Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mulher versus mulher

por R.Cheiros, em 23.04.08

 

Image hosted by Photobucket.com

Adoro manhãs animadas... mas é que gosto mesmo! Hoje foi uma delas.. 

Mas uma das coisas que mais me chateia e me intriga é entre as mulher existir tão pouca solidariedade e ver como conseguem ser tão más umas para as outras.
Hoje  assisti a uma cena que se não fosse cómica seria trágica relacionada com uma (mulher desta empresa) em que sem querer tive de intervir.
Existem muitíssimas mulheres que "odeiam"(podem achar forte a palavra) as suas semelhantes, tanto por ciúmes, por despeito, inveja, como por raiva ou por medo...ou por estupidez pura.
Eu conheço varias "senhoras"  que fazem cara feia ao ter de trabalhar com uma mulher na chefia , vocês não??
Conheço as  que afirmam orgulhosamente ter muitos amigos e poucas ou nenhuma amiga.  As que dizem que não confiam em mulher nenhuma.
Já para não falar daquelas que mostram uma antipatia em relação a qualquer mulher bonita que se atravesse o seu caminho.

As que dizem há boca cheia  que as bonitas são parvas por definição e as feias umas azedas. 

Depois ainda nos admiramos quando os homens dizem que as gajas são umas cabras...

Existem mulheres que desconfiam de tudo o que veste saias , e que até o admitem.

E também há muitas aquelas   que nem sequer  estão conscientes da sua postura, Tenho aqui uma que diz: A culpa da infidelidade do seu marido/amante é de quem? Da mulher que se deita com ele.

E a culpa dele? Como se o homem não tivesse capacidade de escolha e a mulher fosse um ser demoníaco e tentador que o obriga a agir contra os seus próprios desejos.

Não existe essa historia «outra mulher que mo roubou» Ninguém rouba ninguém (só na mente brilhante de algumas iluminadas) porque cada um de nós pertence a si próprio ora bolas.

E  dar ou não quecas corresponde sempre a uma escolha pessoal.

Se uma mulher sabe que outra gaja foi para a cama com um gajo qualquer, qual será a sua maior tentação? Essa mesmo. Contar às amigas até que uma dê com a língua nos dentes e a história da facadinha no matrimónio vá parar aos ouvidos que nunca deviam ouvir semelhante coisa.

O pior inimigo das mulher somos nós mesmas que nos desprezamos e vivemos em constante competição e escolhemos muitas vezes como melhor amigo um homem. Acontece o mesmo comigo, não que não tenha amigas mulheres porque as tenho, mas porque na realidade sinto mais sinceridade para comigo da parte deles, é uma estupidez mas é verdade.

O espírito justiceiro de "gaja" é espalhar aos sete ventos o que viu. As mulheres gostam  é de se "entalar" umas às outras. Se uma mulher vê outra mulher que conhece a conversar com um homem que não conhece, qual será a sua maior tentação? Nem mais. Pega no telemóvel, liga para 27 mulheres  que tem na sua lista de contactos e conta o que viu. Não desliga o telefone enquanto não chegar à firme conclusão que a "gaja" que viu deve estar a preparar-se para meter os cornos ao marido. Por acaso a gaja que estava a falar com um gajo até é muito sua amiga. Mas isso não interessa nada.

Tanta disputa para que???

Vistas bem as coisas vamos ter que viver toda a vida com uma mulher, para o bem e para o mal, nós próprias.

Eu  não partilho a ideia que todas as mulheres são iguais, mas na generalidade as mulheres são completamente cruéis umas com as outras principalmente no trabalho.
Detesta-se umas as outras  apenas porque a (A) é mais  bonita ou porque a (B)tem mais êxito. E ficam muito zangadas quando outro colega  (homem) diz que as mulheres apenas deviam ter uma esfregona na mão e nunca processos ou coisas serias!Aqui entre nós para  para algumas é bem merecido.

Escondemos a nossa fraca auto estima e desconfiamos  de tudo o que veste saias.( e uma vingancinha é proprio de "gaja".

Algumas são tão mesquinhas e vingativas que até faz vómitos .. 
Devia-mos deixar-nos  de nos  considerar rivais e passar a aliadas seguras.

Resumindo : vitimização, hipocrisia, mentira, inveja, intriga, falsidade, são estes os defeitos femininos mais típicos atribuídos à mulher.
Era bem mais fácil para nós darmo-nos mais valor  gostarmos mais de nós e procura “modelos” noutras mulheres. O que acontece muitas vezes é que querem ser como os homens.
O caminho mais fácil para atingir isso começa e acaba em nós.

Porque, quer se queira quer não, por detrás de uma grande mulher está sempre outra mulher: ela própria.
Já vai sendo hora de metermos na cabeça que o futuro está nas nossas mãos, e não no meio das nossas pernas. 


(servidas???)

 

publicado às 11:11


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

subscrever feeds