para-militares leais ao regime, começam a render-se. A Legião Portuguesa é a primeira.
Pelas 14 horas, inicia-se o cerco ao Quartel do Carmo. Dentro do Quartel estão refugiados Marcelo Caetano, Presidente do Conselho e dois Ministros do seu gabinete.
No exterior, no Largo do Carmo e nas ruas vizinhas, juntam-se milhares de pessoas.
Às 16 horas e 30 minutos, terminado o prazo inicial para a rendição, anunciado por megafone pelo Capitão Salgueiro Maia, oficial que comandava o cerco e após algumas diligências feitas por mediadores civis, Marcelo Caetano faz saber que está disposto a render-se e pede-se a comparência no Quartel de um oficial do MFA de patente não inferior ao coronel.
Uma hora depois, o General Spínola, mandatado pelo MFA , entra no Quartel do Carmo para negociar a rendição do Governo.
O Quartel do Carmo iça a bandeira branca.

Marcelo Caetano rende-se às 19 horas e 30 minutos.
A chaimite BULA, entra no quartel para retirar o Presidente do Conselho e os Ministros que o acompanham, conduzindo-os à guarda do MFA ao Posto de Comando do Movimento, no Quartel da Pontinha.
Meia hora depois, alguns elementos da PIDE/DGS disparam sobre manifestantes que começavam a afluir à sua sede, na Rua António Maria Cardoso, fazendo 4 mortos e 45 feridos.

Grande homem Salgueiro Maia

Hoje fala-se muito mas perderam-se os valores de liberdade e principalmente muitos esqueceram o principal objectivo da revolução .

 

publicado às 10:07


8 comentários

De joão Cordeiro a 25.04.2008

Apenas para desejar um bom feriado.

Um beijo em Liberdade.


PS: Há aí um anónimo que te adora ;-)))))

De R.Cheiros a 25.04.2008

Para alguns… existem um tantas felizardos que estão a aproveitar este maravilhoso dia de sol .

Eu estou a trabalhar (devo ter atirado muitas pedras na cruz e como alguém disse cuidado..)

Outro para ti cheio de cravos vermelhos

PS: Sempre fui uma “rapariga” de despertare grandes paixões é pena que seja anónimo.. não lhe posso responder o meu blogue não permite.

De semifrio a 25.04.2008

A minha amiga está a trabalhar?
Senti a tua falta e da tua bicicleta no guincho pronto pronto estas explicado há há há
Bom trabalho e um beijo do teu amigo espirituoso

De R.Cheiros a 27.04.2008

Boa noite
Pois estive... Feriado complicado.
Esteve calor de mais para a prática do ciclismo
Beijo

De judas a 25.04.2008

para te desejar um óptimo dia e um bom final de semana
estas a trabalhar bahhh
beijocas

De R.Cheiros a 27.04.2008

Obrigado ,espero que o teu esteja a ser bem passado.
Beijo

De Silvia a 25.04.2008

como é que vou ter ao teu outro blog? só consigo ver nos amigos

De R.Cheiros a 27.04.2008

Olá Silvia
O outro .. pois

O outro é para estar quietinho

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D